Vamos salvar o Rio Cachoeira! É o nosso maior patrimônio natural. Não jogue lixo em seu leito.

sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

Amurc e Prefeitura de Itabuna unem esforços para a reestruturação da saúde regional


Exiba Prefeito de Itabuna, Claudevane Leite, recebe presidente da Amurc, Lenildo Santana - Foto Wilson Oliveira (1).JPG na apresentação de slidesNo sentido de envidar esforços em prol da reestruturação da saúde regional no Sul da Bahia, a Associação dos Municípios do Sul, Extremo Sul e Sudoeste da Bahia – Amurc em conjunto com a Prefeitura Municipal de Itabuna e demais representações regionais estiveram reunidos essa semana com o objetivo propor com ao Governo do Estado da Bahia, a regularização da estrutura hospitalar e financeira do município, para que este venha continuar a prestar atendimento a todos os demais municípios.


reivindicação, segundo o Secretário de Saúde do município, Eric Ettinger é pela liberação imediata dos recursos já reconhecidos pela SESAB, na recomposição do teto de Itabuna e a atualização dos valores pagos atualmente através do Sistema Único de Saúde – SUS. Segundo dados da Prefeitura, desde o retorno da Gestão Plena em 2013, o município acumula um déficit superior há R$ 15 milhões, o que vem gerando atraso no pagamento dos prestadores de serviço, como a Santa Casa de Misericórdia de Itabuna.
Durante o encontro com o prefeito Claudevane Moreira Leite, o presidente da Amurc e prefeito de Ibicaraí, Lenildo Santana revelou que o município de Itabuna é um Pólo Regional de Saúde e um número superior há 120 municípios necessitam desse atendimento. Por isso, ele destaca que é necessário buscar o entendimento com o Governo do Estado, visando a reformulação da estrutura hospitalar e financeira para sanar as dificuldades de atendimento vivenciadas pela população local e regional.
“É o momento de lutarmos pela saúde e suas instituições, reforçar a importância do Fórum de Secretários de Saúde Municipais, como instrumento de avaliação e estratégia contínua, mais ainda, somar todos os esforços dos segmentos políticos, sociais e institucionais em prol da Saúde Regional.”, explicou.
A busca por uma solução em conjunto faz-se urgente diante do anúncio do fechamento da unidade hospitalar do São Lucas, previsto para o dia 31 de dezembro, para o atendimento através do SUS. Por conta disso, o prefeito Claudevane Leite ressaltou a importância da participação de todos os segmentos sociais nesse processo, inclusive a Amurc, pois “permite compartilhar com os demais municípios a necessidade de estarem unidos para enfrentar a crise da saúde, que não é só de Itabuna, mas de todos os municípios da região”, concluiu.
Ainda de acordo com o prefeito de Itabuna, a Gestão Municipal está fazendo todos os esforços para que os hospitais (prestadores de serviço essenciais ao sistema de saúde) funcionem adequadamente. Em paralelo, faz, desde o ano passado, a maior intervenção já feita na cidade para reformar, ampliar e dotar as unidades básicas de saúde de condições para atender à população. 

Por - Viviane Cabral

Nenhum comentário: