Vamos salvar o Rio Cachoeira! É o nosso maior patrimônio. Não jogue lixo em seu leito. Povo limpo, cidade civilizada... Vamos preservar a nossa história.

quinta-feira, 10 de janeiro de 2013

Servidores municipais voltam a receber vale transporte



Após quatro meses sem receber o vale transporte, os funcionários da Prefeitura de Itabuna poderão se tranqüilizar. O problema, que gerou inclusive uma greve no ano passado, será resolvido já na próxima semana. Em reunião no gabinete do prefeito Claudevane Leite foi decidido que a Associação das Empresas de Transporte Urbano (AETU) voltará a fornecer o benefício. Participaram da reunião o secretário de Transporte e Trânsito, Clodovil Soares, o secretário da Fazenda Marcos Cerqueira, o controlador Geral do Município, Oton de Matos e representantes da AETU. 

O diretor operacional da AETU, Elvis Souza, afirmou que um funcionário vai à prefeitura fazer um levantamento e a partir daí começará a liberação por secretaria. “Acredito que até a segunda-feira tudo estará regularizado” disse. Outras necessidades discutidas na oportunidade foram a gratuidade da passagem, o acesso à malha viária e as linhas de circulação central para desafogar os estacionamentos do centro da cidade. A Prefeitura está identificando corredores que precisam de recuperação para que os ônibus possam melhor trafegar.

O secretário de Trânsito, Clodovil Soares, apontou problemas básicos que precisam ser resolvidos. A aquisição pelas empresas de novos veículos para a frota e a recuperação dos antigos são as melhorias. “Por determinação do prefeito Vane recomendamos aos empresários a criação de linha circular central para maior comodidade da população que passará a ter acesso mais tranqüilo ao centro da cidade, sem precisar se utilizar de veículos particulares e motos”. Segundo Clodovil, isso melhorará o fluxo de vagas que são escassas nos estacionamentos, ficando ocupadas em todo o horário comercial.

O diretor Elvis Souza elogiou a preocupação da gestão de Vane em buscar resolver os problemas com o transporte público já no primeiro momento e disse que somente uma ação em conjunto poderá melhorar o serviço. “A posição da AETU é de cumprir uma parceria saudável com a Prefeitura”, disse.




Departamento de Comunicação Social
Por: Naudielle Silva
Fotos: Gabriel de Oliveira

Secretaria de Saúde intensifica o combate a dengue em Itabuna



Verba no valor de R$ 143.153,55, repassada esta semana pelo Ministério da Saúde, vai reforçar o trabalho de combate a focos de larvas do mosquito da dengue. Segundo o secretário municipal de Saúde, Renan Araújo, o trabalho já vinha sendo intensificado pelas equipes de endemias do município diante do risco de epidemia, cujo último índice do LIRAa (Levantamento Rápido de Infestação do Aedes aegypti), alcançou 18%, o que colocou Itabuna como campeã nacional da doença. 

De acordo com o secretário, essa verba será utilizada, prioritariamente, nos trabalhos de campo, intensificação da limpeza urbana, combate às condições de proliferação e crescimento de focos do mosquito, além de preparar a rede municipal de assistência para atender os pacientes dignamente. “Iremos trabalhar duramente para que Itabuna saia dessa condição de campeã de infestação para campeã no combate” frisou Renan, esclarecendo que a orientação do prefeito Vane é concentrar todos os esforços na conscientização das pessoas e combate aos focos do mosquito.

O secretário disse que o município tem uma decisão política de unir todos os esforços para diminuir os riscos que a população está exposta, com os subtipos do vírus da dengue. Para Araújo, o apelo do Ministro da Saúde aos novos gestores para que dêem continuidade ao trabalho feito pelos antecessores não pode ser atendido no caso de Itabuna. “Não posso atender o apelo do ministro. Não posso dar seqüência ao que estava sendo feito, em decorrência dos altos índices de infestação. A ação do governo anterior, além de equivocada, contribuiu para o agravamento do quadro de infestação da dengue. “comentou Renan Araújo.

O repasse da verba aos Estados e Municípios pelo Ministério da Saúde está entre as medidas do governo federal de vigilância, prevenção e controle da dengue. Em contrapartida, os municípios precisam cumprir metas, como disponibilizar número adequado de agentes de controle de endemias e garantir visitas domiciliares, melhorar o trabalho de campo e realizar levantamentos rápidos de infestação do Aedes aegypti, com ampla participação dos meios de comunicação, além de notificar os casos mais graves da doença. 

O aumento das chuvas e o calor contínuo do verão favorecem a proliferação do Aedes aegypti devendo a população, portanto, verificar o adequado armazenamento de água, o acondicionamento do lixo e a eliminação de todos os recipientes sem uso que possam acumular água e virar criadouros de mosquito. O secretário de Saúde lembrou ser essencial a participação dos cidadãos no combate a dengue, já que a maioria dos focos se localiza no interior das residências, em quintais e em terrenos baldios. A combinação do trabalho preventivo em cada residência com as ações do poder público é capaz de reduzir a presença do mosquito no meio ambiente e evitar epidemias, como lembrou o ministro da Saúde, Alexandre Padilha ao anunciar a liberação dos recursos.
www.itabuna.ba.gov.br

Departamento de Comunicação Social          
Por: Ricardo Mascarenhas
Foto: Pedro Augusto
10/01/13

Emasa prepara a ampliação da rede de água



Com o anúncio do início das obras de construção da Barragem do Rio Colônia, feito pelo governador Jaques Wagner na terça-feira, 8, em Itabuna, a Empresa Municipal de Águas e Saneamento (Emasa) já está realizando estudos visando ampliar e modernizar a rede de abastecimento de água para a população itabunense.

Para que as famílias de Itabuna sejam atendidas, Campos ressalta ser imprescindível e urgente que a Emasa se prepare para este novo tempo, com investimentos que possam assegurar não só a captação, mas principalmente a distribuição de água tratada. 

“Neste sentido, o prefeito Vane já determinou que a Emasa desenvolva estudos para que, além de ampliar a oferta, possa modernizar  a rede de abastecimento com investimentos em tecnologia, que resultarão numa economia significativa em custos com energia”. Ricardo Campos explica que com estes investimentos as manobras no sistema de distribuição serão automatizadas, contribuindo economicamente para que a Emasa seja auto-sustentável.

“Além de melhorar muito a questão da oferta d’água para a população, a obra certamente vai reduzir os custos da empresa, já que vamos captar água dentro do município de Itabuna, no bairro de Ferradas, com a perenização Rio do Cachoeira. Hoje captamos água no Rio Almada, no Distrito de Rio do Braço e  em Castelo Novo, no município de Ilhéus, a um custo elevadíssimo de bombeamento”, informou.

De acordo com o presidente, o custo de energia elétrica está na ordem de R$ 500 mil mensais. “Com a barragem isso vai mudar, pois a obra irá perenizar o rio, permitindo assim a captação de água dentro de Itabuna com a redução do custo de energia elétrica, e aumentando a oferta de água de 900 litros por segundo para 1.400 litros/segundo”, esclarece. Campos acrescenta que com a construção da barragem o governo municipal terá capacidade de atrair novos investimentos na área industrial, ampliando a geração de emprego e renda para o município e a região.

Departamento de Comunicação Social          

Procon-BA atua a Aviaca e a TAM no primeiro dia da Operação Aeroporto

Somente no primeiro dia da Operação Aeroporto, o Procon-BA, órgão da Secretaria da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos, autuou as companhias aéreas TAM e Aviaca, por cobrança indevida de taxa de emissão de venda e remarcação de passagens, nos balcões de atendimento. A cobrança da taxa é considerada abusiva, a partir do momento que a mesma não é feita quando os consumidores adquirem as passagens pela internet.

Além das companhias, também foram vistoriadas as lojas de variedades que funcionam no aeroporto. Das sete lojas visitadas, ontem (09), apenas a Baú Baú e a Dhoti receberam auto de infração, por falta de preço nos produtos expostos à venda. Segundo a superintendente do Procon-BA, Gracieli Leal, com a notificação, as empresas responderão a processo administrativo no órgão, sendo assegurada ampla defesa. A fiscalização ocorrerá até esta sexta-feira (11). 

 
Da Ascom

UNIMED DESCUMPRE ORDEM JUDICIAL E NÃO AUTORIZA CIRURGIA DE PACIENTE COM CÂNCER

Uma paciente com câncer ósseo espera há 20 dias que a Unimed de Itabuna cumpra ordem judicial e autorize cirurgia de urgência. A liminar foi expedida no dia 19 de dezembro pelo juiz George Assis, do Juizado Especial Cível, e dava prazo de 24 horas para cumprimento da decisão, sob pena de multa diária de R$ 500,00 até limite de R$ 15 mil.

Diana aguarda há quase dois meses por cirurgia de urgência.
Diana Viana Soares sofre de câncer no fêmur esquerdo e já havia passado por cirurgia há quatro anos e precisa ser submetida a novo procedimento. A paciente recorreu à Justiça após a Unimed informar que o caso passaria por análise e, segundo o Radar Notícias, a resposta somente seria dada em 21 dias. Ela é cliente do plano de saúde há 12 anos.

A Unimed solicitou, além do prazo, novos exames, mesmo com a urgência apontada em laudo do médico Eduardo Clemente, especialista em tumor ósseo, mas Diana já havia feito exames que constataram reincidência e o risco de a doença também atingir o pulmão.

A cirurgia deveria ser realizada no Hospital Sagrada Família, em Salvador, em novembro. A demora é injustificada. O plano de saúde de Diana Viana é de cobertura nacional e contempla desde o tratamento ao tipo de cirurgia solicitada.

O caso foi denunciado ao Ministério Público estadual pela paciente. A promotoria acionou os médicos Silvio Porto (presidente), José Antero (administrativo financeiro) e o médico José Roberto D´El Rei na Vara Crime da Comarca de Itabuna. A legislação determina que a cirurgia seja realizada com urgência em casos como o de Diana.

Do Seu Pimenta

Salvador: Cinco pessoas morrem em chacina no bairro da Caixa D'água

Redação do ITAPOAN ON LINE - 10/1/2013 às 08:05

Cinco pessoas morreram em uma chacina durante a madrugada desta quinta-feira (10) na terceira travessa Juazeiro, no bairro de Caixa D'água,  segundo informações da Record Bahia.

Michele Pereira dos Santos, de 22 anos, Lucas Vinícios Santos Reis, 13, Flávio Henrique Santos de Santana, 17, e outra pessoa ainda não identificada, morreram na hora e Marivaldo Silva de Almeida Júnior, 17 anos, ainda chegou a ser socorrido e levado ao Hospital Ernesto Simões, mas não resistiu aos ferimentos e morreu na manhã de hoje.

O crime aconteceu por volta das 3 horas da madrugada e, de acordo com a polícia, um grupo de mais de dez homens armados procuravam por membros da gangue rival para assassiná-los e tomar posse dos pontos de drogas da região. Ainda segundo a polícia, os traficantes chegaram até uma residência a procura de Michele que apareceu na porta de casa com Lucas, os dois foram executados na hora. Depois os traficantes invadiram a residência e executaram outras três pessoas.

Os responsáveis pela chacina ainda não foram localizados. O crime vai ser investigado pelo Departamento de Homicídio e proteção à Pessoa (DHPP).

TIROTEIO NO CENTRO DE ITABUNA LEVA MAIS UM A MORTE



Um tiroteio na Avenida Juracy Magalhães, na tarde de ontem (9), em pleno centro da cidade de Itabuna, resultou na morte de um homem ainda não identificado, um policial militar ferido e um civil na prisão de um suspeito. 

O policial civil Luciano Santos Cardoso, 37 anos, deu entrada no Hospital de Base, o tiro atingiu o abdômen do agente. 

O homem preso portava uma pistola 380 e a vítima fatal foi baleada  próximo a um ponto de ônibus (Alto Mirante), e  procurando fuga, veio a óbito no interior da  loja de Moveis Iguatu em frente ao Supermercados Meira. 

Conforme mostram as fotos do Vermelhinho da Bahia, centenas de pessoas foram atraídas ao local; mas uma tragédia em Itabuna, onde a onda de crimes violentos não para.

Só neste ano, este já é o sexto crime. É violência que não dar uma trégua, a maioria absoluta por disputa do trafico, no ano passado, causou, 178 mortes.