Lixo

Itabunense seja educado não jogue lixo na rua e nem no Rio Cachoeira. A Natureza agradece!

sábado, 21 de maio de 2011

PORQUE HOJE É SABADO

O Amor

              Fernando Pessoa

O amor, quando se revela,
Não se sabe revelar.
Sabe bem olhar p'ra ela,
Mas não lhe sabe falar.

Quem quer dizer o que sente
Não sabe o que há de *dizer.
Fala: parece que mente 
Cala: parece esquecer

Ah, mas se ela adivinhasse,
Se pudesse ouvir o olhar,
E se um olhar lhe bastasse
Pr'a saber que a estão a amar!

Mas quem sente muito, cala;
Quem quer dizer quanto sente
Fica sem alma nem fala,
Fica só, inteiramente!

Mas se isto puder contar-lhe
O que não lhe ouso contar,
Já não terei que falar-lhe
Porque lhe estou a falar..


Itabuna gera mais empregos no sul da Bahia


Relatório do Caged mostra a
criação de 1.046 novos empregos

       Mesmo com a perda de 195 postos de trabalho este ano no Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), que disponibiliza dados oficiais do Ministério do Trabalho, Itabuna registrou no período de janeiro de 2009 a abril de 2011, ou seja, durante a gestão do prefeito Capitão Azevedo, a criação de nada menos que 1.946 novos empregos formais.

        No período analisado foram registradas 26.307 admissões contra 24.361 desligamentos, com uma variação relativa de 5,31%, bem maior que 3,09% registrados na microrregião Sul da Bahia.

        Itabuna, que é considerada um polo regional de comércio e serviços, tem hoje 7.278 empresas cadastradas no Caged, o que representa 30,52% da microrregião e registra 38.867 empregos formais, o equivalente a 42,72% do total da região.
       

Período: Jan de 2009 a Abr de 2011
Movimentação
Município
Micro Região
qtde
%
qtde
Admissões
26.307
39,55
66.522
Desligamentos
24.361
38,16
63.841
Variação Absoluta
1.946
 
2.681
Variação Relativa
5,31 %
 
3,09 %
Número de empregos formais
   1º Janeiro de 2011
  38.867  
  42,72  
  90.982  
Total de Estabelecimentos
   Janeiro de 2011
  7.278  
  30,52  
  23.847  
Fonte : Caged
Por:Kleber Torres Fotos: 20-05-2011   
www.itabuna.ba.gov.br 

É UM DIREITO DO POVO SABER O QUE ACONTECE NO GOVERNO.

                                              Giulio Sanmartini.
Negar que haja problemas com a presidente Dilma Rousseff, é seguir a rotina petista, isto é, de mentir continuamente e enganar os eleitores com se fosse a coisa mais comum do mundo.

Fato, é que o governo a cada dia  está indo mais à deriva, não tem ninguém com mão forte para segurar o timão, mas todos querem pegá-lo e só estão conseguido criar confusões que cada vez são mais sérias e comprometedoras.

Não bastasse isso,  o governo até agora nada tem investido, pois tem com herança o pagamento de todas as faraônicas  e mal feitas despesas, cujo objetivo era um só: Eleger Dilma para continuar agarrado às tetas do estado.


O que eu quero dizer é que por mais que seja negado, o estado saúde da presidente inspira cuidados.
Dilma já havia cancelado a viagem ao Paraguai (15/5), sob a justificativa de que precisava terminar a recuperação do tratamento da pneumonia. Até a sexta-feira, dia 13, ela estava tomando antibiótico por meio de um cateter.

Depois da tal da pneumonia, nada se fala sobre a saúde da presidente, mas ela adiou uma viagem, esta seria ao Uruguai inicialmente previsto para a próxima segunda-feira, dia 23, para o dia 30 de maio, o objetivo da postergação da data foi preservá-la. Oficialmente, o Planalto explica que a data não estava confirmada, mas apenas prevista e que, por questão de ajuste de agenda, precisou ser alterada.
 
Todavia a agenda de Dilma entre os dias 12 e 20/5,  mostra que algo não está funcionando. Descontando o sábado e domingo (14 e 15/5) ela teoricamente trabalhou 6 dias, mas somente no dia 17 teve o dia inteiro ocupado (das 11h às 17h). Nos restantes foram 5 “despachos internos” e o recebimento de 3 ministros, em dias diferentes: !2/5 Antonio Palocci, da Casa Civil;  17 e 18/5 Afonso Florence Ministro do Desenvolvimento Agrário e 19/5  Miriam Belchior, Ministra do Planejamento.

O Planalto há está escondendo o quanto pode, mas nas vezes que aparece, não querendo agir como ave de mau agouro e mudando o que deve ser mudado, tudo me faz lembrar a fotografia do presidente Tancredo Neves, poucos dias antes de sua morte onde aparece com a equipe médica para mostrar que tudo “estava bem”.
 

sexta-feira, 20 de maio de 2011

Diário Oficial pública hoje a nomeação de ministros para o STJ envolvidos em denúncias


O Diário Oficial da União publica nesta sexta-feira (20) a nomeação de três ministros – Antônio Carlos Ferreira, Sebastião Alves dos Reis Júnior e Ricardo Vilas-Bôas Cueva – para o Superior Tribunal de Justiça.

O ato foi assinado ontem pela presidente Dilma Rousseff (PT), mesmo após as críticas de que pelo menos dois deles não teriam suficiente bagagem jurídica para ocupar uma das 33 cadeiras da Corte e estariam envolvidos em denúncias.

O advogado Antônio Carlos Ferreira, que é ligado ao Partido dos Trabalhadores, foi aprovado pelo Senado Federal, mas contra ele paira a denúncia de ameaçar e punir funcionários da Caixa Econômica Federal (CEF) que ingressaram com ações trabalhistas contra o banco estatal. À época, Ferreira era diretor jurídico da instituição, segundo revelou a revista “Veja”.
“Minha experiência na Caixa, quando ocupei a diretoria jurídica, foi no sentido de pacificação de conflitos, promovendo conciliações e reconhecendo direitos, desistindo de recursos e extinguindo de mais de dois milhões de processos judiciais”, afirmou o advogado durante a sabatina na Comissão de Constituição e Justiça do Senado.

O advogado também negou que tivesse conhecimento da quebra de sigilo bancário do caseiro Francenildo Costa na época em que trabalhava na Caixa. O caseiro teve dados sigilosos violados a pedido do então ministro da Fazenda (hoje na Casa Civil, Antonio Palocci Filho. “Tão logo soube do conteúdo, fiz questão de ir à Polícia Federal prestar depoimento na condição de testemunha. Em nenhum momento se cogitou qualquer participação minha neste episódio”.

O advogado e agora ministro do STJ Sebastião Alves dos Reis Júnior também se esquivou de denúncias na CCJ do Senado. Ele teria “patrocínio simultâneo”. O advogado é acusado de atuar em duas partes contrárias no mesmo processo, o que é crime e pode render de seis meses a três anos de prisão. “Foi um acidente, não houve má-fe. Não houve atuação efetiva minha no processo”.

Contra o terceiro nomeado, Ricardo Villas-Boôas Cueva não há denúncias do conhecimento público. Ele é o único dos três que possui doutorado. Ricardo teve o nome aprovado por dezenove senadores, dois votaram contra ele e houve uma abstenção. Ricardo Cueva é sócio do escritório Rodrigues Alves e Villas Bôas Cueva.

Itabuna líder de seu grupo enfrenta o Poções comemorando mais um aniversário


Foto Arquivo
O Itabuna neste sábado (21) ás 15:00 horas, defendendo a sua liderança enfrenta o time do Poções no estádio Luis Viana Filho(Itabunão). Esta partida vem gerando muita expectativa, pois, além do Itabuna defender a sua liderança, obrigação de mostrar a sua torcida um grande jogo, está comemorando mais um ano de existência, nesta segunda-feira (23).

Para comemorar a data, a sede social, no bairro da Conceição, neste fim de semana elaborou uma  programação especial. 

Em contato com este blog, o presidente da agremiação, Ricardo Xavier acredita na subida do Itabuna para a eleito do futebol baiano. “Neste sentido para assegurar o nosso time, já estamos colocando em prática um grande projeto administrativo, junto as empresas regionais” disse o presidente Ricardo Xavier, quando a Emasa já deu o primeiro passo;

Apicultores de Ilhéus lutam para financiar a Casa do Mel

A retomada do projeto de financiamento para a instalação da Casa do Mel da Associação de Apicultores Ambientalistas de Ilhéus (AAMI) pelo Banco do Brasil e sua Fundação foi debatida na Superintendência de Desenvolvimento da Região Cacaueira do Estado da Bahia da Ceplac na tarde de ontem, 19. A unidade pode beneficiar 18 associações de apicultores do Sul do Estado ao centralizar investimentos em um único local.

O encontro com o superintendente da Ceplac Antonio Zózimo de Matos Costa teve a participação do gerente-geral do BB, em Ilhéus, Almir Marques Feitosa, do gerente de relacionamento da agência, Naelton Aparecido Nogueira Silva, e do consultor de projetos do Sebrae Jefferson Lomanto. Pela associação estiveram presentes a presidente Selma Dantas da Silva D’Alencar, o diretor social Rafael Chaves e o ex-presidente Roberto Chaves.

O superintendente da Ceplac disse que a unidade de beneficiamento será instalada num imóvel onde residiu o falecido cientista Paulo de Tarso Alvim, situado no Km 23 da Rodovia BR- 415, cedido pela Ceplac em contrato de comodato. Já Selma D’ Alencar informou que o local já passou por vistoria da fiscalização federal agropecuária da Superintendência Federal de Agricultura na Bahia, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa/SFA), para cumprimento de dispositivos da legislação federal que regula a questão.

Quanto do financiamento, ela informou que o processo esteve a ponto de ser concluído pela agência de Ilhéus do Banco do Brasil, no final do ano passado, mas a falta de um documento e mudanças na gerência retardaram a liberação do recurso de R$ 243 mil. Agora, a esperança se renova com a decisão do gerente Almir Marques Feitosa anunciada na reunião de reavaliar a documentação no âmbito de projetos relativos ao Desenvolvimento Rural Sustentável (DRS).

O gerente do BB confirmou sua disposição de rever todo o processo, que estava numa fase avançada. “Nosso objetivo é desenvolver a região de Ilhéus de forma sustentável. Viemos conversar com a Ceplac, Sebrae e a associação de apicultores visando revisitar o projeto e dar prosseguimento, inclusive resolvendo as pendências”, disse Almir Feitosa, que assumiu o posto há dois meses, mas tem em mente que cabe ao banco oficial participar ativamente de projetos comunitários que contribuam para gerar renda e a economia.

O consultor de projetos do Sebrae Jefferson Lomanto se disse confiante na instalação da casa de beneficiamento do mel não só pela boa vontade das instituições envolvidas, como pela disposição dos apicultores. “A esperança permanece e vamos acreditar que de fato o projeto venha a ser aprovado e o recurso liberado”, disse, acrescentando que pela localização do imóvel os benefícios alcançarão associações de apicultores em 36 municípios do Sul do Estado.

JACS/Ceplac/Sueba
Por: Luiz Conceição

20 de Maio de 2011

Rose Castro e Claudevane Leite garantem Utilidade Pública à ATAFASUL


A Associação de Familiares, Amigos e Pessoas com Doença Falciforme e Talassemia do Sul e Estremo Sul da Bahia – ATAFASUL ganhou apoio da Câmara de vereadores de Itabuna, que aprovou projeto de lei da vereadora Rose Castro (PR) e do vereador Claudevane Leite (PT), reconhecendo-a como entidade de utilidade pública. A ATAFASUL, com sede no Bairro São Caetano, tem atuado há pelo menos seis anos. 

Com este reconhecimento, a associação poderá obter posteriormente, junto ao governo federal, a qualificação como Organização Social.

Rose Castro diz considerar de grande importância a aprovação do projeto pela Câmara Municipal, principalmente porque agora a ATAFASUL poderá ser isenta de impostos, permitindo a ampliação dos benefícios aos portadores da anemia falciforme e talassemia. No Brasil, cerca de 2,1% tem falciforme. Na Bahia a prevalência varia entre 5 a 10% devido ao predomínio da população negra.

A Anemia falciforme é uma doença hereditária (passa dos pais para os filhos) caracterizada pela alteração dos glóbulos vermelhos do sangue, tornando-os parecidos com uma foice, daí o nome falciforme. Essas células têm sua membrana alterada e rompem-se mais facilmente, causando anemia. A hemoglobina, que transporta o oxigênio e dá a cor aos glóbulos vermelhos, é essencial para a saúde de todos os órgãos do corpo. Clique aqui e conheça mais sobre a anemia falciforme, sintomas e tratamento. O diagnóstico é feito através do exame eletroforese de hemoglobina. Mas o teste do pezinho, realizado gratuitamente antes do bebê receber alta da maternidade, identifica precocemente a anemia falciforme.

Já a Talassemia, também conhecida como anemia do Mediterrâneo, é uma doença hereditária trazida para o Brasil pelos habitantes dos países banhados pelo mar Mediterrâneo (portugueses, espanhóis, italianos, gregos, egípcios, libaneses). Sua principal característica é a produção anômala de hemoglobina, uma proteína do sangue responsável pelo transporte de oxigênio para todos os tecidos do organismo. Conheça mais sobre essa doença através deste link

Por: Vanda Amorim

Desfile mostrou solidariedade ao Abrigo São Vicente

          Iniciativa foi da revista Folha da Praia, que completa 20 anos

     Promovido pela revista Folha da Praia, o desfile beneficente I Fashion for Humanity, realizado sábado, 14 de maio, no Clube Social de Ilhéus, obteve grande sucesso de público, sendo toda a renda revertida para o Abrigo São Vicente de Paulo de Ilhéus, instituição criada no início do século passado e que até hoje presta assistência social aos idosos na cidade. O evento reuniu conceituadas lojas, como Lilica & Tigor, Plek, Zappin, Ilhois, Manga Rosa, Vicio, IO e Feminina, que apresentaram as coleções outono-inverno para os públicos infantil, adolescente e adulto feminino e masculino. 
        O desfile foi apresentado pela jornalista Bárbara Bastos e pela diretora da Folha, Ana Paula Lima. Antes da abertura, a presidente do Abrigo, professora Marileide Souza, agradeceu a iniciativa do veículo de imprensa e ao apoio recebido da comunidade ao seu mandato, iniciado em janeiro. Segundo Marileide, a instituição está aberta aos visitantes e aos voluntários, com o intuito de ampliar a colaboração da comunidade para manter os serviços sociais com qualidade. 
        Cerca de 150 latas de leite em pó foram arrecadadas, além da renda gerada pelo ingresso no valor de cinco reais. O jornalista Roberto Santana, editor da revista, disse que o trabalho do abrigo merece credibilidade e a ajuda de todos os segmentos da sociedade. A Folha da Praia comemora, em 2011, 20 anos de circulação e o desfile Fashion for Humanity, marca também o lançamento do Apparence, novo caderno de Moda da Folha da Praia. 
        Além do desfile, todas as lojas presentes sortearam brindes para o público. No local, uma equipe do Abrigo São Vicente comercializou tortas doces e salgados. A organizadora Ana Paula Lima destacou ainda o talento dos modelos que participaram do evento e afirmou que Ilhéus dispõe de um grande elenco.  O desfile contou com o apoio do Studio Fotográfico Sandro Andrade, DJ Arthur, Clube Social de Ilhéus, Studio H&B, O Boticário, Olho D'Água Flores Tropicais, Solar Toldos, Vídeo Life, Lumiplack, Gávea Design, CacauDoor, Buffet Renuza Zanon, Du Iluminação, ONG Rede Mundo Melhor, entre outros. 

Por: Zé Carlinhos

Inaugurado na cidade de Ilhéus o Núcleo de Tecnologia Municipal


“Hoje é um dia de muita alegria para o governo municipal e, especialmente, para o setor educacional de Ilhéus. Com este Núcleo, teremos a oportunidade de continuarmos investindo no aprimoramento do nosso corpo docente e, por via de consequência, na melhoria em geral do processo de ensino”. A declaração foi feita pelo vice-prefeito Mário Alexandre na manhã desta sexta-feira (20), durante a inauguração do Núcleo de Tecnologia Municipal (NTM), espaço voltado para a formação continuada dos profissionais de educação. A entrega do NTM também contou com a presença da secretária Lidiney Campos, dos vereadores Paulo Carqueija e Carmelita Ângela, e do coordenador da Direc-6, Edney Mendonça, além de gestores, diretores e professores.
“Este é mais um instrumento importante para continuarmos promovendo, de forma contínua, a formação dos profissionais que compõem a rede municipal de ensino. Com essa e outras ferramentas, estaremos cumprindo um dos principais objetivos do governo na área da educação: melhorar, cada vez mais, o processo de ensino/aprendizagem”, enfatizou a secretária municipal de Educação, professora Lidiney Campos. Segundo ela, mesmo com todas as dificuldades, o governo Newton Lima está conseguindo cumprir algumas metas fundamentais para que a educação em Ilhéus prossiga avançando.
Equipado com 23 computadores de última geração, o NTM funciona no 1º andar do Centro Administrativo da Prefeitura de Ilhéus, localizado na avenida Itabuna. A principal proposta do Núcleo é beneficiar professores, supervisores, coordenadores e secretários escolares, com cursos e oficinas, que darão ênfase à utilização pedagógica das tecnologias da informação e da comunicação existentes nas unidades rurais e urbanas. Outra proposta é promover o acompanhamento pedagógico e o suporte técnico aos laboratórios de informática (espaços digitais de aprendizagem) das escolas municipais.
Oficina - De acordo com o coordenador do NTM, Ailan Jurandy, a primeira oficina será realizada na próxima segunda-feira (23), das 9 às 12 horas, beneficiando 23 professores da rede municipal, que estarão conhecendo mais sobre a “Ambientação do Linux”. Visando estimular o surgimento de uma cultura digital a partir do conhecimento das tecnologias da informação e da comunicação no âmbito da educação e da otimização dos espaços digitais de aprendizagem (laboratórios de informática), o NTM é fruto de parceria com o Ministério da Educação, através do ProInfo (Programa Nacional de Informática). “Em 2009, tivemos o projeto aprovado pelo MEC. Já em agosto de 2010, obtivemos a homologação do núcleo”, informa o coordenador do espaço, Ailan Jurandy.

Para este ano, entre as várias possibilidades previstas pela coordenação do Núcleo de Tecnologia Municipal (NTM), que opera com o programa Linux Educacional, destacam-se os cursos de “Integração à Educação Digital – Proinfo Integrado” e de “Informática Básica para Secretários de Escolas”. Já na seara das oficinas, merecem                 menção as oficinas de “Blog Educativo”, “Edição de  Vídeo” e “Ambientação do Linux”.
ProInfo - O ProInfo é desenvolvido pela Secretaria de Educação a Distância (Seed), por meio do Departamento de Infra-Estrutura Tecnológica (Ditec), em parceria com as secretarias municipais e estaduais. O programa funciona de forma descentralizada, sendo que, em cada Unidade da Federação, existe uma coordenação estadual do ProInfo, cuja atribuição é a de introduzir o uso das tecnologias de informação e comunicação nas escolas da rede pública, além de articular as atividades desenvolvidas sob sua jurisdição, em especial as ações dos Núcleos de Tecnologia Educacional.
 Asacom/Ilhéus

Mais um escandalo envolvendo o PT


Goldman diz que Palocci fez 'tráfico de influência' com empresa

Pallocci, engorda seu caixa!!!
Enquanto outros líderes tucanos, como o ex-governador José Serra e o senador Aécio Neves (MG), preferiram a moderação ao abordar o caso envolvendo o ministro Antonio Palocci (Casa Civil), o ex-governador de São Paulo Alberto Goldman decidiu atacar.

Em seu blog, o tucano afirma que o petista praticou "tráfico de influência" com uma empresa de consultoria.

"Ao fazer o papel de consultor privado nesses últimos anos não apenas usou de seus conhecimentos adquiridos, o que seria legal e moralmente aceitável, mas usou de sua influência sobre um governo que, mesmo fora dele, ainda em parte comandava", diz Goldman.

Reportagem do último domingo (15) mostrou que o ministro multiplicou por 20 seu patrimônio entre 2006 e 2010. Ele adquiriu dois imóveis pela empresa Projeto --um apartamento de luxo em São Paulo no valor de R$ 6,6 milhões e um escritório na mesma cidade por R$ 882 mil.

Em mensagem enviada ontem a deputados e senadores, a Casa Civil justificou o aumento do patrimônio lembrando ex-ministros da Fazenda e ex-presidentes do Banco Central que se tornaram "banqueiros" e "consultores de prestígio" depois de passar pelo governo.

A nota afirma que nada impedia Palocci de manter a consultoria Projeto durante seu mandato de deputado. 

 Agencia de Notícia Jornal de Floripa


Expressaounica:
Cadeia, mesmo, nesse País, só para quem rouba um pão para matar a fome!

quinta-feira, 19 de maio de 2011

ESTADO DE SANTA CRUZ

Alguns desinformados pensam que a idéia de transformar o sul da Bahia em um estado independente partiu de Fernando Gomes. Lêdo engano. A primeira proposta partiu do então deputado federal Henrique Cardoso, que foi prefeito de Ilhéus.

Henriquinho, como era carinhosamente chamado pelos amigos, incentivou o jornalista Gonzalez Pereira a lançar um semanário com o título " O Estado de Santa Cruz", que foi lançado em Itabuna e teve vida curta, uma vez que ACM - na época governador da Bahia - determinou à fiscalização do Estado da Bahia, que fizesse uma varredura completa na empresa que colocasse anúncio no jornal.

Infelizmente, sem mandato, Henrique Cardoso e outros abnegados, não tiveram como manter o jornal, que morreu sem choro nem vela.

Historicamente, o sul e o extremo sul, são A CAPITANIA DE ILHÉUS, nada tendo a ver com a CAPITANIA DA BAHIA.

Também historicamente, os governos baianos sempre relegaram nossa região a um segundo plano. Daquí tudo tiram e nada devolvem. Basta lembrar que o Centro Industrial de Aratu foi construído com dinheiro do cacau, que chegou a representar UM BILHÃO DE DOLARES ao ano, na pauta das exportações brasileiras. Hoje a cacauicultura está falida.

A ZPE de Ilhéus, sempre foi travada pelos governos baianos e a região metropolitana (contituida dos municipios Itabuna e Ilhéus, proposta pelo então deputado estadual do MDB, Daniel Gomes) que estava na constituição da Bahia, foi bombardeada pelos governos baianos.

A Universidade Federal que estava prevista para o sul da Bahia, foi transferida para Juazeiro, e um dos defensores disso foi o Deputado Federal ACM Neto.

Houve duas novas tentativas de se criar o Estado de Santa Cruz: uma com Fernando Gomes e outra com um deputado federal paulista casado com uma ilheense.

Sempre deu em nada, graças a falta de visão e a covardia da maioria dos habitantes desta região.
Na verdade, os baianos não precisam temer a divisão. A população do sul da Bahia não tem coragem, nem visão para encarar uma luta dessas.  A prova está nas eleições que se suscedem. Os copas do mundo chegam, levam caminhões de votos e nada trazem e os governadores que menos fazem pelo sul e extremo sul, são sempre bem votados, como aconteceu agora com Jaques Wagner.


quarta-feira, 18 de maio de 2011

Ceplac: Agropolo vai ser ampliado no Vale do Rio das Contas

O Agropolo de Fruticultura do Vale do Rio das Constas será ampliado dos atuais 15 para 20 municípios com a entrada de Aurelino Leal, Boa Nova, Gandú, Manoel Vitorino e Ubaitaba. O anúncio foi feito pelo presidente do Consórcio Intermunicipal Vale do Rio das Contas (CIMURC) e prefeito de Barra do Rocha, Jônatas Ventura, ao ser recebido pelo superintendente de Desenvolvimento da Região Cacaueira da Bahia da Ceplac, Antonio Zózimo de Matos Costa, na manhã de terça-feira, 18.

Os novos associados já foram convidados e a assembléia geral que vai homologar a adesão ao Cimurc e ao projeto de diversificação econômica do Agropolo de Fruticultura deve ocorrer no mês de junho. O prefeito Jônatas Ventura justificou que Aurelino Leal e Ubaitaba integram o Vale do Rio das Contas; Boa Nova e Manoel Vitorino, o Território de Identidade; enquanto Gandú está economicamente vinculado. “Portanto, o que se deseja é fortalecer a base e reforçar a luta pelo desenvolvimento regional”, disse.

No encontro com a direção da Ceplac, no Km 22 da Rodovia BR-415, trecho Ilhéus - Itabuna, o presidente do Cimurc avaliou como positiva a parceria de mais de 15 anos que promove o desenvolvimento sustentável de uma região agrícola, que precisa da orientação técnica aos produtores. “Vejo que a Ceplac continua com a bandeira do desenvolvimento, assistência técnica e extensão rural. Estamos vencendo a vassoura-de-bruxa com alternativas agrícolas viáveis como a fruticultura, mas é preciso profissionalizar o agricultor e incentivar o associativismo”, afirmou Ventura.

O superintendente da Ceplac Antonio Zózimo Costa ressaltou os resultados alcançados pelo Agropolo, cuja área cultivada com a fruticultura atinge 1,2 mil hectares em 15 municípios, contando com 637 produtores rurais, produção de 5.712 toneladas anuais de frutas, 3.690 empregos diretos e valor da produção de R$ 6,9 milhões. “Acima da estatística, a promoção do desenvolvimento socioeconômico, agregação de valor à produção e receita ao produtor de cacau”, declarou.

O representante da Ceplac no Consórcio, economista Antonio Carlos Araújo, afirmou que a reunião fortaleceu a parceria e permitiu a revisão do acordo de cooperação. “Vamos conversar com os parceiros institucionais - Seagri e outras secretarias estaduais, EBDA e Sebrae - para continuar apoiando o Agropolo”, informou. O encontro também contou com a participação do chefe do Serviço de Planejamento da Superintendência, Mário Tavares, que sugeriu parcerias com Instituto Frutal e Instituto Brasileiro de Desenvolvimento Institucional em torno das cadeias produtivas.

Num seminário programado para Jequié o prefeito Jônatas Ventura disse que vai defender a implantação de patrulha mecânica para melhoramento das estradas vicinais e escoamento da produção agrícola dos municípios integrantes do Cimurc. “A maioria dos municípios conta com eletrificação rural, alguns em mais de 80% do território, o que facilita a agro-industrialização, mas precisamos melhorar o acesso às propriedades”, justificou.

ACS/Ceplac/Sueba
Por; Luiz Conceição
18 de Maio de 2011

Ilhéus lança São João em capitais e visa se onsolidar como centro de tradição junina

Belo Horizonte, capital de Minas Gerais, foi uma das cidades escolhidas pelo Governo do Estado da Bahia para sediar o lançamento oficial d edição 2011 do São João da Bahia. Além de Salvador, os municípios de Porto Seguro e Ilhéus também foram contemplados com a iniciativa, que de acordo com o órgão oficial do turismo na Bahia, a Bahiatursa, visa regionalizar a festa junina, aumentando o fluxo de visitantes para além do período da alta estação. Na última segunda-feira (16), o secretário Municipal de Turismo, Paulo Moreira, participou da abertura oficial da festa na casa de shows Alambique.

Paulo Moreira esteve acompanhado do titular da Setur de Porto Seguro, Augusto Jones, e do secretário de Turismo da Bahia, Domingos Leonelli, que fez uma apresentação para os agentes e operadores de turismo e de viagens da capital mineira. “Já foi acordado entre os hoteleiros baianos que eles oferecerão uma redução das tarifas durante o mês de junho. O estado de Minas Gerais é considerado o maior polo emissor de turistas para a Bahia e o feriadão de Corpus Christi é considerado o principal produto das empresas de turismo de BH”. O gerente nacional de vendas da Tourlines, Fábio Gontijo, considera o São João da Bahia “a maior aposta do fim desde semestre” e o endereço eletrônico da sua empresa na internet já está sendo todo customizado com o tema da festa junina baiana.

São Paulo - Nesta quarta-feira (18) a comitiva baiana participou do lançamento do São João da Bahia em São Paulo (SP), na Casa Moinhos Eventos. Assim como na capital mineira, o evento também teve como foco os agentes e operadores de turismo e de viagens e contou com a animação dos forrozeiros baianos. Boa parte deles se apresentará em Ilhéus, durante os sete dias de festa, já que engloba a festa de aniversário da cidade de Ilhéus, que comemora 477 anos de fundação deste ano.

O lançamento do São João da Bahia foi animado pelas apresentações dos cantores Adelmário Coelho, Léo (Estakazero), Targino Gondim, Val Macambira e Zelito Miranda, que mostraram ao público uma prévia do que vai acontecer durante a festa junina nos três municípios baianos. Na capital baiana o auge da festa junina será nos dias 23 e 24, já em Ilhéus o São João ocorre entre os dias 22 a 28 de junho e em Porto Seguro, o clima de “arraiá” será de 21 a 26 de junho.

Em Ilhéus, a festa junina contará, ainda, com as apresentações de bandas como Xote Apimentado, Cangaia de Jegue, Forró Danado de Bom, Caviar com Rapadura, Circuito do Forró, Mel de Forró, Luiz Bob e os Gonzaga, Vera Cruz, Lordão, Cheiro de Forró e Top Gan, entre outras, além do tradicional concurso de quadrilhas juninas.
Ascom/Ilhéus
http://www.ilheus.ba.gov.br/ 

Prefeito Azevedo vistoria obras nos bairros

O prefeito de Itabuna, Capitão Azevedo, inspecionou, em companhia do secretário de Desenvolvimento Urbano, José Alencar e de assessores, as obras em andamento em diversos bairros, que deverão estar concluídas em 28 de julho, como parte das comemorações do 101º aniversário de emancipação política e administrativa de Itabuna.

No bairro São Pedro, o prefeito acompanhou a retomada das obras de infraestrutura, pavimentação e urbanização da segunda etapa da avenida Pedro Jorge, que vai totalizar dois quilômetros de extensão inteiramente pavimentados.

A obra tem 100% da drenagem concluída e 85% da rede de esgotamento sanitário em andamento, vai incluir 580 metros de muros de contenção, terraplenagem da pista, colocação de meio-fio, iluminação e colocação de asfalto.

Também foram vistoriadas pelo prefeito as obras em execução no bairro do Zizo, que incluem a infaestrutura e urbanização das ruas Independência e Bela Vista, além do projeto da Construtora FM que, através do Programa Minha Casa, Minha Vida, está construindo 500 apartamentos no Conjunto Itabuna Parque, que ocupa uma área de 18,5 mil metros quadrados.

Capitão Azevedo inspecionou ainda as obras de 2,7 quilômetros de esgotamento sanitário no bairro Manoel Leão, onde a prefeitura investe em pavimentação e urbanização, que serão inauguradas em 28 de julho; juntamente com as obras do Maria Pinheiro e do Fernando Gomes, executadas com recursos do Ministério das Cidades.

O secretário José Alencar destaca que mesmo com a abertura de várias frentes de trabalho, as obras estão em ritmo acelerado para conclusão até o final de julho. Disse ainda, que a Sedur vem intensificando a Operação Tapa-Buracos, que tem 15 quilômetros já concluídos, o que representa 10% do volume projetado.

Por:  Kleber Torres Fotos: Vinícius Borges - 18-05-2011
http://www.itabuna.ba.gov.br/

QUEM PLANTA, COLHE

O Governador da Bahia, o petista Jaques Wagner, anunciou que o novo emissário submarino de Salvador, uma obra de 259 milhões de reais, será inaugurado oficialmente no final deste mes.

Salvador merece? É claro que merece.

Quem não merece nada é Itabuna.

Afinal de contas, Wagner venceu as eleições no Municipio, apesar de não ter colocado um prego, um tijolo, nada, absolutamente nada na cidade.

A única coisa que fez foi garrotear a saúde, tentando tomar "na marra" o Hospital de Base, que foi construído com dinheiro dos itabunenses, mas que serve à toda região.

Então, se sem fazer nada foi escolhido pela maioria esmagadora dos eleitores, por que trabalhar para essa turma de "manés"?

Ano que vem ele volta aquí e faz novas promessas, tipo " meu presente de aniversário de 100 anos de Itabuna, será a barragem de Itapé". Só que o discurso vai mudar um pouco. Será, mais ou menos assim: "se elegerem meu candidato, faço barragem, libero dinheiro para a saúde, termino o teatro municipal e o centro de convenções, triplico a Ilhéus/Itabuna, e faço um metrô entre o Bairro California e o Bairro São Caeantom com uma estação no Shopping".

E não duvidem que ele tenha sucesso, pois os nossos "manés" - incluindo aí os servidores públicos, com destaque para nossos professores da Uesc - acreditam em Papai Noel.

JORNAL AGORA SOB CENSURA

A coordenadoria Regional de Polícia sediada em Itabuna, resolveu incorporar uma das práticas mais nefastas do PT: a censura.
Os seguidores de Wagner e cia, proibiram o acesso de jornalistas do Jornal Agora, de Itabuna, no Sul da Bahia, às informações policiais.

A ordem foi dada pela delegada Katiana Amorim, segundo ela cumprindo ordens do coordenador-chefe, delegado Moisés Damasceno.
O fato se deu em decorrência do Jornal Agora ter publicado críticas à incompetência policial e à insegurança que campeia na Bahia, notadamente em Itabuna, onde cresce assustadoramente o número de mortes ( 61 em 4 meses e meio); um número alarmente de assaltos, furtos e roubos e a dissiminação por toda a cidade das bocas de fumo.

A coordenação de polícia em Itabuna resolveu exercitar a Censura, em decorrência da impossibilidade de apresentar números minimanentes aceitaveis no combate ao crime.
A elucidação de crimes (de todos os matizes) só acontece por obra e graça do acaso, nunca por investigação policial e científica.

Para esconder a incompetência, CENSURA.
Só tem acesso as informações de policia, aqueles que - antecipadamente - se comprometem a divulgar os fatos "preservando a imagem da polícia". Trocando em miúdos, sem comentários sobre a incompetência policial e governamental.

Morre Jorge Eduardo

Essa é o tipo de notícia que damos à nossa revelia. Itabuna perde um dos seus maiores profissionais de rádio; comentarista, noticiarista, um ético dentro da profissão. 
Jorge Eduardo nos deixou na noite de ontem (17), às 22:10, segundo nosso companheiro Nadson Monteiro, traido por seu coração no Hospital São Lucas.
Grande filho, que diga dona Maria, também já no andar de cima, pai, amigo... é dificil falar das qualidades de "Porquinho" carinhosamente como ele era chamado por seus amigos mais intimos e familiares.
Por ser dificil falar das qualidades do nosso querido, Jorge Eduardo, ficamos por aqui, com a frase do nosso também irmão e amigo, Vily Modesto, que disse hoje nos microfones da rádio Jornal ao nosso companheiro Ribamar Mesquita que "Jorge era uma pessoa especial".
O seu corpo está sendo velado na Mortuária Santa Fé, e o sepultamento ocorrerá às 14:00 horas, para o Campo Santo, da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna.
Veja aqui parte de sua história, quando o entrevistamos, ano passado:  
 
Jorge Eduardo um grande comunicador
Filho de Maria José Almeida da Silva e José Cresenço dos Santos ambos já falecidos, o radialista Jorge Eduardo da Silva se tornou um dos comunicadores mais respeitados da região cacaueira devido a sua segurança no microfone e postura ética dentro da profissão.

Onde nasceram seus pais


Seus pais, filhos das terras grapiúnas; José Cresenço nasceu no município de Floresta Azul, na Fazenda Fuxico Localidade essa que pertencia ao seu pai, Coronel Wenceslau, avô de Jorge Eduardo. Já a mão de Jorge Eduardo, Maria José nasceu no município de Barro Preto, Fazenda Providência. Por motivo do coronel Wenceslau, avô de Jorge, ter outra fazenda na região da Jussara, Barro Preto. “No vai e vem”, Crescenço, na companhia do Coronel Wenceslau, conheceu a jovem Maria José, filha do senhor Dezinho e D. Marietinha, daí, conta Jorge Eduardo, surgiu o enlace matrimonial “e estamos aqui” ressalta, Disse que o seu avô deixou Floresta Azul e veio morar (toda família) em Barro Preto. Em Floresta Azul, Jorge Eduardo ainda tem muitos parentes remanescentes da Fazenda Fuxico que há tão pouco tempo pertencia a Salvinho, que foi prefeito de Floresta Azul e veio a falecer recentemente.

Nascimento de Jorge Eduardo

Conta Jorge que ele nasceu em Itabuna no ano de 1952 na Maternidade do Hospital Santa Cruz, através de do grande médico Corbiniano Freire, quando D. Maria ficou no hospital por cinco dias, vinda às pressas de Barro Preto, pois o parto era de risco. Quando eu nasci, meus pais ainda moravam naquela cidade, recém casados. Como o irmão, mais velho da família, ainda nasceram: Hermano, Carlinhos (músicos) residentes em Itabuna, e Rosângela Rose Santos, que há dez anos reside, em Dallas, Estados Unidos. “Queremos aqui destacar de que Hermano e Carlinhos herdaram a criatividade e a sensibilidade do meu pai, como grandes cantores e instrumentistas, principalmente com as cordas, pois meu pai Crescenço cantava e tocava um violão como ninguém, diz Jorge desejando um bom lugar de seu pai perto de Deus!

Suas primeiras escolas...


Com onze anos de idade, já estudando em Barro Preto, Jorge lembrou que a sua primeira professora e de seus irmãos, foi a senhor Ludite, quando seus pais resolveram lhe trazer para estudar em Itabuna para fazer o ginásio na Escola Monteiro Lobato do professor Everton Chalub; “neste colégio tomei muitos bolos de palmatória; também quem estudou e apanhou aprendeu, não aprendeu quem não quis” diz Jorge, lembrando o grande ensino e os bons tempos da época. Seguindo os conselho do professor Chalub, concluindo o quarto ano primário, fez a tradicional “admissão” para ingressar no Ginásio. Passou a estudar no Colégio Estadual de Itabuna, que ainda estava em obras, quando lembrou do mini-zoológico da Colônia Nosso Lar; “que era uma coisa fantástica!” diz Jorge.

Sem onda de cursinhos


Lembra também de que naquela época, o colégio ainda sem muro era dominado pelo barro vermelho, principalmente no campo de futebol, onde eram realizadas grandes peladas (Babas) dos alunos. “Os alunos que estudavam e depois faziam o vestibular passavam direto, sem essa onda de cursinhos que existe agora, a gente passava direto para as faculdades (Fespi); o ensino público era ensino público e de primeira qualidade... não sei o que aconteceu!” protesta Jorge. Enfatiza que a maioria dos médicos de Itabuna passou pelo o ensino do Colégio Estadual e hoje são excelentes profissionais não devendo nada para os grandes centros e, como exemplo cita, os nomes de: Vandick Rosas, Isac Ribeiro, Humberto Barreto, José Henrique que foram meus colegas de sala, além de muitos outros; “aquilo que era ensino público!” ressalta.

Conclusão do 2º Grau


O radialista Jorge Eduardo se refere aos 50, 60, 70, quando o Colégio Estadual era considerado modelo no sul da Bahia, nos mesmos estudamos lá, e ingressamos diretor na Faculdade, no ano de 1978, quando o Colégio ainda tinha um grande padrão de educar. Do Colégio Estadual, Jorge Eduardo ainda não concluindo o ginásio, foi para o Instituto Municipal de Educação, (IME), hoje IMEAN, sendo o diretor Renan Silvio Santos. Neste colégio Jorge Eduardo fez dois anos de contabilidade e parou de estudar, retornando dez anos depois, em 1982, já no Rádio, concluiu o segundo grau no Colégio Comercial de Itabuna, mas não quis fazer o vestibular.

Família chega a Itabuna


Em 1965 toda a família chega a Itabuna e foi residir na extensão da Avenida do Cinqüentenário, em casa alugada que pertencia a mãe do taxista Wellington Pastor.

Ingresso no rádio


No rádio, o ingresso aconteceu quando tinha 18 anos de idade, no dia 13 de abril, de 1970, dia em que sua mãe fazia aniversário – diz Jorge - através do diretor da Rádio Difusora Sul da Bahia, Heraldo Duque Pinto, que era um grande amigo da família.

Deputado Paulo Nunes


A emissora pertencia ao Deputado Estadual, Paulo Nunes, nesta época, diz Jorge, ele só queria saber de estudar, jogar bola, namorar e curtir os cinemas de Itabuna (Catulúnia, Marabá, Plaza, Itabuna e Oáses), de manhã, tarde e noite!

Apresentado a David Peixoto


Jorge Eduardo foi apresentado a David Peixoto, que era chefe do setor técnico da emissora. Iniciou sua futura profissão de comunicador, como operador de mesa, aprendendo a operar com Manoel Dias e Vitor Emanuel. Lembra também de que, nesta época, Rosito Dutra era locutor, e apresentava o programa “Momentos de Ternura”, Orlando Cardoso, que completou 48 anos de comunicador, recentemente, já tinha nove anos de Difusora.

Carteira assinada por Hercílio


No dia 18 de Maio de 1970, Hercílio Nunes, proprietário/diretor da Rádio Difusora Sul da Bahia, assinou sua carteira como Operador. “Mas, em 1974 solicitei a Hercílio Nunes para atuar como locutor e ele me autorizou”. Nesta época, diz Jorge, Heraldo Duque Pinto já tinha deixado à direção da emissora, e eu fui trabalhar a noite, ao lado do meu amigo Edvaldo Gomes. Daí, conta Jorge, aconteceu a sua chance de se torrar um locutor.

Novo locutor


Em 1978, a Rádio Difusora Sul da Bahia foi adquirida pelo empresário Nicácio Figueiredo, quando o radialista Lucílio Miranda Bastos, contratado como novo diretor, efetivou Jorge Eduardo como novo locutor. O novo profissional, já vinha acumulando as duas funções, foi quando o novo diretor contratou outro operador, e Jorge passou a apresentar um dos programas de maiores audiências do interior baiano “Central de Informações RD” produzido por ele, Lucílio Bastos, Joel Filho e Paulo (Índio) Lima, Jorge se tornou um grande radialista.

Rádio Jornal de Itabuna


Em 15 de outubro de 1980, saindo da Rádio Difusora, ingressou na Rádio de Jornal de Itabuna, naquela época sob o comando de Waldeny Andrade e Marilene Santos era considerada a maior audiência, e um emissora AM Modelo. Na rádio Jornal de Itabuna, antes pertencente a José Oduque e hoje ao Grupo Poli Rodas, Jorge Eduardo se consolidou como o maior noticiarista do rádio Grapiúna até os dias de hoje.

Vocação ao rádio


Sua vocação ao rádio nasceu desde criança devido ao seu avô, lhe colocar no colo para ouvi o Reporteresso, da Rádio Globo do Rio de Janeiro, através de um radio de marcar Mulard, que está com o comunicador até os dias de hoje. Outro fato também que contribuiu para Jorge se tornar um grande locutor, foi o costume de ouvi as novelas da Rádio Nacional, do Rio de Janeiro, e com muito orgulho ele cita as novelas da época: Jerônimo, o Herói do Sertão, Direito de Nascer e os Três Homens Sem Medo. “Sinto que esta vocação nasceu a partir daí, na minha infância”, destaca.

O rádio Philip

Jorge também lembra de uma passagem que ele e seus irmãos, entre 08 e 10 anos de idade, brigaram para tirar uma foto com um rádio Philip, depois de muita briga o rádio comprado por sua mãe, D. Maria, terminou, saindo na foto, em seu colo; “Ainda temos essa foto, que deve está com o meu irmão Carlinhos. Briguei para tirar a foto com o rádio em meu colo... Na foto estou com uma cara de “babaca”, até hoje meus irmãos Hermano e Carlinhos gozam de minha cara!” diz Jorge, relembrando um lindo passado.

Tempo de Rádio


No próximo mês de Maio, deste ano, Jorge Eduardo, o nosso querido “Porquinho”, completa 39 anos de um grande serviço prestado a Itabuna, dentro do rádio. Disse que só não vai consegui acompanhar Orlando Cardoso... E nós não sabendo explicar qual o mais velho do rádio em Itabuna; se Orlando Cardoso, Rosito Dutra ou Vily Modesto. Mas como os três ainda serão entrevistados por Expressão Livre, em breve vamos descobrir. Porém podemos afirmar que Vily Modesto já tem mais estrada no caminho do rádio. Será?

Família

Jorge Eduardo constituiu sua família dentro do rádio, com apenas 22 anos de idade, casou-se com a jovem Maria Raimunda Santos Teixeira, de onde nasceram Briane de Cássia de 16 anos, depois Camila de Cássia a mais velha. Infelizmente aos 40 anos de idade sua companheira os deixou, acometida de um infarto fulminante, o que deixou a sua filha mais nova com apenas quatro anos de idade, e Jorge se tornou um pai/mãe.

Residência


Residindo por muito tempo nos bairros da Mangabinha, Banco Raso, Avenida Princesa Isabel, hoje em sua própria casa, Jorge mora no bairro Jardim Primavera, há cerca de 27 anos, onde, criou sua filhas e se tornou uma grande liderança de sua comunidade.

Amigos


Falando de amigos disse que são tantos que não dava para enumerá-los, mas, mesmo assim destacou, a nossa amizade, consolidando-a, no antigo Diário de Itabuna e Rádio Jornal, um dos maiores complexo de comunicação que a região já teve na época da fartura do cacau, localizado na Praça José Bastos. Não deixando de citar: Lucilio Bastos, Orlando Cardoso, Juarez Vicente, Vily Modesto, Valdeny Andrade e Ramiro Aquino, em nome de todos os seus demais colegas de rádio e de jornal, onde seu ciclo de amizades é enorme em todo o Estado.

Conselho aos novos radialistas

“Estudar, estudar e estudar, se aperfeiçoar no Português, pois estamos todos os dias ouvindo muitas asneiras; tais como: “agente vamos”, “O povo foram”... O radio é o meio de comunicação mais instantânea que se existe, até hoje, o mais ouvido! Nas críticas, ouça os dois lados, não ouça só um... que ai, você vai se sair muito bem... esqueça o “jabá!”, infelizmente tem muito... esqueçam isso, esqueçam isso, pelo o amor de Deus! Trabalhe pelo seu salário digno, faça um trabalho profissional acima de tudo, seja ético”. Finalizou Jorge.

Joselito dos ReisFrase do mês:
“A água é o sangue de Deus, não a maltrate!” jr
Adicione nosso blog: expressaounica.blogspot.com
Fale conosco: reislito@hotmail.com