Vamos salvar o Rio Cachoeira! É o nosso maior patrimônio. Não jogue lixo em seu leito. Povo limpo, cidade civilizada... Vamos preservar a nossa história.

quarta-feira, 1 de julho de 2015

Hospital Manoel Novaes triplica número de atendimentos na Maternidade

Em face da noticiada greve de funcionários da Maternidade Ester Gomes em Itabuna, o Hospital Manoel Novaes vive um período de superlotação do serviço, o que exigiu da equipe de gestão do Hospital e da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna uma atuação rápida e eficaz para atendimento da população. A limitação da infraestrutura e do quadro de pessoal para atendimento às gestantes continua sendo a principal preocupação da Direção do Hospital, tendo em vista que a demanda de gestantes só tem crescido nos últimos dias. No entanto, o esforço dos funcionários e médicos e a parceria com a comunidade têm sido fundamentais.

Nos primeiros 28 dias deste mês de junho, o Hospital Manoel Novaes registrou 390 partos, com destaque para o aumento do fluxo de clientes durante os finais de semana. “Somente neste último final de semana mantivemos uma média de 25 partos por dia, o que é um volume muito alto para qualquer maternidade”, declarou a diretora Técnica, Dr. Fabiane Irla Chavéz. 

Contratado pelo Gestor do SUS para realizar uma média de 120 partos por mês, o Hospital Manoel Novaes tem ainda como característica o fato de ser um hospital referência para alta e média complexidade, ou seja, recebe pacientes classificadas com gravidez de risco, disponibilizando principalmente, de infraestrutura de suporte neonatal. “Neste tempo de superlotação mantemos a realização dos partos de riscos, que envolvem uma complexidade maior na assistência, além dos partos de baixa complexidade”, acrescentou a médica. 

Para tanto, a gestão da instituição hospital precisou reajustar toda a estrutura disponibilizada, aumentando a quantidade de insumos e materiais utilizados nos procedimentos e na assistência, inclusive produtos de higienização, rouparia, e toda previsão de alimentação e dietética foi triplicada, com destaque para um reforço nas próprias equipes de trabalho. “O mapa do Centro Cirúrgico e obstétrico foi completamente remodelado para o atual fluxo de pacientes, bem como nossas condições de infraestrutura e hotelaria”, declarou a diretora técnica.        

Por outro lado, o desempenho satisfatório do Hospital Manoel Novaes para suprir a necessidade gerada no Serviço de Obstetrícia e Neonatologia está sendo viável graças à grande parceria vivida com a comunidade. “Apelamos para as pessoas que entendam este momento de sobrecarga que o hospital está vivendo, e acredito que a sociedade nos ouviu. Compreender que temos limitações e que, apesar disso, estamos realizando todos os esforços possíveis para atender bem à nossas gestantes foi fundamental para estabelecer este vínculo de confiança com quem procura o serviço”, finalizou a médica diretora do Hospital Manoel Novaes. 

O Hospital Manoel Novaes dispõe somente de 21 vagas na UTI Neonatal e 10 vagas para a UCI, que é a Unidade de Cuidados Intermediários. Segundo a Direção do Hospital, é necessário que as Unidades de Saúde e os demais Hospitais de Itabuna e região continuem filtrando com maior rigor os encaminhamentos de gestantes para o Hospital Manoel Novaes neste período de superlotação. “Precisamos do apoio de todos para continuar atendendo com qualidade”, declarou a médica Fabiane Chavez.
Por - Manuela Berbert 

Nenhum comentário: