domingo, 11 de novembro de 2012

Fluminense é tetracampeão brasileiro com vitória diante do Palmeiras


O Fluminense é tetracampeão brasileiro. O tricolor carioca venceu o desesperado Palmeiras, em Presidente Prudente (SP) por 3 a 2 em um jogo dramático. O atacante Fred mais uma vez foi o grande destaque do Flu. Ele marcou dois gols para o Flu.Com 76 pontos, o Fluminense não pode ser mais alcançado por Grêmio e Atlético-MG na classificação e conquistou seu quarto título nacional.

O Palmeiras, com 33, vê sua situação se dificultar na briga contra o rebaixamento.
Rafael Sóbis tentou o chute a gol no primeiro minuto de jogo, mas acertou o jogador do Palmeiras. Depois, Marcos Assunção bateu falta e a zaga do Fluminense conseguiu o corte pela linha de fundo. Aos quatro minutos, Wesley cruzou e Obina cabeceou a bola longe da meta de Diego Cavalieri.

Fred arriscou de fora da área, mas chutou sem direção. Obina teve outra chance de marcar o gol, em jogada envolvendo Patrick Vieira e Barcos, mas sem conseguir tocar na bola para a finalização. O Palmeiras tinha mais presença ofensiva, mas a defesa do Fluminense conseguia conter o ímpeto ofensivo alviverde.
Em cruzamento da direita, Fred subiu para o cabeceio, mas Bruno deu um toque na bola e a colocou para fora. Aos 16, Carlinhos foi para o chute e bateu fraco para a defesa do goleiro do Palmeiras. Barcos, aos 18, recebeu na área, girou e foi para o chute, mas a bola foi para fora.

O Palmeiras teve de fazer uma alteração devido a contusão de Henrique, que deixou o campo para o lugar de Román. Em cobrança de escanteio aos 25, Barcos foi para o cabeceio, mas mandou por cima do travessão. O atacante tirou a bola da defesa no minuto seguinte, invadiu a área, tentou a jogada individual em cima da defesa, mas na hora do cruzamento, Diego Cavalieri ficou com a bola.
Marcos Assunção, aos 36, tentou colocar a bola na área, mas ela foi pela linha de fundo. O Fluminense ia para o ataque, mas não conseguia criar as oportunidades para marcar o gol e cedia espaços para o Palmeiras chegar ofensivamente.

A grande chance dos cariocas foi aos 38, quando Fred desviou cruzamento na área, Bruno não achou a bola, que acertou a trave. No rebote, o atacante tentou o chute pelo alto, mas mandou a bola pela linha de fundo.

Fred, aos 45, abriu o placar para o Fluminense. Em jogada de Rafael Sóbis, Wellington Nem recebeu e bateu para a defesa de Bruno. No rebote, Fred apareceu para arrematar para o fundo das redes.
Rafael Sóbis recebeu a bola e tentou o chute que Bruno defendeu. Depois, Thiago Neves chutou de longe, Bruno defendeu e no rebote Rafael Sóbis, em posição de impedimento, bateu para o gol.
O Fluminense aumentou o placar em gol contra de Maurício Ramos, que desviou cruzamento de Fred para Rafael Sóbis para dentro do próprio gol.

Barcos arriscou o chute e mandou a bola longe do gol. Maurício Ramos tentou completar cruzamento aos 14 e mandou a bola por cima do gol. O Palmeiras insistiu e diminuiu com Barcos, que aproveitou sobra de bola cruzada na área para dar um toque de bola e colocá-la no fundo das redes.

Patrick Vieira, aos 19, empatou o jogo. Em cobrança de falta, o meio-campista palmeirense se antecipou à zaga do Fluminense e encostou a cabeça na bola para igualar o placar em Presidente Prudente.
Maikon Leite tentou o chute e Diego Cavalieri conseguiu a defesa. O Palmeiras já conseguia sair mais para o ataque e pressionava o Fluminense para tentar o gol da virada, enquanto que os cariocas tentavam achar espaço para o contra-ataque.

Diego Cavalieri salvou o Fluminense de tomar o terceiro gol ao defender chute de Maurício Ramos aos 30 minutos. Fred, aos 36, recebeu bola vinda de escanteio e, de frente com Bruno, mandou a bola para fora. Carlinhos recebeu na área aos 39 e mandou longe da meta.

Thiago Neves chutou de longe, sem direção. Luan também arriscou o chute de longe, mas mandou fraco e pela linha de fundo. O Fluminense foi para o ataque e Fred marcou o terceiro do Fluminense aos 43 , ao bater de primeira cruzamento de Jean da direita para o fundo das redes.
O Palmeiras partiu para o esforço atrás do gol de empate nos minutos finais, mas não conseguiu achar espaço para marcar.
O Palmeiras encerra sua série de jogos contra adversários cariocas com o Flamengo, em Volta Redonda (RJ). O Fluminense recebe o Cruzeiro.

Ficha técnica
Palmeiras 2 x 3 Fluminense
Local: Eduardo José Farah (Prudentão), Presidente Prudente (SP)
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS);
Assistentes: Carlos Berkenbrock (SC) e Fabiano da Silva Ramires (ES);
Adicionais: Antônio Denival de Morais e Leandro Júnior Hermes, ambos do Paraná

Palmeiras: Bruno; Corrêa, Maurício Ramos, Henrique (Román) e Juninho; João Denoni, Marcos Assunção (Luan), Wesley e Patrik Vieira; Obina (Maikon Leite) e Barcos.
Técnico: Gilson Kleina.

Fluminense: Diego Cavalieri; Bruno (Diguinho), Gum, Leandro Euzébio e Carlinhos; Edinho, Jean e Thiago Neves; Wellington Nem (Marcos Júnior), Rafael Sóbis (Valencia) e Fred.
Técnico: Abel Braga.
Gols: Fred (FLU) aos 45 do primeiro tempo, Maurício Ramos (FLU, contra) aos 8, Barcos (PAL) aos 15, Patrick Vieira (PAL) aos 16, Fred (FLU) aos 43 do segundo tempo
CA: Luan e João Denoni (PAL); Jean (FLU)

www.Jornaldamídia

Nenhum comentário:

Brasil sofre ‘campanha de desinformação’ sobre meio ambiente, diz Bolsonaro na ONU

  O discurso foi apresentado por meio de um vídeo gravado. Por causa da pandemia de Covid-19, a reunião da ONU neste ano, baseada na sede da...