Vamos salvar o Rio Cachoeira! É o nosso maior patrimônio natural. Não jogue lixo em seu leito.

terça-feira, 10 de dezembro de 2013

Em Ilhéus, cerca de 300 mutuários já foram atendidos por técnicos da Urbis

O atendimento se estenderá até esta sexta-feira, dia 13, sempre das 8 às 12 e das 13h30 às 17 horas, na sede da associação, instalada no caminho principal (Eixo Coletor).
 Cerca de 300 proprietários de imóveis situados no Hernani Sá, bairro localizado na Zona Sul de Ilhéus, já foram atendidos pelos técnicos da Habitação e Urbanização do Estado da Bahia (Urbis), empresa que construiu os conjuntos habitacionais na década de 80. Atendendo a uma solicitação da Associação de Moradores do Bairro Hernani Sá (AMBHLS) e do vereador Roque do Sesp, a Urbis enviou uma equipe ao município com o objetivo de iniciar a regularização da documentação de centenas de propriedades.  

De acordo com o presidente da Associação de Moradores do Hernani Sá, Odaílson Aranha (Pequeno), inicialmente, depois de um contato realizado ainda no primeiro semestre deste ano com a gerente de Crédito Imobiliário da Urbis, Lúcia Coelho, o atendimento aconteceria em julho passado. “Entretanto, em virtude da greve deflagrada pelo funcionalismo público municipal, acabamos transferindo a data para dezembro”, explica. Segundo ele, em virtude do grande número de mutuários com documentação irregular, já está decidida uma nova visita dos técnicos da Urbis ao município de Ilhéus para abril de 2014.
Prestado na própria sede da associação, instalada no caminho principal (Eixo Coletor), o atendimento se estenderá até esta sexta-feira, dia 13, sempre das 8 às 12 e das 13h30 às 17 horas. Iniciado no último dia 3 deste mês, o trabalho também conta com a participação de técnicos da Gerência de Administração Tributária da Prefeitura Municipal de Ilhéus.
Refis – O gerente de Administração Tributária da Prefeitura de Ilhéus, Fernando Fernandes Filho, lembra que os proprietários que desejam regularizar a situação de seus imóveis no Hernani Sá podem aproveitar o Programa de Incentivo à Regularização Fiscal (Refis 2013). “Para a obtenção da escritura, é necessário ter em mãos a certidão negativa, documento que só é expedido após a quitação do IPTU. Assim, ao ingressar no Refis, por meio de pagamento único realizado até o dia 15 deste mês, o contribuinte será beneficiado com um desconto de 90% sobre juros e multas”, reitera Fernandes Filho, acrescentando que  o parcelamento também possibilita a obtenção da certidão negativa.
Documentos - Odaílson Aranha informa que a cópia da relação de documentos necessários para o início da regularização dos imóveis locais está disponível nos seguintes estabelecimentos: sede da própria AMBHLS, Brito’s Farmácia e Mercearia Pai & Filho, todos localizados no Eixo Coletor Principal (Avenida Sílvio Silva). Outras informações podem ser obtidas por meio do telefone 8868-7753.
 Da Secretaria de Comunicação (Secom)

Nenhum comentário: