Vamos salvar o Rio Cachoeira! É o nosso maior patrimônio. Não jogue lixo em seu leito. Povo limpo, cidade civilizada... Vamos preservar a nossa história.

quinta-feira, 4 de abril de 2013

Conclusão da Amélia Amado depende de liberação da última parcela pelo Governo Federal



A Prefeitura de Itabuna está no aguardo do recebimento da quarta e última parcela do convênio com o Ministério da Integração Nacional, no valor de cerca de R$ 2 milhões, para execução e término das obras de macrodrenagem e urbanização do canal da Avenida Amélia Amado.  

Para finalização é necessária ainda a cobertura do trecho final do Lava-pés, com concreto armado e pré-moldado, incluindo paredes, fundos, tampas. Restam também serviços de esgotamento sanitário, micro e macro drenagem fluvial, além da instalação de postes e da rede elétrica que vai do cruzamento com a Cinquentenário até a Beira-Rio.

De acordo com o Secretário de Desenvolvimento Urbano (Sedur), engenheiro Marcos Monteiro, na hipótese de não ocorrer a liberação dos recursos até o final do mês de abril, a Prefeitura deverá executar com recursos próprios a pavimentação asfáltica e a urbanização de toda a extensão da avenida.

As obras na Amélia Amado foram iniciadas em 2010 e tinham previsão de entrega para fevereiro de 2011, tendo consumido R$ 11 milhões até o ano passado. Desde o inicio do ano, a atual administração vem corrigindo constantes problemas estruturais na obra, principalmente em períodos de chuvas, e executando serviços de urbanização com pavimentação asfáltica em alguns trechos.


Departamento de Comunicação Social
Texto: Ricardo Mascarenhas
Foto: Pedro Augusto
04 de abril de 2013

Nenhum comentário: