Lixo

Itabunense seja educado não jogue lixo na rua e nem no Rio Cachoeira. A Natureza agradece!

terça-feira, 10 de dezembro de 2013

Educação a distância se consolida como referência de qualidade na região sul da Bahia

Dados do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP) revelam que no estado da Bahia o número de alunos em cursos de graduação a distância aumentou 146 vezes em oito anos.
A diversificação das modalidades de ensino tem proporcionado diferentes opções de educação, seguindo novos formatos flexíveis à vida daqueles que pretendem melhorar o currículo e agregar conhecimento. E o grande exemplo é a Educação a Distância (EaD), que cresce a passos largos e recebe cada vez mais reconhecimento. A comprovação do fato são os institutos e universidades federais que têm tido, do governo, incentivos consideráveis no investimento nessa modalidade.


De acordo com dados do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP), apenas no estado da Bahia, o número de alunos em cursos de graduação a distância subiu 146 vezes em oito anos, saltando de 565 matriculas em 2002, para 82.655 em 2010. No mesmo período, a quantidade de instituições que oferecem essa modalidade de ensino teve acréscimo de 440% no país (de 25 para 135). Os números comprovam que a educação a distância ganha espaço no universo acadêmico e derruba no mercado de trabalho o preconceito de que esse ensino é inferior ao presencial.
Na opinião de Jamile Bomfim, coordenadora Pedagógica Regional do polo de Itabuna da Uniube, a modalidade a distância possibilita que o aluno faça o curso sem ter que sair de casa, podendo utilizar o tempo para as atividades. “Com a modalidade online ou semipresencial o aluno pode escolher os horários e organizar o seu tempo sem a interferência no seu horário de trabalho, mantendo a convivência familiar, com os amigos e realizando diversas outras atividades. Além disso, tem autonomia para decidir em que momento vai fazer esta ou aquela atividade de estudos, desde que cumpra todas as atividades propostas, dentro do cronograma do curso, com momentos de presença obrigatória no polo de apoio presencial, até mesmo no sistema online”, revela Jamile.
Desempenho dos estudantes da EaD
O método EaD é o processo de ensino-aprendizagem no qual professores e alunos estão separados no espaço e/ou no tempo e que exige, por isso, um tipo de comunicação mediada por alguma forma de tecnologia.
Apesar das críticas que alguns educadores mantêm sobre a EaD, o professor da Universidade do Estado da Bahia (Uneb), Silvar Ribeiro, lembra que nas avaliações dos cursos a distância pelo Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade), os estudantes com aulas desse tipo tiveram rendimento médio superior em relação aos alunos que fazem a graduação presencial. E completa: “o fato é que a relação entre educação a distância e o mercado de trabalho começa a mudar quando as empresas enxergam as potencialidades da nova geração. São profissionais que nascem envolvidos com tecnologia da informação, identificam elementos de aprendizagem no cotidiano, utilizam a internet e redes sociais para interagir e precisam lidar com a relação entre o tempo e a produtividade”.
Da - MSV Soluções em Comunicação 

Nenhum comentário: