Lixo

Itabunense seja educado não jogue lixo na rua e nem no Rio Cachoeira. A Natureza agradece!

sábado, 11 de junho de 2011

O ITABUNA ESTÁ NA PRIMEIRA DIVISÃO

Itabuna enfrente o Juazerense nesta quarta-feira (15) no Itabunão

O Dragão do Sul voltou para a elite do futebol baiano. O Itabuna ganhou por 2 a 1 do Ypiranga de Salvador, em jogo realizado no estádio Luiz Viana Filho, em Itabuna. No próximo campeonato o Itabuna voltará à primeira divisão, de onde havia saído graças a uma péssima campanha.

Parece que o Dragão do Sul estava com sede, pois desde que a EMASA – Empresa Municipal de Águas e Saneamento  - começou a patrocinar o Clube, que ele vem subindo de produção, culminando agora com o retorno triunfal à 1ª divisão do campeonato baiano de futebol.


Itabuna x Juazerense
Alfredo Melo, disse que a Emasa acreditou e o Dregão voltou
Com a vitória do Juazeirense, em Juazeiro na tarde ontem  em cima  da equeipe do  Jequié, o time de Juazeiro será o adversário do Itabuna na grande finalista.

O proximo jogo já foi progrmado para a próxima quarta-feira (15), no estádio Luis Viana Filho (Itabunão), às 15 horas, e a final na cidade de Juazeiro quando  sairá o campeão.

O técnico do Juazerense disse que quer o titulo; "porque não adianta tirar o leite da vaca e com pes derramar o leite"                                                                                                                                                   

sexta-feira, 10 de junho de 2011

“CONTRAPPASSO” DE DANTE. (*)

                 Giulio Sanmartini, nota introdutória, seleção e tradução.

Os ministros do Supremo Tribunal Federal do Brasil, certamente não leram o que segue, caso  tenham lido, espero que lhes seja dada a mesma dor que carrega consigo o signatário dessa carta (23/2/2009).

Adriano Sabbadin, hoje com 48 anos tinha somente 17 quando Cesare Battisti e seu bando entraram no açougue de seu pai e o mataram. Ele escreve uma carta aberta aos brasileiros, que foi publicada no “Corriere del Veneto”:

“Vivo em uma pequena cidade na província de Veneza, escrevo a todos os brasileiros, pois hoje me sinto profundamente ferido pela decisão de vosso ministro da Justiça de considerar Cesare Battisti um refugiado político. Há 30 anos ele assassinou meu pai, não quero vingança, mas uma justiça que não chega. Quem é Battisti: ele começou na política dentro do cárcere, detido que estava por crimes comuns, aí conheceu o terrorista de extrema esquerda, Arrigo Cavallina.
A primeira vítima dos Proletários Armados para o Comunismo – PAC, foi o suboficial da guarda carcerária Antonio Santoro.

Quando este sai de casa para o trabalho, Battisti lhe atira nas costas (6/6/1978). Retornando ao seu grupo ele conta excitado à sua companheira, os efeitos de ver “alguém jorrando sangue”. Depois de uma série de assaltos o grupo resolve centrar contra aos agentes da “contra-revolução”, isto é, comerciantes que haviam reagido contra assaltos comuns.
Inicialmente pensou-se em somente feri-los, mas a vontade de mostrar a própria força a outros grupos de terroristas de esquerda, convence o PAC que é necessário fazer ver que se é capaz de matar. Chegaram a nosso açougue pelas 4 e meia da tarde. Meu pai, ajudado por minha mãe atendiam a algum cliente, eu estava nos fundos falando ao telefone, quando ouvi os tiros de pistola que ribombavam nos meus ouvidos, apavorado corri para nossa casa que ficava no andar superior, depois de longíssimos minutos vi homens que saiam num carro em disparada. Quando cheguei ao açougue, vi minha mãe com o avental branco todo ensangüentado e meu pai no chão dentro de uma poça de sangue, a ambulância chegou rapidamente, mas nada pode fazer.
Nos processos, seja a perícia e o testemunho de um arrependido, fez ver que Battisti tinha dado, sem piedade, os tiros mortais em meu pai. Battisti esteve sempre presente no grupo armado, colocando à disposição sua experiência de bandido e ficou conhecido por sua determinação em matar, jamais hesitando em fazê-lo.
Por todos estes crimes Battisti cumpriu somente um ano da cadeia, enquanto minha vida ficou completamente destruída, me vi aos 17 anos como o chefe de família e um vazio que com o tempo só fez aumentar. Não pode existir paz sem justiça e a minha família, justiça não a teve.
Não consigo entender o que levou vosso ministro da Justiça e classificar Battisti como um refugiado político, declarando que na Itália existem aparatos ilegais de repressão ligados a Máfia e a CIA (Central Intelligence Agency), por isso não pode conceder a extradição, o fato me parece uma folia e mais que isso, ofensivo à nossa democracia.
Peço que façam um apelo ao vosso presidente para que reveja essa decisão.
Adriano Sabbadin”

(*) Contrappasso, do latim “contra e patior”, sofrer ao contrário. No Inferno de Dante é uma pena que consiste no infligir ao culpado a mesma ofensa que ele infligiu aos outros.
(*) Fotomontagem: O homicida Battisti e Adriano Sabbadin com a foto do pai assassinado por Battisti.

Emasa investe R$ 5 milhões em melhoria do abastecimento de água

   O governo municipal, além de investir R$ 5 milhões na ampliação do abastecimento de água de 600 para 900 litros por segundo, está implantando agora, de forma complementar, a Unidade de Tratamento de Resíduos (UTR), eliminando a perda de material que acabava drenado para rios e riachos próximos à estação de tratamento do São Lourenço.

        A informação é do diretor técnico da Emasa, engenheiro Marcos Habib, ao lembrar que os recursos são do PAC I e repassados através da Caixa Econômica Federal, o que permitiu ampliar a captação, com a instalação de cinco bombas em Ferradas, para adução de água do rio Cachoeira até a central da tratamento.

Ele ressalta ainda, que a ampliação da captação não só permite atender à demanda da população, como também o atendimento para implantação de unidades industriais visando à geração de emprego e renda: “nesta etapa estamos agora atuando na implantação da UTR, o que vai reduzir para zero o impacto ambiental com o aproveitamento absoluto de toda a água processada pela Emasa,” argumentou.

A nova unidade, considerada uma das primeiras do gênero na Bahia, estará concluída num prazo de quatro meses, com um reservatório de aço, capacidade para 400 mil  litros e um conjunto de filtros para a retirada do hidróxido de alumínio, permitindo a sua reutilização no tratamento da água bruta, eliminando ao mesmo tempo o lançamento de efluentes na natureza.

Habib chama a atenção para o fato de que este ano, desde 1983, foi registrado o primeiro verão sem a ocorrência de racionamento ou de falta de água. Mas alerta que a solução definitiva do problema estaria na construção de uma barragem com reserva técnica, o que eliminaria de uma vez por todas o risco de racionamento, um projeto cuja implementação depende do governo do Estado.

O diretor técnico da Emasa salienta que hoje, para atender ao abastecimento da população itabunense a empresa realiza 150 manobras e movimenta 370 registros. A empresa  estuda a eficientização do sistema de distribuição, o que inclui a expansão da rede e a construção de subadutoras.
Por: Kleber Torres Fotos: Pedro Augusto  10-6-2011   



Prefeitura de Ibicaraí tem verba bloqueada


A Prefeitura Municipal de Ibicaraí teve verba bloqueada do Fundo de Participação dos Municípios (FPM),  da ordem de  R$ 311.125,00. A dívida é de impostos de administrações passadas já que o prefeito Lenildo Santana estava tentando parcelar a dívida referente a sua administração e apenas aguardava o deferimento. 

Preocupado com a situação o prefeito Lenildo Santana se reuniu ainda hoje (10 de junho), às 14 horas, no Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Ibicaraí, com o funcionalismo, para explicar a situação.

“Aparentemente é um uma verba pequena. Mas para um município como Ibicaraí é muito dinheiro. Tenho cumprido desde o início da administração com todos os compromissos. Este dinheiro fará muita falta. Nossos funcionários devem saber do que está ocorrendo”, disse o prefeito que não medirá esforços para solucionar os problemas que o bloqueio da verba pode causar.
Por: Juarez Vicente

Nana Caymmi no Festival do Chocolate, em Ilhéus

Uma das mais importantes intérpretes da Música Popular Brasileira (MPB), Nana Caymmi será atração musical do III Festival do Chocolate da Bahia em Ilhéus, sul do estado, no período de 06 a 10 de Julho, no Centro de Convenções. 

O show vai acontecer no dia 9 e nele a cantora vai mostrar as mais diversas etapas da sua carreira musical iniciada em 1960, relembrando interpretações marcantes como, por exemplo Não se Esqueça de Mim (Erasmo e Roberto Carlos), Sem Você (Tom e Vinicius), Bom Dia (Nana e Gil), Reposta ao Tempo (obra-prima escrita por Aldyr Blanc e Cristovão Bastos e recentemente regravada por Milton Nascimento) e muitas outras canções.

Intitulado como um momento de “Delirioterapia” do Festival do Chocolate, o show de Nana acontece em Ilhéus, três meses depois de ter sido lançado nacionalmente o festejado documentário "Nana Caymmi em Rio Sonata", que conta a trajetória da cantora. Filha de Dorival Caymmi, Nana é o exemplo perfeito de uma cantora que alcançou respeito e admiração em todo o cenário musical nacional. Sua bela e poderosa voz já foi ouvida por diversas vezes e por todo o país, inclusive como temas de novelas globais. Os ingressos para o show podem ser adquiridos nos seguintes pontos: Encantur, Karioca, Bicho Festeiro, e Central de Ingressos.

O III Festival do Chocolate da Bahia  é o resultado da parceria entre o Instituto Cabruca, Associação dos Produtores de Cacau (APC), Associação de Turismo de Ilhéus (ATIL) e Costa do Cacau Convention Bureau, Secretarias municipal e estadual do Turismo e M21 Eventos. Em sua terceira edição, o evento pretende consolidar, em cinco dias, uma programação dinâmica para incrementar o fluxo de turistas no período, oferecendo opções de cultura e lazer, reafirmando Ilhéus entre os mais importantes pólos de produção do cacau e do chocolate no Brasil.
No festival, além de uma feira mostrando produtos e serviços relacionados à indústria chocolateira, estão previstos cursos ministrados por mestres chocolateiros e palestras e fóruns que versam sobre etapas da produção e beneficiamento do fruto. Nana contempla, com o seu enorme talento, o calendário musical do evento, de acordo com o publicitário Marcos Lessa, organizador do festival.

            O período de realização do evento, definido em comum acordo com as secretarias de Turismo e Agricultura do Estado, já vai preparando a Bahia para receber, em julho de 2012, a 1ª edição do Salão do Chocolate de Paris no Brasil. Segundo Marco Lessa, diretor da M21, empresa que realiza o III Festival do Chocolate da Bahia, o evento tem como grande objetivo o fomento à economia, cultura e turismo, uma vez que trabalhará diversos setores da cadeia produtiva e comercial, movimentando-os em escala local, regional, nacional e internacional. A iniciativa conta ainda com o apoio do Governo da Bahia, Bahiatursa, Prefeitura Municipal de Ilhéus e Sebrae.
Por: Maurício Maron

“Fala Prefeito” estréia com sucesso


Estreou hoje (10) o programa “Fala Prefeito” nas emissoras de rádio de Itabuna, numa produção realizada pela assessoria de comunicação do município. 

O programa contou com a participação popular nesta sua primeira edição, quando o prefeito Azevedo traduziu a importância das obras que vem sendo executdas. além de salários dignos aos funcionários públicos municipais e, citou, como exemplo, o aumento concedido aos professores, acima do que a classe reivindicava.

Em relações as obras que vem sendo executadas no seu Governo, citou  também as que vêm sendo realizadas, através da “prefeitura móvel”, nos bairros Lomanto e Califórnia.

Dentro do programa também foi destacada o prêmio de transparência recebido pelo Prefeito Capitão Azevedo, em Brasília, quando só nove cidades do Brasil, receberam tal honraria.

quinta-feira, 9 de junho de 2011

Obras visam revitalização da Sala Zélia Lessa

Sem utilização como espaço cultural há seis anos, a Sala Zélia Lessa vinha sendo usada a título de comodato pelo Conselho Tutelar, que desocupou recentemente as instalações após o final do contrato com o governo municipal, que iniciou em caráter emergencial uma ampla reforma uma vez que o teto estava danificado e corria o risco de um possível desabamento.

As obras foram autorizadas pelo prefeito Capitão Azevedo e, segundo a secretária de Assistência Social, Marina Silva, a reforma estará concluída num prazo de 60 dias, de acordo o cronograma do projeto: “Acredito que a reforma não só vai oferecer condições de segurança para as pessoas que frequentam o local, como também possibilitará que naquele espaço possam ser ampliadas as vagas dos cursos na área de informática e de pintura sobre tela, oferecidos gratuitamente à população carente”, argumentou.

Ela explica que em função da mobilização dos artistas após o início das obras, estará reunida com o secretário de Educação, Gustavo Lisboa, e com o presidente da Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania, Cyro de Mattos, para discutir sobre o projeto e a perspectiva de utilização da Sala Zélia Lessa após a reforma iniciada agora e que visa ampliar justamente as ações de inclusão social no município.

Lembrando que atua num governo essencialmente democrático, Marina Silva destacou que está aberta para o diálogo com os diversos setores da comunidade, através de uma discussão ampla e permanente: “O fato concreto é que o espaço não tinha as mínimas condições de uso e havia o risco de um possível desabamento com vítimas caso o mesmo estivesse ocupado ou sendo utilizado”, argumentou.

A secretaria destacou ainda a preocupação do prefeito com a utilização do espaço para projetos de inclusão social e atividades culturais, mas oferecendo ao mesmo tempo conforto, segurança e dignidade às pessoas que utilizam a Sala Zélia Lessa, até então um espaço subutilizado e que agora está sendo inteiramente revitalizado.

Por:  Kleber Torres Fotos: Waldyr Gomes 9-6-2011
http://www.itabuna.ba.gov.br/

Azevedo empossa conselheiros de segurança alimentar

O prefeito de Itabuna, Capitão Azevedo, empossou, na manhã de quarta-feira (08), os seis novos titulares do Conselho Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional (CMSAN), composto por representantes do poder público municipal e de entidades públicas e privadas. Eles foram eleitos para o biênio 2011/2013.

Após a posse, o prefeito parabenizou os novos integrantes e ressaltou o importante papel que eles passam a representar dentro da sociedade a partir desse momento. “Vocês sabem que é um trabalho difícil, de grande responsabilidade e, principalmente, não tem retorno financeiro, o que mostra sensibilidade e uma atitude bonita e louvável por parte de cada um”.

Um dos conselheiros empossados, o secretário de Agricultura e Meio Ambiente, Marcelino Oliveira, explicou a importância do conselho, sua finalidade e o papel social e de cidadania que a entidade exercerá durante o mandato dos novos conselheiros. Marcelino também citou algumas metas de trabalho que serão desenvolvidas pelo colegiado.

O assunto será o tema, inclusive, da primeira reunião que os conselheiros vão promover dentro de poucos dias. O Conselho Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional foi criado através de lei municipal em abril de 2003, e tem, entre os principais objetivos, o de atuar no setor de atendimento, assessoramento e oferecimento de serviços específicos no que concerne a segurança alimentar e nutricional, visando estabelecer as políticas públicas municipais no atendimento à população na questão da segurança alimentar e nutricional.

O CMSAN é um entidade se fins lucrativos e suas reuniões serão realizadas no escritório local da Ceplac, na rua Juca Leão, centro da cidade.

Por:  Rosi Barreto – Fotos: Pedro Augusto - 09/06/11