Vamos salvar o Rio Cachoeira! É o nosso maior patrimônio natural. Não jogue lixo em seu leito.

quarta-feira, 20 de novembro de 2013

Empresas que participaram de licitação em Ilhéus funcionam no mesmo endereço

Os documentos encaminhados pela Prefeitura de Ilhéus sobre a licitação para a escolha da empresa que montaria a estrutura para o desfile de 07 de setembro, solicitados pelo vereador Lukas Paiva (PMN), revelam verdadeiros indícios de fraudes em todo o processo licitatório para beneficiar a empresa TMais Serviços Locações e Eventos. A denúncia foi feita na tarde desta terça-feira, no plenário da Câmara Municipal, pelo vereador Lukas Paiva, que apresentou documentos comprovando que as duas empresas que participaram da licitação funcionam no mesmo endereço e podem, disfarçadamente, pertencer ao mesmo dono.



De acordo com o vereador, a documentação enviada pela Prefeitura, depois de muitas insistências e ofícios, mostraram que tanto a TMais Serviços Locações e Eventos, que ganhou o certame, quanto a AxeMais Entretenimento Eireli, funcionam exatamente no mesmo endereço, na Avenida Lotus, nº 08, Andar 2, Sala 201, no bairro Nelson Costa. A empresa ainda tentou disfarçar colocando uma letra antes e após o endereço, mas o vereador Lukas Paiva disse que as evidências são grandes de que se trata da mesma firma A Prefeitura não encaminhou toda a documentação solicitada, deixando de apresentar peças importantes como a ata da licitação e documentos tanto da TMais quanto das demais empresas que participaram da licitação, o que levanta ainda mais a suspeita de fraude.

O mais grave, segundo Lukas Paiva, é que a licitação foi feita no dia 06 de setembro, véspera do desfile de 07 de setembro, mas a estrutura começou a ser montada um dia antes, no dia 05, o que dá sinais claros de que a empresa sabia que venceria a licitação e se adiantou para prestar o serviço antecipado para a Prefeitura. A TMais, empresa de Ilhéus que faturou alto durante o governo de Newton Lima, recebeu R$ 37 mil para montar a estrutura para o desfile relâmpago de 07 de setembro.


Outro fato que chamou a atenção foi a rapidez como ocorreu toda a licitação. O aviso de licitação foi publicado no Jornal Oficial no dia 30 de agosto e no mesmo dia as empresas, duas de Ilhéus e duas de Itabuna, assinaram que receberam as cartas convites. Já a licitação aconteceu no dia 06 de setembro e no dia seguinte, 07 de setembro, às 8 horas da manhã, foi realizado o desfile com toda a estrutura já montada. A denúncia já foi feita no Ministério Público Estadual, tendo sido solicitado inclusive os documentos que a Prefeitura se recusou a entregar.

Por - Edy cAMARGO

Nenhum comentário: