Vamos salvar o Rio Cachoeira! É o nosso maior patrimônio. Não jogue lixo em seu leito. Povo limpo, cidade civilizada... Vamos preservar a nossa história.

quinta-feira, 4 de julho de 2013

Três consórcios entregam propostas de estudos urbanísticos da Ponte Salvador – Itaparica

SalvadorTrês consórcios, incluindo um internacional, entregaram propostas referentes ao edital dos estudos urbanísticos que serão realizados nas cidades de Itaparica, Vera Cruz e Salvador, em virtude da construção da Ponte Salvador –Ilha de Itaparica. O prazo estipulado para o recebimento das propostas foi encerrado nesta quarta-feira (3) e a expectativa é que até o final do mês seja anunciado o vencedor da licitação.




A contratação visa planejar a ocupação e o desenvolvimento urbano na área diretamente impactada pelo projeto, o que inclui subsídios para o Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano (PDDU) dos municípios de Itaparica e Vera Cruz e a elaboração de um PDDU Intermunicipal.
De acordo com o secretário do Planejamento do Estado, José Sergio Gabrielli, “este estudo é fundamental, pois dados preliminares apontam que nos próximos 30 anos, com a construção da ponte, a Ilha terá entre 60 e 80 mil novas residências, o que significa que a população saltará de aproximadamente 60 mil para 360 mil pessoas”, afirma.
O secretário destaca ainda que “os estudos também contemplam soluções para diminuir o impacto urbano e do tráfego de veículos nas cidades afetadas pelo projeto, como em Salvador, Jaguaripe, Aratuípe, Nazaré, Muniz Ferreira, Santo Antônio de Jesus e Castro Alves”, diz.
Projeto - A Ponte Salvador – Ilha de Itaparica, que tem custo estimado de R$ 8,2 bilhões, é parte de um plano de desenvolvimento socioeconômico do Estado da Bahia, cujo objetivo é dinamizar o eixo litorâneo sul, permitindo o surgimento de um novo polo industrial e logístico na Região Metropolitana de Salvador (RMS), ancorado por investimentos já em curso (estaleiros em São Roque do Paraguaçu) ou projetados (nova retroárea do porto de Salvador).
O cronograma de ações de 2013 inclui a contratação de estudos de sondagem, engenharia, impactos ambientais (EIA-RIMA) e urbanísticos, publicados em editais nos meses de abril e maio para contratação. O lançamento do edital para construção e concessão da ponte, por sua vez, está previsto para o primeiro trimestre de 2014.

Nenhum comentário: