Vamos salvar o Rio Cachoeira! É o nosso maior patrimônio natural. Não jogue lixo em seu leito.

sábado, 28 de março de 2015

Invicto na nova era Dunga, Brasil enfrenta Chile em amistoso.

O zagueiro Thiago Silva deu as costas na hora da cobrança de pênaltis no Brasil x Chile da Copa
O zagueiro Thiago Silva deu as costas na hora da cobrança de pênaltis no Brasil x Chile da Copa (Rafael Ribeiro / CBF)
A seleção brasileira enfrenta o Chile neste domingo (29), às 11h, no Emirates Stadium, em Londres. Ao vencer a França na última quinta por 3 a 1, o técnico Dunga conquistou sua sétima vitória seguida após o retorno à seleção. O treinador busca consolidar o bom futebol apresentado pela equipe tendo em vista a Copa América de 2015.

O time que jogará no domingo ainda não foi confirmado pelo técnico, que aproveitará a partida para observar outros jogadores. O lateral Marcelo, titular na Copa de 2014, aguarda sua primeira oportunidade com Dunga. O meia Robinho e o atacante Philippe Coutinho também devem ser observados.

O goleiro Jefferson, após a boa atuação contra a França, vem se destacando na nova era Dunga. Após a Copa, o jogador do Botafogo atuou em 5 partidas pela seleção e sofreu apenas um gol. O goleiro pode ainda lutar por uma vaga na Olimpíadas do Rio 2016, já que três jogadores com mais de 23 anos podem ser convocados.

A seleção chilena entrará em campo após derrotada para o Irã na última quinta (26) por 2 a 0 em partida realizada na Áustria. O técnico argentino Jorge Sampaoli poupou os principais jogadores da equipe para a partida de domingo contra o Brasil. Sem o palmeirense Valdívia, que se recupera de lesão, o Chile deve contar com astros Alexis Sánchez, Arturo Vidal e Mauricio Isla.

A última partida entre Brasil e Chile foi durante as oitavas de final da Copa do Mundo de 2014. As equipes empataram por 1 a 1 no Mineirão e nos pênaltis os brasileiros venceram por 3 a 2. A partida ficou marcada por uma instabilidade emocional dos jogadores, principalmente do goleiro Júlio César, que ainda defendeu duas penalidades, e do então capitão o zagueiro Thiago Silva.

Nenhum comentário: