Vamos salvar o Rio Cachoeira! É o nosso maior patrimônio natural. Não jogue lixo em seu leito.

quarta-feira, 10 de julho de 2013

Pedidos de oito estados para mobilidade urbana somam R$ 52 bilhões

Brasília – Os pedidos de recursos para investimentos em mobilidade urbana de oito estados somaram R$ 52 bilhões, disse hoje (10) a ministra do Planejamento, Miriam Belchior. O montante ultrapassa os R$ 50 bilhões liberados para ações de melhoria do transporte público de massa. De acordo com ela, com as propostas apresentadas, o governo vai decidir como será feita a divisão dos recursos, anunciados pela presidenta Dilma Rousseff, no último dia 24, em resposta às manifestações populares por melhorias nos serviços públicos.


“Encerramos esse ciclo [de reuniões] e vamos parar para fazer o balanço”, disse. Segundo ela, ainda está indefinida a origem os recursos para os investimentos e os procedimentos a serem adotados para liberação do dinheiro para os estados.
Ainda falta definir também se outros estados serão ouvidos. Miriam Belquior destacou ainda que o anúncio deve ocorrer em breve e que propostas com projetos prontos terão prioridade. “Aqueles [pedidos] com projetos prontos poderão mais rapidamente se transformar em obras”, comentou.
Durante a manhã, a titular do Planejamento e o ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro, receberam o governador de Pernambuco, Eduardo Campos, e o prefeito do Recife, Geraldo Julio. Eles pedem R$ 4,5 bilhões ao governo federal. Estado e prefeitura apresentaram proposta única.
Segundo Eduardo Campos, o pleito contempla investimentos em transporte sobre trilhos (monotrilho), veículo leve sobre trilhos (VLT) e corredores exclusivos para ônibus. O governador enfatizou que todos os projetos apresentados podem ser iniciados até 2014.
“Trouxemos uma proposta que dialoga com o plano diretor de transporte urbano da região metropolitana. Todas essas propostas temos condição de colocar em obras até o primeiro semestre do próximo ano, algumas delas podemos ter obras ainda em 2013”, garantiu.
O encontro marcou o fim da primeira rodada de reuniões entre o governo e estados. Neste primeiro momento, foram recebidos os representantes dos governos do Rio de Janeiro, de São Paulo, da Bahia, do Ceará, de Minas Gerais, do Rio Grande do Sul e do Paraná.

Nenhum comentário: