Vamos salvar o Rio Cachoeira! É o nosso maior patrimônio. Não jogue lixo em seu leito. Povo limpo, cidade civilizada... Vamos preservar a nossa história.

sexta-feira, 2 de janeiro de 2015

Petrolão: saída de Gabrielli do governo da Bahia deixa PT em estado de alerta

Perda de foro privilegiado do ex-presidente da Petrobras tira o sono de petistas

Sem foro privilegiado, Gabrielli pode cair nas mãos do juiz Sérgio Moro
Sem foro privilegiado, Gabrielli pode cair nas mãos do juiz Sérgio Moro(Ed Ferreira/EC)
CLÁUDIO HUMBERTO
O PT entrou em estado de alerta com saída de Sérgio Gabrielli da Secretaria de Planejamento da Bahia. O ex-presidente da Petrobras terá de enfrentar os processos relativos ao Petrolão na Justiça Federal do Paraná, onde atua o rigoroso juiz Sérgio Moro. O PT teme que, uma vez sem foro privilegiado, Gabrielli acabe preso em nova fase da Operação Lava Jato. Também estão na mira o tesoureiro do PT João Vaccari Neto e o ex-diretor da Petrobras Renato Duque.

Inevitável - Correligionários acreditam que aparecerão mais nexos entre Gabrielli e esquema, já que a lambança ocorreu na gestão dele na Petrobras.

O elo - Na Bahia, é consenso entre políticos que a delatora Venina Velosa apontou o elo que faltava: Rosemberg Pinto, ex-assessor de Gabrielli.

Vai precisar - Ligadíssimo a Lula e Jaques Wagner, Gabrielli contratou 2 advogados da OAB da Bahia para defendê-lo no caso da refinaria de Pasadena.

Herança maldita - Não gerou surpresas a decisão do novo governador Rui Costa (PT-BA) de demitir Gabrielli. “Herança maldita, não”, dizem aliados. (Coluna de Cláudio Humberto)

Nenhum comentário: