Vamos salvar o Rio Cachoeira! É o nosso maior patrimônio. Não jogue lixo em seu leito. Povo limpo, cidade civilizada... Vamos preservar a nossa história.

sábado, 12 de setembro de 2015

PF começa a pegar os graúdos do PT.

SÁBADO, 12 DE SETEMBRO DE 2015


(Estadão) A Polícia Federal quer ouvir, na Operação Lava Jato, o presidente do PT, Rui Falcão, e José Filippi Júnior, tesoureiro das campanhas do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em 2006, e da presidente Dilma Rousseff, em 2010. Os nomes do líder petista e do tesoureiro constam do rol de políticos, inclusive ex-ministros dos dois governos Lula e Dilma, submetido pela PF ao Supremo Tribunal Federal (STF) na quarta-feira, 9.

O pedido é do delegado Josélio Sousa, que integra a força-tarefa da Lava Jato perante o Supremo. ao STF. A PF pede 80 dias para tocar as apurações alegando ‘dimensão dos fatos e a quantidade de investigados nos autos’.

Ricardo Pessoa diz que repassou propina ao PT desde 2004

Ricardo Pessoa, dono da construtora UTC,.
Ricardo Pessoa, dono da construtora UTC,.
O empresário Ricardo Pessoa, dono da construtora UTC, revelou em depoimentos prestados em Brasília como delator do esquema de pilhagem da Petrobras que repassou R$ 20,5 milhões em propinas ao PT no intervalo de dez anos —parte como doação oficial ao partido, parte em dinheiro vivo. Ospagamentoscomeçaram em 2004, sob Lula. E foram até 2014, sob Dilma.

As revelações vieram à luz em notícia veiculada na noite desta sexta-feira, no Jornal Nacional. Num dos depoimentos, ocorrido em maio, Pessoa contou que João Vaccari Neto, o ex-tesoureiro do PT, chegava para as conversas municiado de informações estratégicas. Tinha conhecimento das obras da Petrobras e dos valores dos contratos obtidos pela UTC, sobre os quais cobrava propinas.

Pessoa relatou também que Vaccari às vezes pedia dinheiro vivo, por fora. Mas não soube explicar os motivos. O delator retratou o ex-gestor das arcas petistas assim: “PT na testa, sindicalista, um soldado do partido que queria manter o PT no poder.”

Só a partir de 2008 a UTC passou a ser mordida também pelos funcionários da Petrobras, informou Pessoa. Ele pagava propinas a Renato Duque, então diretor de Serviços, e ao gerente desse mesmo setor, Pedro Barusco. Segundo Pessoa, Duque foi indicado para a diretoria da Petrobras pelo grão-petista José Dirceu.

Ouvida, a defesa de Dirceu reafirmou que ele não indicou Duque. O PT reiterou o lero-lero segundo o qual todas as doações que recebeu foram legalmente declaradas à Justiça Eleitoral. Os advogados de Vaccari acusaram o dono da UTC de mentir. Sustentaram que o ex-tesoureiro petista nunca pediu nem recebeu propinas. Só teria manuseado doações legais. Barusco reafirmou o teor dos depoimentos prestados como delator. E o advogado de Duque não foi localizado. (Blog do Josias de Souza / Portal UOL)

Um dia, um gato!MAIS UM ARTIGO DE ANTONIO NUNES

Um dia, um gato!
Antonio Nunes de Souza*
O título acima é de um filme genial que vi nos anos sessenta, uma ficção claro, que um lindo gato siamês era o ator principal, e tinha os poderes de olhar para a pessoa e pela cor que a pessoa irradiava ele determinava a personalidade, hábitos, espírito, comportamentos, etc., e tudo isso era sensacional, pois ele podia antecipar os acontecimentos para os curiosos assistentes da plateia!

sexta-feira, 11 de setembro de 2015

Dilma só é ouvida por "movimentos sociais"

SEXTA-FEIRA, 11 DE SETEMBRO DE 2015

Dilma só é ouvida por "movimentos sociais": os famosos mortadelas.

(Estado) A presidente Dilma Rousseff disse nesta sexta-feira, 11, em encontro com representantes de movimentos sociais em Teresina (PI), que existem pessoas torcendo pelo "quanto pior, melhor" e que a população deve repudiar quem aposta na "catástrofe".

"Vivemos em uma democracia. Enfrentamos hoje um momento em que muita gente considera que quanto pior, melhor. Quanto pior, melhor para uma minoria. Quanto pior, pior para o conjunto da população. Nós devemos repudiar estes que querem sempre o desastre, sempre a catástrofe. Este é um país democrático que conquistou com muito esforço a democracia", disse Dilma.

A declaração acontece dois dias depois de a agência de avaliação de riscos Standard & Poors retirar o grau de investimento do Brasil. O rebaixamento deu fôlego aos movimentos que defendem o impeachment da presidente. Ao longo de mais de meia hora de discurso, Dilma falou várias vezes em democracia e repudiou manifestações de intolerância sem, no entanto, entrar em detalhes.

Do lado de fora dois grupos distintos protestavam contra Dilma. Um deles, composto por cerca de 20 pessoas com um carro de som, pedia o impeachment de Dilma. Outro, formado por sindicalistas, chamava atenção para as greves nos Institutos Universidades Federais. Eles foram proibidos de entrar no local do evento. O nome do evento era Diálogos com o Brasil - Piauí. 

Lula é suspeito de ter se beneficiado do petrolão, diz Polícia Federal.

Lula como petroleiro
Lula como petroleiro (Foto: Reprodução)
Agora é oficial: o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva é suspeito de ter se beneficiado do petrolão para obter vantagens pessoais, para o PT e para o governo. A suspeita consta em documento da Polícia Federal. Nele, pede-se ao Supremo Tribunal Federal autorização para ouvir Lula no inquérito que investiga políticos na operação Lava Jato.

O documento, enviado ao STF anteontem, na quarta-feira, é assinado pelo delegado Josélio Sousa, do grupo da PF em Brasília que atua no caso. Assim escreveu o delegado: “Atenta ao aspecto político dos acontecimentos, a presente investigação não pode se furtar de trazer à luz da apuração dos fatos a pessoa do então presidente da República, LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA que, na condição de mandatário máximo do país, pode ter sido beneficiado pela esquema em cursa na PETROBRAS, obtendo vantagens para si, para seu partido, o PT, ou mesmo para seu governo, com a manutenção de uma base de apoio partidário sustentada â custa de negócios ilícitos na referida estatal”.

Documento mostra pedido da Polícia Federal para ouvir o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no inquérito que investiga políticos na operação Lava Jato (Foto: Reprodução)


Para a PF, “os fatos evidenciam que o esquema que ora se apura é, antes de tudo, um esquema de poder político alimentado com vultosos recursos da maior empresa do Brasil”.

Diante de tais suspeitas, a PF elencou a lista de pessoas do “primeiro escalão” que deveriam ser ouvidas. Lula está lá, embora não tenha mais foro privilegiado. A PF não explica por que pediu ao Supremo a tomada do depoimento - e não à primeira instância. “Neste cenário fático, faz-se necessário trazer aos autos as declarações do então mandatário maior da nação, LUIZ INACIO LULA DA SILVA, a fim de que apresente a sua versão para os fatos investigados, que atingem o núcleo político-partidário de seu governo”. (Felipe Coutinho / Revista ÉPOCA)Revista ÉPOCA

TF confirma pedido da PF para ouvir Lula em inquérito ligado a Lava Jato

Ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva durante reunião com a presidente argentina, Cristina Kirchner, em Buenos Aires© REUTERS/Marcos Brindicci Ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva durante reunião com a presidente argentina, Cristina Kirchner, em Buenos Aires
A Polícia Federal pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva seja ouvido em um inquérito relacionado à operação Lava Jato, que investiga um esquema bilionário de corrupção em estatais, confirmou o tribunal nesta sexta-feira.
Além de Lula, a Polícia Federal também pediu ao Supremo para ouvir os ex-ministros Gilberto Carvalho (Secretaria-Geral), Ideli Salvatti (Relações Institucionais) e José Dirceu (Casa Civil), que está preso em Curitiba acusado de envolvimento nesse esquema, além de já ter sido condenado por envolvimento no esquema do mensalão.
"Atenta ao aspecto político dos acontecimentos, a presente investigação năo pode se furtar de trazer à luz da apuração dos fatos a pessoa do então presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, que, na condição de mandatário máximo do país, pode ter sido beneficiado pelo esquema em curso na Petrobras,
obtendo vantagens para si, para seu partido, o PT, ou mesmo para seu governo, com a manutenção de uma base de apoio partidário sustentada à custa de negócios i1ícitos na referida estatal", diz o requerimento, assinado pelo delegado da PF Josélio Azevedo de Sousa.
"Neste cenário fático, faz-se necessário trazer aos autos as declarações do então mandatário maior da nação, Luiz Inácio Lula da Silva, a fim de que apresente a sua versão para os fatos investigados, que atingem o núcleo político-partidário de seu governo", diz ainda o documento.
O requerimento diz ainda que a presidente Dilma Rousseff, que ocupou os cargos de ministra de Minas e Energia entre 2003 e 2005, de presidente do Conselho de Administração da Petrobras entre 2003 e 2010 e de ministra-chefe da Casa Civil entre 2005 e 2010 "não pode ser investigada pelos fatos ocorridos nesses períodos", devido a dispositivo constitucional que impede que o presidente da República, na vigência de seu mandato, seja responsabilizado por atos estranhos ao exercício de suas funções.
Segundo o STF, o pedido foi encaminhado ao ministro Teori Zavascki, a quem caberá decidir sobre os próximos passos.
Procurado, o Instituto Lula informou que não comentaria por desconhecer o documento.
Entre outras pessoas que o delegado considera necessário ouvir estão o presidente nacional do PT, Rui Falcão, e os ex-presidente da Petrobras José Sérgio Gabrielli e José Eduardo Dutra.
(Reportagem de Leonardo Goy e Maria Carolina Marcello)

Prefeitos discutem uma solução para a crise financeira nos municípios

A queda constante no repasse de recursos da União e do Estado para os municípios de todo o país tem levado os gestores a tomarem medidas emergenciais para manter a execução de serviços essenciais à população. Nesta sexta-feira (11), prefeitos do Sul da Bahia estiveram reunidos na sede da Amurc com o objetivo de encontrar uma solução para a crise financeira, que é fruto do sub-financiamento dos Programas Federais.
Os municípios são os grandes executores dos Programas Federais. Além de todos serem subfinanciados, grande parte está sem correção da inflação. Em vários casos, os municípios gastam 2/3 a mais do que recebem para a execução destes programas, que atualmente, somam 397 em todo o país.

Dia mundial de limpeza das praias tem o apoio da Prefeitura de Ilhéus

Comemorado no próximo sábado, 19, data será marcada por limpeza da praia da Avenida Soares Lopes, uma das mais conhecidas do município
Clique para obter OpçõesEm comemoração ao dia mundial de limpeza das praias, a Associação Ilheense de Bodyboarding realizará, no próximo sábado, 19, a retirada de lixo descartado na praia da Avenida Soares Lopes. Com apoio da Prefeitura, através da Secretaria de Serviços Urbanos (Secsurb), no âmbito da Operação Ilhéus, o trabalho voluntário será iniciado às 8h, com concentração na Tenda do Teatro Popular. 

O MENGÃO NO G-04! E AGORA?

Com Flamengo no G-4, Oswaldo de Oliveira rasga elogios à torcida.






Oswaldo de Oliveira:
Oswaldo de Oliveira: "Torcida do Flamengo é um show à parte"
Após a vitória por 2 a 0 sobre o Cruzeiro, que colocou o Flamengo no G-4 do Campeonato Brasileiro, o treinador Oswaldo de Oliveira falou à imprensa. O técnico elogiou a mudança de postura da equipe rubro-negra no segundo tempo e a qualidade do elenco para superar a ausência de atletas - suspensos, convocados ou lesionados. Além de fazer uma análise do confronto, o comandante ainda encheu de elogios a Nação Rubro-Negra, um show à parte no espetáculo da noite desta quinta-feira (10.09), no Maracanã. Veja nosso link de ESPORTES, com Manuel Messias