Vamos salvar o Rio Cachoeira! É o nosso maior patrimônio. Não jogue lixo em seu leito. Povo limpo, cidade civilizada... Vamos preservar a nossa história.

quinta-feira, 4 de abril de 2013

Iniciado em Ilhéus o Programa de Coleta Seletiva Solidária

O Programa de Coleta Seletiva Solidária, desenvolvido pela Prefeitura de Ilhéus, em parceria com a Cooperativa de Catadores de Materiais Recicláveis Consciência Limpa (Coolimpa), foi iniciado oficialmente na manhã desta quinta-feira, dia 4. Ao todo, a equipe de agentes ambientais (catadores) visitou onze grandes geradores de resíduos sólidos, sediados, na sua grande maioria, na zona sul da cidade. O trabalho, que ocorrerá nas terças e quintas-feiras, sempre das 7 às 13 horas, conta com a supervisão da Coordenação de Coleta Seletiva, órgão vinculado à Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedur).

Durante as visitas, além do recolhimento de material reciclável, os agentes da Coolimpa também realizaram a distribuição de um folder informativo, que traz orientações sobre as formas de armazenamento e aproveitamento dos resíduos sólidos. “Essa é uma ação que precisa ser executada ao lado de um amplo trabalho de conscientização ambiental. A ideia é termos, num futuro próximo, uma cidade profundamente engajada neste processo”, diz a coordenadora de Coleta Seletiva, Maria Luiza Heine, acrescentando que as visitas se estenderão, nas próximas semanas, aos domicílios do Hernani Sá.

Presente nas visitas desta quinta-feira, Cecília Naiane, técnica do Instituto Brasileiro de Administração Municipal (IBAM), falou sobre a importância de uma ampla parceria com a sociedade. “Para que um programa tão rico como esse dê certo é fundamental que ele seja abraçado pela população, empresários e segmentos organizados do município”, completa. Emocionada com o primeiro dia da coleta seletiva, a agente ambiental Nilza Bispo destacou a alegria por trabalhar uniformizada e devidamente protegida. Já o agente Mário César demonstrou sua crença no sucesso do programa       e no surgimento de dias melhores para todos os catadores da Coolimpa.

Promovido pela Prefeitura de Ilhéus, em parceria com a Coolimpa, o Programa de Coleta Seletiva Solidária conta com o apoio da Conder (Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia), Ibam (Instituto Brasileiro de Administração Municipal), Associação de Moradores do Bairro Hernani Sá (Urbis), Faculdade de Ilhéus, Programa 3R (Reduzir, Reutilizar e Reciclar), Ministério Público, Atil (Associação de Turismo de Ilhéus) e Instituto Nossa Ilhéus, além da Max Coisas e da Cicon – Construtora e Incorporadora.

Galpão da Coolimpa – No decorrer das visitas desta quinta-feira, dia 4, a assessora do Programa de Coleta Seletiva Solidária, Geraldine Belmont, confirmou que o galpão da Coolimpa, construído no Aterro Sanitário de Itariri, na zona norte da cidade, será entregue no próximo dia 20. Ela lembra que o espaço, dotado de prensa e balança digital, será de grande importância para uma melhor estruturação da cooperativa, que, atualmente, conta com cerca de 80 agentes ambientais. “É importante ressaltar que, além de promover a inclusão sócio-produtiva dos agentes, todos eles ex-catadores de lixo, este programa também será fundamental para a preservação e conservação do meio ambiente”, diz.

Coleta seletiva – Coleta seletiva é o processo de recolhimento dos materiais que são possíveis de serem reciclados, previamente separados na fonte geradora. Dentre estes materiais, estão diversos tipos de papéis, plásticos, metais e vidros. A separação na fonte evita a contaminação dos materiais reaproveitáveis, aumentando o valor agregado e diminuindo os custos de reciclagem. Para iniciar um processo de coleta seletiva é preciso avaliar, quantitativamente e qualitativamente, o perfil dos resíduos sólidos gerados no município ou localidade, a fim de estruturar melhor o processo de coleta.

A coleta seletiva leva em conta a triagem de quatro grupos de material reciclável: papel (jornais, revistas, cadernos, folhas, papelões, embalagens e listas telefônicas); plásticos (garrafas, potes, fracos de alimentos e produtos de limpeza e higiene); metal (latas de bebidas e de alimentos, panelas, objetos   de cobre, ferro, zinco e bronze); e vidros (garrafas e fracos em geral).

Geradores - Os agentes ambientais da Coolimpa visitaram nesta quinta-feira os seguintes geradores de resíduos sólidos: Embasa, Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA), Polícia Federal, Edifício Dom Eduardo, Faculdade de Ilhéus, Associação de Moradores do Hernani Sá (Urbis), Bahia Mineração, Apae             (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais), 18ª CSM, Infraero e Cae III.

Da Secretaria de Comunicação Social (Secom)
Ilhéus - 04.04.2013

Nenhum comentário: