Lixo

Itabunense seja educado não jogue lixo na rua e nem no Rio Cachoeira. A Natureza agradece!

segunda-feira, 15 de junho de 2015

Morre Zito, 82 anos, ídolo da Seleção Brasileira e do Santos.

Segunda-feira, 15/06/2015 - 07:25

 A causa da morte  não foi informada, mas em 2014 ele chegou a ficar 34 dias internado na Santa Casa da Misericórdia por um Acidente Vascular Cerebral (AVC)
A causa da morte não foi informada, mas em 2014 ele chegou a ficar 34 dias internado na Santa Casa da Misericórdia por um Acidente Vascular Cerebral (AVC)
futebol brasileiro está de luto. Morreu na noite deste domingo (14) em Santos, José Ely de Miranda, o Zito, ex-jogador do Santos e da seleção brasileira, pela qual foi bicampeão mundial nas copas de 1958 e 1962. Também foi bicampeão mundial de clubes com a camisa do Peixe nos anos de 1962 e 1963. 

Zito, 82 anos, estava em processo de recuperação de um AVC sofrido em julho do ano passado. Ele ficou internado alguns meses e depois passou a ser atendido em casa por uma equipe médica. O Santos FC decretou 7 dias de luto oficial. A causa da morte não foi revelada. O corpo será enterrado em Roseira, cidade onde ele nasceu, situada no Vale do Paraíba, ao lado de Aparecida do Norte.

Mas, antes, Zito será velado na Memorial Necrópole Ecumênica, no bairro do Marapé, em Santos, a partir das 8 horas desta segunda-feira (15).

Na Seleção, foi bicampeão mundial em 1958 e 1962, na Suécia e no Chile, respectivamente. Participou também do Mundial de 1966, na Inglaterra. Com a morte de Zito, restam seis campeões mundiais de 1958 vivos: Dino Sani, Zagallo, Pelé, Moacir, Mazzola e Pepe.

Depois que parou de jogar, Zito passou a trabalhar nas categorias de base do Santos, onde revelou jogadores como Robinho e Neymar. O camisa 10 da Seleção se manifestou em uma rede social, ainda na noite de domingo.

Nenhum comentário: