Vamos salvar o Rio Cachoeira! É o nosso maior patrimônio. Não jogue lixo em seu leito. Povo limpo, cidade civilizada... Vamos preservar a nossa história.

terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

Leur Lomanto Jr. ironiza Wagner por citar ponte Salvador-Itaparica em mensagem

Após acompanhar a mensagem do governador Jaques Wagner (PT) na reabertura oficial do ano legislativo, na Assembleia ontem, o deputado Leur Lomanto Jr. (PMDB) disse que o gestor do Executivo baiano fez um discurso que não condiz com a realidade da Bahia, nos últimos anos, desprezando questões que têm tido forte impacto para a população, como o aumento da violência.
Segundo o peemedebista, mais uma vez, o governador se aproveitou de obras federais, como Minha Casa Minha Vida para exaltá-las, como realizações de seu governo. Além disso, segundo ele, o pronunciamento “se esvaziou na incapacidade” de apontar novidades.

“O governador fala de ações virtuais que custam a sair do papel, a exemplo da ponte Salvador-Itaparica. Foi notório que para um discurso de despedida, com sete anos de mandato ele deixou muito a desejar. A postura democrática é algo que devemos festejar, mas a uma altura dessas, colocar essa atitude como marca principal de seu governo soa como forçada promoção”, disse.
É ponte o factóide?  – Se a promessa de campanha do governador Jaques Wagner (PT), em 2009, tivesse sido cumprida, a ponte Salvador-Ilha de Itaparica, com 14 quilômetros de extensão, seria inaugurada pelo governo da Bahia até o final de dezembro de 2013. Isto mesmo: no Verão 2013-2014 os baianos estariam, enfim, livres dos transtornos do sistema ferryboat e poderiam morar na ilha, desfrutar de suas belas praias ou viajarem com tranquilidade para cidades do Sul e Oeste da Bahia.

Em 2009, a imprensa já anunciava que a ponte Salvador-Itaparica seria concluída no final de 2013, mas nem a licitação saiu ainda. Para compensar, o governo anuncia a compra de dois ferries usados da Grécia a fim de ”aliviar” os trantornos enfrentados diariamente pelos usuários do Sistema Ferryboat (Foto: Arquivo/Jornal da Mídia)
O prazo para a conclusão do projeto, dezembro de 2013, foi o anunciado por Wagner quando iniciou a campanha do seu segundo mandato. No dia 24 de março de 2009, o governador entregou ao então presidente Lula um pré-projeto da ponte que ligaria Salvador à Ilha de Itaparica. O investimento previsto seria da ordem de R$ 2,5 bilhões. Hoje, o governo diz que o projeto terá um custo de R$ 7 bilhões.
O “Homem da Ponte” atracou no Governo. Agora Vai! - Em matéria de 28/11/2013, o JORNAL DA MÍDIA informava que o empresário Manoel Ribeiro Filho, como diretor da Construtora OAS, foi o primeiro a divulgar, em 2009, os detalhes do projeto da ponte Salvador-Ilha de Itaparica. O projeto previa a conclusão do empreendimento em dezembro de 2013.
O custo inicial da obra, anunciado por Manuel Ribeiro, em 2009, em R$ 2,5 bilhões, é estimado hoje em R$ 7 bilhões. E na nova projeção do governo, a inauguração acontecerá somente em 2020. Manuel Ribeiro é o novo secretário de Desenvolvimento Urbano do Governo Wagner e seu objetivo na Sedur seria justamente destravar o projeto da ponte Salvador-Itaparica. “Agora Vai!”.
Leia também:
Enquanto a ponte não chega, clique no vídeo e faça um tour no projeto virtual do governo

Nenhum comentário: