Vamos salvar o Rio Cachoeira! É o nosso maior patrimônio. Não jogue lixo em seu leito. Povo limpo, cidade civilizada... Vamos preservar a nossa história.

quinta-feira, 21 de novembro de 2013

Tribunal de Justiça da Bahia é apenas o 24º em desempenho em todo o país

Tribunal de Justiça da Bahia (TJ) acabou comprovando a máxima de que notícia ruim nunca vem desacompanhada. Quinze dias depois de determinar o afastamento dos desembargadores Mario Alberto Hirs, presidente da Corte, e Telma Britto, sua antecessora no cargo, o Conselho Nacional de Justiça divulgou ontem um relatório preliminar com dados sobre a produtividade do tribunais estaduais, compilados de janeiro a setembro.
Na contabilidade entre os processos recebidos e julgados em 2013, o TJ baiano ficou com o 24º lugar, com índice de 72,46%. Só ficou à frente do Amapá (72,33%), Ceará (71,47%) e Alagoas, grande campeão da morosidade judicial, com 66,84%.
Na outra ponta, estão Sergipe, Paraná, Pernambuco, Mato Grosso do Sul e Rondônia, que estão batendo (ou quase) a meta de julgar mais ações do que recebem. De acordo com o levantamento do CNJ, a Bahia está a cerca de 12 pontos percentuais abaixo da média nacional entre os estados, que ficou em 84,13%.(Coluna Satélite, Correio)

Nenhum comentário: