Vamos salvar o Rio Cachoeira! É o nosso maior patrimônio natural. Não jogue lixo em seu leito.

quinta-feira, 4 de junho de 2015

Eike Batista diz que vai dar a volta por cima




Eike Batista diz que não deve mais nada a ninguém e que vai dar a volta por cima

Eike Batista parece ter retomado a confiança. Depois de um longo período longe dos holofotes, voltou a falar sobre negócios e repete, cada vez com mais ênfase, que aprendeu a lição e não cometerá os mesmos erros novamente. O principal deles, diz, foi ter tentado alavancar diversos negócios ao mesmo tempo. Na última quinta-feira, quando falou à reportagem, não foi diferente. “A gente fez muita coisa em paralelo, e o nível de precisão caiu.”

Pela primeira vez, no entanto, Eike falou da relação com o filho Thor - entrevistado pela GQ para a edição de junho –, durante o período mais crítico da crise. "É um privilégio para um pai ter um filho que passou isso junto com você e está aí, colado do seu lado, te ajudando", comenta Eike.

Thor viveu o apogeu do conglomerado EBX, quando Eike foi apontado sétimo homem mais rico do mundo. E também o declínio, com a crise que culminou na apreensão de diversos bens do empresário em fevereiro desse ano. No ápice da crise empresarial, o filho do empresário disse ter mergulhado em antidepressivos e remédios para dormir.

Segundo Thor, até 2017 o país verá um "Eike diferente e melhor". "Prefiro te dizer que estamos trabalhando muito e que Deus dirá [o que vai acontecer]", contrapõe o pai.

O padrão de vida de vocês mudou radicalmente?
''Obviamente que temos um padrão de vida alto, mas continuo sendo um cara competente e muita gente reconhece que vou entregar resultado de novo. Sou uma pessoa demandada no mercado para criar coisas novas e, com isso, consigo ganhar bastante dinheiro. O importante foi ter resolvido as minhas dívidas. Não deixei nada nos bancos, nada em banco público, foi tudo acertado. É isso que as pessoas e a mídia têm de reconhecer. Tem outros empresários brasileiros que não operam dessa maneira. Pelo fato de todos os meus empréstimos terem aval próprio, é possível ver quanto eu acreditava nos meus projetos. E tinha dinheiro meu lá dentro. Os bancos só me emprestaram porque tinha dinheiro meu ali e pegaram aval de todo o meu patrimônio. Ninguém faz isso no Brasil. Esclarece isso aí''. (Leia mais na GQ).

Nenhum comentário: