Lixo

Itabunense seja educado não jogue lixo na rua e nem no Rio Cachoeira. A Natureza agradece!

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

O ADEUS AGORA É PARA EDUARDO ANUNCIAÇÃO

Lá se foi mais um grande jornalista
Morreu no final da tarde desta sexta-feira (15) no Hospital Regional de Ilhéus, o jornalista itabunense Eduardo Anunciação, 67 anos de idade. O comunicador  estava internado na UTI daquela unidade há oito dias, quando sofreu uma parada cardiorrespiratória.

Eduardo Anunciação tinha passado, antes, por uma cirurgia para retirada de um tumor na laringe no Hospital Calixto Midlej Filho, nesta cidade, daí realizando tratamento intensivo para o seu restabelecimento.

De sua casa, no bairro Urbis, em Ilhéus, o profissional manteve até quando possível a rotina de diariamente escrever, na máquina Olivetti, a coluna “Política, Gente, Poder”, uma das mais lidas do Jornal Diário Bahia, há cerca de treze anos.

O Corpo do jornalista chega agora a noite para ser velado no auditório Dr. Raimundo Oliveira Lima, da  Câmara de Vereadores de Itabuna. Local onde ele marcou sua trajetória política ainda adolescente, se tornando o vereador mais jovem do Legislativo Itabunense, nos anos 60, com apenas 19 anos de idade, um tabu que a nível local, ainda não foi quebrado. Na época ele se tornou o legislador mais jovem do país.

Eduardo Anunciação teve passagens pelo jornal Tribuna do Cacau, onde trabalhou por muitos anos; ao lado de Otini Silva e Eliès Haum, Rádio Difusora e 70 FM, inclusive, com o personagem: “Bacurau”, SB-Informação, ao lado dos jornalistas Nelito Carvalho e Marival Guedes, ultimamente, residindo em Ilhéus, assinava a coluna: “Politica, Gente e Poder” no jornal Diário Bahia e tinha consciência de que a sua coluna era uma das mais lidas do sul da Bahia.

Eduardo, mesmo doente se preocupou muito com o estado de saúde de seu amigo e colega, Juarez Vicente, que faleceu no último dia 30 de Janeiro. Agora os dois se encontrarão, na glória  do Senhor; Que assim seja.
O sepultamente de Eduardo deverá acontecer amanhã (16), pela parte da manhã,  no Cemitério do Campo Santo em Itabuna. No decorrer daremos mais informações.   

Saudado pelos jornalista Paulo Lima, advogado e poeta, Romilton Santos, pelo historiador, Nilton Ramos (jega Preta), radialista Val Cabral e a atriz Eva Lima, o corpo de Eduardo foi sepultado as 11h. Sua filha, Eduarda Anunciação também fez uma homenagem muito bonita para o seu pai, o que emocionou  todos os presentes ao último aeus do grande jornalista.  Nilton Ramos , lembrou que Euardo foi o fundador  do bloco: Casados l... Responsáveis.

Autoridades

Entre as autoridades presentes, levaram a solidariedade à família o deputado Geraldo Simões,  o vice-prefeito de Itabuna, Wenceslau Júnior, também representanto o Prefeito Vane, o  vereador Carlito do Sarinho (unico presente!), Dr. Marcos Bandeira, Juiz da Infancia e adolescencia, e diversas outras autoridades regionais.

 
Prefeito Claudevane Leite lamenta morte do jornalista Eduardo Anunciação


De Salvador, onde manteve reunião com o governador Jaques Wagner, o prefeito de Itabuna Claudevane Moreira Leite lamentou a morte do jornalista Eduardo Anunciação, ocorrida esta tarde, em Ilhéus. Vane lembrou o importante papel que Eduardo teve na imprensa regional, com seu estilo próprio, especialmente quando tratava de política.

Segundo Vane, era possível discordar do posicionamento de Eduardo e do que ele escrevia, mas não se pode negar o seu valor como personalidade da comunicação e a contribuição que ele deu na formação da opinião regional. O prefeito pediu a sua assessoria que manifeste à família as condolências do governo e as suas próprias. "Sei que Deus, em sua misericórdia, consolará a família neste momento de dor", disse Vane.




ANGELA SOUZA SOLIDARIZA  COM A FAMILIA DE EDUARDO


É com imenso pesar, dor e tristeza que a deputada estadual Ângela Sousa (PSD) e toda a sua equipe receberam a notícia do falecimento do jornalista Eduardo Anunciação, um dos maiores nomes do jornalismo regional. Eduardo Anunciação, com seu estilo único e admirável, fez do jornalismo uma missão, sendo considerado um exemplo para a imprensa regional. Mais uma estrela do jornalismo baiano cumpre aqui a sua missão e deixa como legado um exemplo de seriedade, compromisso com a informação e uma vida inteira dedicada a arte de escrever e bem informar aos seus leitores. A tristeza é grande, assim como é grande a certeza que ele estará lá, junto ao Pai, torcendo por uma sociedade muito mais justa e por uma cidade, por um estado e por um país muito melhor.



Foto-DiárioBahia

Vane relata à Câmara esforço para vencer dificuldades da prefeitura


O ex-vereador Claudevane Leite retornou hoje à Câmara de Vereadores para proferir sua primeira mensagem oficial àquela casa legislativa na condição de prefeito. Vane chegou a Câmara para a abertura do período legislativo de 2013 acompanhado dos secretários e do vice-prefeito Wenceslau Junior. O primeiro prefeito de Itabuna eleito a partir de um mandato de vereador resumiu os 45 dias de governo como um período de permanente desafio para superar as dificuldades.



A solenidade começou às 9 horas e10 minutos no plenário Vereador Raimundo Lima e teve a presença de 20 dos 21 parlamentares eleitos. Os vereadores César Brandão, líder do governo na Câmara, e Pastor Francisco conduziram o prefeito ao plenário.



Na mensagem o prefeito destacou alguns pontos que vêm sendo tratados como polêmica por alguns setores da imprensa. Como o próprio salário. Vane lembrou que ainda vereador se posicionou contra o aumento do salário do prefeito e já em dezembro de 2012 comunicou que congelaria o próprio salário, renunciando ao aumento concedido pela Câmara e mantendo o valor. Segundo o prefeito, isso foi feito em respeito ao erário público, ponto primordial para todo gestor: “Cortamos na própria carne diminuindo o salário do gestor e dos secretários”.



Vane referiu-se às obras de infra-estrutura que foram paralisadas pela administração anterior, como a limpeza dos canais que cortam a cidade e a cobertura do canal do Lava-Pés, com a urbanização da Avenida Amélia Amado. O prefeito disse que as obras são prioridade e estão sendo retomadas.



Sobre as dificuldades financeiras encontradas, Vane mencionou as dívidas deixadas sem o caixa correspondente. E deu como exemplos a queda da arrecadação em janeiro, que foi de R$23 milhões em 2012 e ficou R$ 5 milhões menor em 2013 e a dívida de R$ 19 milhões com a coleta de lixo (R$ 12 milhões da Marquise e R$ 7 milhões da Torre), valor não ficou no caixa da Prefeitura para pagamento. Apesar disso, o prefeito de Itabuna assegurou que o governo municipal vai fazer com que a cidade fique limpa novamente.



Quanto aos comentários na mídia sobre o seu relacionamento com Wenceslau Junior ele afirmou que não há dificuldade nenhuma nessa relação e que a amizade entre eles é cada vez maior. Para Vane os problemas a serem resolvidos são maiores que a polêmica em torno dessa relação. “Os problemas estão na cidade e nós estamos trabalhando para resolvê-los” declarou, informando que os esforços para atender as demandas do município, passaram pela diminuição nos cargos comissionados. As nomeações para esses cargos foram de apenas 40% e isto está se repetindo em todos os setores.



O prefeito pediu ainda o apoio da Câmara de Vereadores e da comunidade na luta pelo retorno da gestão plena da saúde. Vane elogiou os vereadores pela sua atuação. pois mesmo em período de recesso procuraram a Prefeitura e apresentaram suas preocupações com a cidade.



O presidente da Câmara Aldenes Meira disse receber com otimismo o relato do prefeito. “Ele é muito claro, colocou a situação em que encontrou o Município e o esforço que está sendo feito para resolver os problemas. Estaremos irmanados para ajudar, o mandato é independente, mas com a responsabilidade de buscar o melhor para a cidade” afirmou Aldenes.



Homenagem a Denílson Melo



Em seu discurso o prefeito Vane lamentou a morte do amigo Denilson Melo da Silva, irmão da secretária de Educação Dinalva Melo, ex-funcionário da EMASA e presidente da ONG Oficina da Cidadania. “Estive com ele ontem, nos abraçamos e nos emocionamos. Hoje percebo como a vida é breve. Vamos aproveitar a nossa vida da melhor maneira possível” frisou o prefeito que parabenizou a iniciativa da Câmara em fazer a moção de pesar e pedir um minuto de silêncio no início da solenidade em respeito a Denilson.



MENSAGEM DO PREFEITO NA ÍNTEGRA:

Vídeo:


Narração: João Ailton

Por - Nachapaquente
Itabuna/BA., em 15 de fevereiro de 2013

 MENSAGEM Nº 002/2013 – GP

 “Javé dos Exércitos está Conosco. Nossa Fortaleza é o Deus de Jacó”

                                                                                                          (Salmo 46, Versículo 12)


            Senhor Presidente,
            Senhores Vereadores,
            POVO DE ITABUNA, 



             A presente mensagem encaminha ao Povo de Itabuna, através dos seus Ilustres representantes membros dessa Câmara Municipal, nos termos em que dispõe o art. 66, inciso VIII, da Lei Orgânica do Município de Itabuna - LOMI, o PLANO SETORIAL DE GOVERNO DO MUNICIPIO DE ITABUNA, para o exercício financeiro-administrativo de 2013/2016, correspondente a gestão administrativa por nós titularizada, e já apresentada ao Povo de Itabuna, em programas de rádio e TV durante o período eleitoral e correspondendo ao Plano Setorial de Governo registrado em cartório, por exigência da Lei Eleitoral.

            De acordo com o Norte que traçamos para a realização da difícil tarefa de governar o nosso Povo, pretendemos em nossa gestão, realizar uma série de mudanças que a comunidade tanto anseia e necessita, primando pela austeridade e honestidade na busca incessante pela melhoria de vida do nosso povo, sem contudo perder de vista o fortalecimento dos valores capazes de possibilitar a plena realização dos nossos objetivos atendendo prioritariamente aos interesses do povo que nos sufragou nas urnas, expressando a sua soberana vontade, a fim de que nós, a equipe deste governo que ora se inicia, possamos atender aos seus legítimos interesses quais sejam: propiciar uma vida plena e digna, com elevação da auto estima de cada cidadão que nela vive, visando a construção de uma comunidade livre,  justa e harmônica, gerando assim uma vivência social melhor, mais humana, com menos contrastes sociais e consequentemente uma  CIDADE DE PAZ.

              Nossas ações e atividades de gestão e administração, serão pautadas nos princípios basilares que regem a administração pública, e que são: legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade, economicidade e eficiência na utilização dos recursos públicos, mantendo sempre aberto o canal de diálogo permanente com o nosso Povo através desta Egrégia Casa Legislativa, como também com a comunidade


que nos elegeu, propondo uma integração efetiva entre o Executivo Municipal os membros do Legislativo e seus Agentes Políticos - Secretários Municipais, que integram a nossa equipe de governo, e as entidades de representação popular como: Conselhos Municipais, Comissões Municipais, Conselhos Deliberativos e similares, conferindo-lhes apoio e responsabilidades no âmbito de suas competências para que eles também possam buscar e realizar a contento o seu trabalho participativo, sem contudo perder de vista o respeito a hierarquia e a interdependência dos poderes. Temos certeza de que assim agindo estaremos honrando o mandato que nos foi outorgado pela vontade soberana do nosso Povo. Ainda dentro do contexto que ora enfocamos, pretendemos realizar algumas mudanças no primeiro escalão de nosso governo, visando melhorar o funcionamento da máquina administrativa e corrigindo erros do passado, objetivando que cada engrenagem esteja no lugar certo e possa funcionar com celeridade e eficiência.

Em verdade Povo de Itabuna, ao iniciarmos a nossa gestão encontramo-nos em meio a uma “Terra Arrasada”. O Município totalmente abandonado, a máquina administrativa nos três níveis da Administração Municipal – Centralizada, Descentralizada e Fundacional - sucateada, um verdadeiro caos, demonstrando completo descaso com a coisa pública e desperdício do erário. Temos consciência de que esse primeiro ano será marcado pelo permanente desafio de superar as dificuldades onde se destacam: ameaça de epidemia de dengue de sérias conseqüências; baixa arrecadação e insuficientes repasses de recursos públicos. Porém, temos plena confiança nas parcerias que vamos realizar junto as esferas de governo em nível estadual e federal, bem como com as entidades de representação popular e as entidades civis sediadas em nosso Município, objetivando a construção de políticas públicas que incrementem a receita; diminuam as despesas, viabilizem os repasses de recursos públicos em nível estadual e federal, incremente a máquina administrativa e prepare tecnicamente o pessoal atuante no serviço público, e sobretudo que ainda viabilize neste semestre o retorno da Gestão Única de Saúde para o nosso Município, procedimento imprescindível para o atendimento da comunidade itabunense. Todo o caos encontrado por nós na administração pública municipal, exigirá dos nossos agentes políticos - Secretários Municipais e do Procurador-geral do Município de Itabuna) a implementação de ações administrativas em caráter de urgência absoluta, visando otimizar, acelerar a implementar a execução de ações, programas e atividades voltadas para os segmentos sociais  mais carentes e que por certo nos trará a solução continuada dos problemas encontrados.

           

            Reafirmamos aqui o nosso propósito de fazer um governo de austeridade para tanto diminuímos gastos que inchavam a máquina administrativa. Em verdade Nobres Edis, “cortamos na própria carne” diminuindo o salário do gestor e dos seus secretários;  nomeando  apenas de 40%  por  cento  dos  Cargos  em Comissão, dentre outras ações. Buscaremos a economia, através de ações jurídicas  de  negociação  de


dívidas e recuperação do crédito para o recebimento de convênios e ações do Governo Federal. Norteando nossa administração no Planejamento das ações, Integração e valorização de nossa equipe, bem como a transparência no trato da coisa pública, acrescida agora de valores como a honestidade, economicidade e a busca incessante de soluções criativas e econômicas para a realização do quanto planejado para esse primeiro ano de gestão, na esperança de realizar um programa de governo que contemple a população sofrida e valorize a inclusão social.

            Em 2013, priorizaremos as ações voltadas também para a educação, saúde, desenvolvimento social, assistência social, transporte e trânsito, segurança pública, esporte, lazer, turismo, meio ambiente, arte com uma efetiva participação da Comunicação Social, o que irá com certeza ampliar o diálogo, a interatividade com a nossa população, com o foco principal na inserção da criança, do adolescente e do jovem em atividades culturais lúdicas e educativas para retirá-lo do ócio e evitar a sua introdução no mundo das drogas sendo este um dos caminhos perseguidos para a realização do carro chefe de nosso governo o Programa Cidade de Paz, termo que não se refere apenas ao nosso distrito-sede Cidade de Itabuna, mas a todo Município.
            Outra importante vertente e a realização de obras, atuando na captação de recursos na área federal, buscando investimentos em todas as áreas, inclusive para o combate à violência através de programas sociais que apoiem a mulher, a criança o jovem e o adolescente em situação de risco.
            Os Anexos I, II e III partes integrantes da presente Mensagem explicita, através de uma síntese ou sumário, as ações e metas setoriais da Administração Municipal para o exercício financeiro de 2013, referente a Administração Pública Centralizada, Descentralizada e Fundacional, e ainda, apresenta o Relatório da situação encontrada.

            Por fim não poderíamos deixar de destacar na presente mensagem que pretendemos dar continuidade com absoluta prioridade, às obras de infra-estrutura, limpeza de canais, a exemplo do “Canal do Lava-Pés” e urbanização da Avenida Amélia Amado que o antigo gestor deixou inacabada gerando assim desconforto, prejuízos e risco para a população. E, ainda, nos empenharemos com afinco na retomada da “Plena da Saúde”, uma luta que não é exclusivamente do Executivo pois depende do apoio desta Casa e da mobilização de toda sociedade organizada, pois seu retorno minimizara a situação calamitosa em que atualmente vive a saúde de nosso município, mesmo porque o Governo do Estado vem realizando uma parceria efetiva com o nosso governo, tendo inclusive em apenas 08 dias assinado a ordem de serviço para a  construção da barragem do Rio Colônia, obra de grande vulto e necessária para melhoria das condições de vida de nosso Povo.



            Vale ressaltar, mais uma vez, que nosso governo pretende resgatar a participação popular nas decisões importantes que afetam diretamente a vida da população convocando nossos munícipes para o exercício da participação popular nas discussões de todas as ações de governo e no estabelecimento de políticas públicas eficazes através de um diálogo franco, sério e democrático, através da mobilização das representações legítimas dos vários segmentos da sociedade civil organizada e, por meio de mecanismos, como conselhos municipais, comissões municipais, conferências setoriais e outros similares, assegurando que o povo de Itabuna em parceria com o Executivo que represento e com essa Veneranda Casa Legislativa, decidam e dirijam os destinos desta terra, sem esquecer que a essência da democracia é o poder popular, ontem e hoje imprescindível para construção do nosso futuro.


             
            Finalizando, aproveitamos a oportunidade para apresentar aos Ilustres Membros que compõem essa Colenda Casa Legislativa, os nossos protestos de apreço da mais  elevada estima e consideração.
  
Atenciosamente,
   
CLAUDEVANE MOREIRA LEITE
Prefeito


A Sua Excelência o Senhor
Aldenes Meira Santos
D.D. Presidente da Câmara de Vereadores
Nesta                



Departamento de Comunicação Social

Por: Naudielle Silva
Fotos _ Pedro Augusto

Banco de Sangue de Itabuna amplia horário de atendimento

Para minimizar crise de doações de sangue originada no período de fraco movimento e na suspensão das coletas externas, a direção do Banco de Sangue da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna decidiu ampliar o horário de atendimento do órgão. O funcionamento aos sábados, que ocorria das 7 ao meio dia, foi estendido até às 17 horas, objetivando facilitar o acesso de potenciais doadores. Durante a semana, o atendimento permanece das 7 às 17 horas. 

Segundo a enfermeira coordenadora de captação do Banco de Sangue de Itabuna, Lígia Natalino, os meses de dezembro, janeiro e fevereiro são os de maior baixa no número de doações de sangue. “Piorou muito este ano, devido à suspensão das coletas externas, realizadas de forma itinerante em diferentes bairros e instituições de Itabuna e, principalmente em cidades circunvizinhas. “As campanhas de coleta externa eram responsáveis por quase 50% do número de doações que tínhamos no Banco de Sangue, o que reflete na baixa considerável do estoque”, acrescentou Lígia. 

         Com a necessidade de captar uma média mensal de 1.400 doações de sangue a cada mês, o estoque não supera 1.100 bolsas, gerando um déficit que pode representar a perda de vidas. “Por isso a tentativa de ampliar o horário de atendimento e captar novas parcerias”, detalhou Lígia. 

         Assim, outra alternativa encontrada foi a realização de parcerias com Instituições de Ensino Superior (IESs) e sociedade civil organizada para a captação de maior número de doadores. É importante que entidades que tenham interesse, como colégios, igrejas, associações, também procure o Banco de Sangue para formalizar parcerias.  

Quem pode doar 

Entre os requisitos básicos para a doação de sangue, a enfermeira Lígia Natalino destaca a importância do doador estar em boas condições de saúde; ter idade entre 18 e 67 anos; ou mesmo o adolescente a partir de 16 anos acompanhado de pessoa responsável. “Para realizar a doação é preciso também ter peso igual ou maior a 50 quilos e comparecer ao Banco de Sangue, munido de documento de identificação com foto, sendo necessário vir alimentado e ter dormido o mínimo de seis horas na noite anterior”, finalizou a enfermeira Lígia.   

O Banco de Sangue de Itabuna funciona em anexo do Hospital Calixto Midlej Filho, situado na rua Antônio Muniz, número 200, Pontalzinho. Telefone para contato: (73) 3214-9126. 

Por - Jack Simões

Setor da construção civil deve injetar na economia de Ilhéus mais de 300 milhões de reais


 
O setor da construção civil em Ilhéus deve movimentar, somente este ano, cerca de 300 milhões de reais na economia do município, o dobro do valor registrado em 2012. O anúncio foi debatido durante um encontro da categoria realizado esta semana para avaliar a força do setor na economia local. Nos últimos quatro anos, asseguram os empresários, foram gerados cerca de 6 mil empregos diretos e indiretos e negociados 4 mil imóveis, entre os que já foram entregues e os que estão em fase de construção. O setor vive um momento histórico e hoje mantém, em plena atividade, 15 construtoras. Segundo dados do Cadastro Geral dos Empregados (Caged), do Ministério do Trabalho, este é o segmento privado que mais emprega na cidade. E o melhor: o que menos demite.

Nesta sexta-feira (15), representantes de construtoras, engenheiros, arquitetos, comerciantes e prestadores de serviços, estiveram com o prefeito de Ilhéus, Jabes Ribeiro, para pedir definições mais claras a respeito da política de ocupação do solo no município. “Este é um problema que preocupa a todos os setores da economia local e não apenas aos construtores”, assegura Vicenzo Morelli, diretor da Construtora Morelli. A construção civil movimenta diretamente os serviços de profissionais de níveis superior e médio, lojas de materiais de construção, eletricidade, hidráulica e acabamento, mercado imobiliário, dentre outros. Para os representantes da construção civil, a cidade tem que estar pronta, com políticas públicas bem definidas, para abrigar os investimentos que estão previstos para os próximos anos. E são muitos. “Enxergamos o governo municipal como parceiro e por isso estamos abertos ao diálogo, ao debate franco do que deve ser melhor para o desenvolvimento da cidade”, completou o empresário Roque Lemos, da Cicon.

Benefícios diretos – Roque Lemos lembra que além da iniciativa privada, o próprio governo municipal também termina beneficiado com as intervenções arquitetônicas promovidas na cidade. Como exemplo, ele revela que nos últimos dez anos, a construção de novos prédios no bairro da Cidade Nova, região central de Ilhéus, resultou na transformação de 14 imóveis - a maioria não estava sendo sequer habitada - em 319 apartamentos, cujos proprietários passaram a pagar IPTU, gerando mais renda ao município. “A realidade mudou sem que a Prefeitura tenha mexido em sua estrutura básica de serviço, já que não houve a necessidade de ampliação do sistema de iluminação pública, sistema de esgoto ou de água”, lembra.

A movimentação intensa provocada pelo setor também está contribuindo para o surgimento de novos cursos superiores no eixo Ilhéus-Itabuna e, por consequência, na qualificação profissional dos jovens da região. Na Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), em Ilhéus, já estão funcionando os cursos de Engenharia Civil, Mecânica e Elétrica. Na Unime, em Itabuna, está em pleno funcionamento, e com uma grande procura, o curso de Arquitetura. Alguns dos jovens que cursam a partir do terceiro semestre da faculdade já encontram-se empregados como estagiários nas construtoras e escritórios de engenharia e arquitetura.

Mudança de rumo - Filho de mestre de obra, Florisvaldo Tavares, seguiu a profissão do pai. “Tinha muitos parentes nesta profissão”, lembra com orgulho, mas sem se esquecer dos tempos difíceis, quando a crise na economia regional deixou milhares de desempregados no sul da Bahia. Agora, com a economia em alta, o caminho tomado por um dos filhos de Florisvaldo é outro. E é um passo a mais na formação profissional. “Em breve ele vai se formar em engenharia e vai realizar um sonho que não é só o dele, é meu também”, diz, emocionado.

Filho de nordestinos, Floriano Silva, nasceu em São Paulo. O pai, pedreiro de mão cheia, trabalhou durante anos na construção de prédios da maior metrópole da América Latina. Há 26 anos, Floriano resolveu vir para Ilhéus, terra do pai, e começar uma nova vida. No início não foi nada fácil. “Aparecia um emprego de vez em quando”. Há pouco mais de 10 anos é que as coisas começaram a mudar. O setor ganhou novo dinamismo e agora o trabalho “é todo dia”. Por conta do ritmo frenético da construção civil, Floriano já conquistou a casa própria, tem moto do ano e carro para “viagens a passeio com a patroa lá de casa”. Pedreiro e Ceramista com carteira assinada por uma construtora de porte médio, onde já ajudou na construção de oito novos prédios, Floriano garante: São Paulo agora só para passear. “Aqui é um lugar perfeito para se viver”.

A volta por cima - Tempos difíceis em São Paulo também foram vividos por Elias Vieira. Hoje aos 52 anos ele lembra quando pegou um ônibus no Terminal Rodoviário de Ilhéus e apostou todas as suas parcas economias para tentar uma nova vida numa grande cidade. O risco era grande. A necessidade, maior ainda. “Não posso dizer que passei fome por lá. Mas posso garantir que muitas vezes passei da hora de comer”, lembra.

Em São Paulo, o curso técnico de eletricista teve que ficar pela metade. Ou comia ou investia na profissão. A decisão de voltar trouxe consigo um misto de medo e esperança. Conseguiu um emprego para manusear a caldeira de uma indústria de beneficiamento de cacau e, com o salário, concluiu o curso de eletricista. “foi o pulo do gato”. Elias passou a prestar pequenos serviços de eletricidade até firmar uma parceria com uma pequena construtora. O primeiro trabalho “grande” foi na construção de um prédio de três andares. “Aí o dono me chamou e perguntou se eu tinha condições de trabalhar num prédio maior, de oito andares. E respondi a ele: de qualquer tamanho. Estou pronto”. Resultado: Elias não parou mais. Hoje além de atender a pequenas e grandes construtoras ele resolveu agregar valor ao seu serviço.

Em maio do ano passado, Elias juntou-se ao filho, também técnico em eletricidade e os dois abriram uma empresa com mais de mil itens em produtos de baixa e média tensão, na avenida Itabuna, região comercial importante de Ilhéus. O momento, eles definem, é de investimento. Elias e Rilsoney, de 28 anos, apostam na continuidade do crescimento do setor, alicerçado nos projetos de intervenção urbana que a cidade está na expectativa de receber, com a implantação do Complexo Intermodal Porto Sul. “Como em uma construção, estamos preparando a base para o novo momento que a cidade espera viver”, afirma um entusiasmado Elias.

 Por - Maurício Maron

Transporte escolar só é legal com vistoria e alvará

A Secretaria de Desenvolvimento Urbano de Ilhéus está realizando vistoria técnica nos veículos de transporte escolar, procedimento essencial para que a atividade possa ser exercida com segurança. Em razão disto, o secretário Isaac Albagli faz um alerta aos pais para que antes de contratar veículos para transportar seus filhos exija que os proprietários e condutores mostrem o alvará que lhes permite prestar aquele serviço legalmente.

As vistorias estão sendo feitas pela Superintendência de Trânsito (Sutran), que exige a instalação de itens obrigatórios, como cintos de segurança, cadeiras apropriadas para crianças abaixo de cinco anos e extintor de incêndio, dentro do prazo de validade, além de verificar o estado de conservação dos pneus, dos faróis e do próprio veículo.

Os pais, portanto, devem ficar atentos e observar se o veículo possui alvará de transporte escolar e o selo da Sutran, no parabrisa dianteiro, informando que o veículo foi vistoriado. Se algum motorista que não realizou a vistoria insistir em circular em situação irregular, poderá ter os documentos apreendidos e ficar impedido de realizar o transporte escolar, até que regularize a situação do veículo.

Durante o ano letivo, a Sutran realizará blitz nas portas das escolas para observar se todos os itens obrigatórios para a segurança dos alunos estão sendo cumpridos. Também serão observados, com rigor, a lotação máxima permitida, o uso de cinto de segurança pelos alunos e motorista e a habilitação do condutor na categoria adequada.

 Além disso, para veículos acima de  sete lugares, será exigida a presença de um auxiliar, acompanhando o motorista.

O objetivo, sempre, é garantir a segurança dos alunos. Os motoristas de transporte escolar que ainda não realizaram a vistoria do veículo ainda podem comparecer à sede da Sutran, na Avenida Esperança, de segunda a sexta-feira, no horário comercial, para regularizar a situação e conseguir o alvará.

Secretaria de Comunicação (Secom)

Ilhéus – 15.02.2013

INFARTO MATA DENILSON MELO

 531178_362543800456817_155684265_n

Do Pimenta.

Os trabalhos ordinários da Câmara de Vereadores de Itabuna serão abertos nesta sexta-feira, 15, às 8h30min, com a presença do prefeito Claudevane Leite (PRB). Será a primeira das sessões ordinárias da nova legislatura.

O presidente da ONG Oficina da Cidadania, Denilson Melo, faleceu há pouco durante uma partida de futebol em Ferradas, em Itabuna. De acordo com as primeiras informações obtidas pelo PIMENTA, Denilson sofreu infarto agudo do miocárdio.

O corpo do estudante de Direito e funcionário da Empresa Municipal de Águas e Saneamento (Emasa) ainda se encontra no campo, na antiga central de distribuição dos Supermercados Messias, às margens da BR-415. Denilson é irmão da secretária de Educação de Itabuna, Dinalva Melo.

 Expressaounica

Daqui, os pêsames a fam´lia do nosso amigo Denilson que pegou a todos nós de surpresa. Que Deus Lhe dê um bom lugar no Reino de sua Glória! Tratava-se de uma excelente pessoa!  Dentro de instantes estaremos dando melhores informações. Denilson, era irmão da  nossa Secretário de Educação, professora, Dinalva Melo e do nosso amigo/irmão, poeta Divaldo Melo..

Sepultamento 

Com a presença de centenas de pessoas, depois de seu corpo ser velado no salão da Mortuária Santa Fé, foi sepultado às 16h, de hoje (15), o corpo de Denilson Melo, no Campo Santo, da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna. Fizeram-se  presentes, também, no último adeus a Denilson, o vice-prefeito Wensceslau Júnior  e o diretor-Presidente da Emasa, Ricardo Campos. 

 Todos lamentaram a morte súbta  de Denilson Melo, que tinha 44 anos de idade, e era uma pessoa muito querida, devido a um grande circulo de amizade. Pertencia ao quadro funcional da Emasa.

 NOTA DE PESAR PELO FALECIMENTO DE DENILSON MELO


O prefeito de Itabuna, Claudevane Leite, lamenta profundamente a morte de Denilson Silva Melo, presidente da ONG Oficina da Cidadania e funcionário da Empresa Municipal de Águas e Saneamento – EMASA.

Vane manifesta condolências à família, em especial suas duas filhas, Yasmine e Esther, rogando a Deus que as conforte.

 

Prefeito de Itabuna programa um dia da semana à população



Logo no início da manhã a aglomeração na entrada do gabinete do prefeito de Itabuna, Claudevane Leite, demonstra o quanto concorrido será o dia. Isso acontece porque todas as quintas-feiras às sete e meia da manhã, são distribuídas 150 senhas para pessoas que serão atendidas pelo prefeito. Dona Maria das Graças Souza, tem 37 anos, e é uma das mulheres que acordou cedo, enfrentou fila e garantiu a senha, segunda ela somente para apertar a mão de Vane. Ela é mãe de dois filhos e disse ter esperança no trabalho do novo prefeito: “Trouxe os meus filhos para falar com ele e estou feliz por ter conseguido” revelou Maria.  

Desde muito cedo as pessoas começam a chegar para encontrar o prefeito. Muitas querem apenas parabenizar Vane pela vitória, muitos parecem para pedir emprego e outros desejam falar sobre suas necessidades emergenciais. Quem acompanha o intenso movimento na ante-sala do gabinete encontra, nas quintas-feiras pessoas como a auxiliar de serviços gerais Edenilza dos Santos. Ela atuava por contrato em uma escola do Município, mas foi demitida depois de um ano de trabalho. Edenilza estava no gabinete tentando reaver seu cargo e ficou contente por ser recebida pelo prefeito. “Eu nunca vi a cara do outro prefeito, me senti muito respeitada” desabafou. 

A população carente tem se surpreendido com a oportunidade de conhecer o gabinete. A dona de casa Cláudia Barbosa, procura emprego em serviços gerais e não imaginava conseguir falar diretamente com Vane. “Ele convidou a gente para ir a sala dele, os outros nunca fizeram isso, gostei muito da oportunidade” declarou. O autônomo Sinval da Silva fez questão de abraçar o prefeito e parabenizar pela vitória na eleição e pelo trabalho que vem fazendo. Ele apontou a metodologia de Vane como excelente para a cidade e disse torcer por uma Itabuna melhor. 

O prefeito disse estar satisfeito com as audiências públicas visto que esse contato é um termômetro para a gestão municipal, portanto será frequente. Vane diz que, infelizmente, muita gente procura o gabinete dele à procura de um emprego, o que a prefeitura não pode oferecer na quantidade desejada. Mas o prefeito diz que os estudos para a realização de concurso público já estão sendo feitos e logo que as finanças da prefeitura tiverem arrumadas as pessoas serão avisadas e todas terão chance de prestar o concurso.

O Chefe de Gabinete do Prefeito, Silas Alves que recebe as pessoas e acompanha as conversas, informou que a maioria dos pedidos ainda é referente a empregos, mas Vane tem tratado individualmente cada caso e explicado que a Prefeitura de Itabuna não pode comportar todos. Ainda assim, muitos fazem questão de conversar com o prefeito, apertar sua mão e desejar sucesso no novo governo. A vontade das pessoas é tamanha que as senhas nunca sobram e novas audiências têm sido agendadas para as semanas seguintes.

Departamento de Comunicação Social
Por  Naudielle Silva
Fotos: Gabriel de Oliveira