Vamos salvar o Rio Cachoeira! É o nosso maior patrimônio. Não jogue lixo em seu leito. Povo limpo, cidade civilizada... Vamos preservar a nossa história.

segunda-feira, 3 de novembro de 2014

Pronatec oferece 80 vagas para cursos de pedreiro e mestre de obras em Ilhéus

As inscrições serão realizadas nos próximos dias 6 e 7 (quinta e sexta-feira), na Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (SDS), na Rua Mário Alfredo, s/n, Conquista, no período das 8 às 13 horas.
 O Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) oferece 80 vagas para os cursos de Pedreiro de Alvenaria e Mestre de Obras. As inscrições serão realizadas nos próximos dias 6 e 7 (quinta e sexta-feira), na Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (SDS) – Rua Mário Alfredo, s/n, Conquista – no período das 8 às 13 horas. Interessados devem comparecer ao local portando CFP, Registro Geral (carteira de identidade), comprovantes de residência e de escolaridade, bem como número da conta corrente ou poupança na Caixa Econômica Federal.

Devem participar da qualificação, maiores de 18 anos de idade. Cada curso dura cerca de três meses, e o início das aulas está programado para a segunda-feira, dia 10. As atividades vão ocorrer no turno vespertino, no Instituto Federal da Bahia (IFBA), Rodovia Ilhéus-Itabuna, km 13. “Os cursos do Pronatec garantem o conhecimento técnico ao aluno para que este tenha reais oportunidades de competir no mercado de trabalho”, considera o titular da SDS, Jamil Ocké.
Objetivos – O Pronatec foi instituído pela Lei Federal 12.513/11 com o objetivo de oferecer oito milhões de vagas em mais de 500 cursos, com prioridade, para estudantes de ensino médio da rede pública, trabalhadores e beneficiários de programas federais, além de incluir famílias de baixa renda, pessoas inscritas no Sistema Nacional de Emprego (SINE) ou que estão em situação de Seguro-Desemprego.
Custeados pelo Ministério da Educação (MEC), os cursos do Pronatec são ministrados por instituições de renomada qualidade técnica como o Sistema “S”, que compreende Senai, Senac, o Instituto Federal da Bahia (IFBA), entre outros. Os alunos que frequentam as aulas assiduamente recebem uma bolsa-auxílio de R$ 10,00 diários para despesas com transporte e lanche, depositados quinzenalmente na conta do beneficiário na Caixa Econômica Federal.
Da Comunicação Social – Secom-Ilhéus – 03.11.14

Nenhum comentário: