Lixo

Itabunense seja educado não jogue lixo na rua e nem no Rio Cachoeira. A Natureza agradece!

sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

Tucanos fecham questão pelo impeachment.

EM 


Do blog do Coronel - Em reunião realizada na noite desta quinta-feira em Brasília, integrantes da cúpula do PSDB fecharam questão a favor do impeachment contra a presidente Dilma Rousseff. O encontro contou com a participação do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, do presidente nacional do PSDB, senador Aécio Neves, dos seis governadores da legenda e lideranças do partido da Câmara e do Senado.

"[As razões] são suficientes pelo seguinte, o impeachment como foi dito pelo vice-presidente, Michel Temer, em seu livro a respeito do assunto, e outros juristas e os que subscrevem o pedido também, é um processo jurídico-político. Obviamente, você desrespeitar reiteradamente a Lei de Responsabilidade social [fiscal], tendo em vista benefícios eleitorais, é uma razão consistente", afirmou Fernando Henrique Cardoso


O ex-presidente ressaltou, contudo, a necessidade de haver um clima político para que o impeachment tenha um desfecho desfavorável a Dilma. "Se esse clima se formar, há as razões. Se esse clima não se formar, não há razão que derrube a presidente da República que foi eleita. Não é um processo simples. Não é uma coisa que se possa fazer com o desejo. Tem que ver qual é o clima. Me parece que está o clima atual é de que o governo está muito paralisado", considerou FHC.

O presidente nacional do PSDB, senador Aécio Neves (MG), ressaltou que o entendimento em prol do impeachment também é compartilhado pelos seis governadores do partido. "Há um sentimento hoje em todo o PSDB, se reuniram os governadores na sua totalidade o ex-presidente Fernando Henrique, nossos líderes da Câmara e do Senado de que o processo de impeachment da presidente da República ganha força", disse Aécio.(Broadcast Político)

Nenhum comentário: