Vamos salvar o Rio Cachoeira! É o nosso maior patrimônio natural. Não jogue lixo em seu leito.

quinta-feira, 4 de julho de 2013

Caminhoneiro leva pedrada e morre ao tentar passar por manifestação

O caminhoneiro Renato Kranlow, de 44 anos, seguia para Porto Alegre, quando tentou furar o bloqueio e foi agredido no pescoço.

Morreu no início da noite dessa quarta-feira (03) um caminhoneiro que tentou furar um bloqueio na BR-116, no Rio Grande do Sul. Ele foi atingido por uma pedra.
Alguns quilômetros antes ele já tinha sido agredido por outros caminhoneiros que bloqueavam a estrada.
No confronto entre os próprios caminhoneiros essa foi a primeira vítima.
O caminhoneiro Renato Kranlow, de 44 anos, tinha saído de Pelotas pela BR-116. Ele seguia para Porto Alegre, quando foi impedido por outros caminhoneiros de seguir viagem. Ele foi agredido nesse momento.
Ele tentou furar o bloqueio e foi agredido. Só conseguiu seguir viagem escoltado pela Polícia Rodoviária Federal. Mas foi surpreendido por uma pedra, que atingiu o parabrisas e acertou na altura do pescoço. Ele morreu na hora. A polícia já identificou alguns manifestantes.
Agora de manhã, sete pessoas foram presas em uma manifestação em Pelotas, no Sul do estado, onde algumas viaturas da Polícia Rodoviária Federal foram apedrejadas.
A PRF também já informou que 15 pessoas foram presas até a noite dessa quarta (03).

Nenhum comentário: