Lixo

Itabunense seja educado não jogue lixo na rua e nem no Rio Cachoeira. A Natureza agradece!

sábado, 9 de abril de 2011

CHACINA NO RIO, OBRA DE TERRORISTA?

Julio Severo
O que foi que matou 12 crianças numa escola do Rio? Foi uma arma? Foi a violência? Foi o preconceito?
De acordo com o jornal Zero Hora, o autor da chacina, Wellington Menezes de Oliveira, tinha preferência pelo islamismo e era fascinado pelo ataque terrorista islâmico contra os EUA em 11 de setembro de 2001.
O sonho dele? Jogar um avião no Cristo Redentor.
Qual foi sua motivação principal para chacinar tantas meninas? Ele era homossexual e odiava mulheres? Embora ele tivesse no passado sido testemunha-de-jeová, religião herética não aceita por católicos e evangélicos, e a confusão religiosa fosse patente nele, é inegável, porém, a influência religiosa predominante que inspirava sua violência e sonhos de destruição por meio de um avião.
As testemunhas-de-jeová, por mais heréticas que sejam, não têm nenhum histórico de usar aviões para ataques terroristas contra prédios. Nenhum dos terroristas que atacaram os EUA há dez anos era dessa religião. Mas todos eles eram muçulmanos.
O próprio primo do chacinador afirmou que “ele se dizia fundamentalista muçulmano e treinava pilotar aviões, num jogo de computador.”
E o jornal Zero Hora confirma: “Por ter deixado uma longa barba crescer, alguns vizinhos o chamavam de Bin Laden”.
Evidentemente, os progressistas e outros marxistas taparão esse escândalo com outras explicações. Tudo, menos terrorismo islâmico.
E os pais e mães que estão sofrendo nunca mais poderão recuperar seus filhos queridos. Não porque simplesmente a escola estava sem proteção, mas porque o Brasil está entregue a uma covarde ideologia politicamente correta, que ordena a saída das escolas de Deus e seus valores e introduz uma tolerância que traz homossexualismo, em nome da diversidade sexual; islamismo, em nome da diversidade religiosa; e bruxaria africana, em nome da diversidade cultural.
Tira-se Deus, e entra todo tipo de ideologia de tolerância para o mal. Entra o próprio demônio.
Nos EUA, depois que se proibiram orações e leitura da Bíblia nas escolas, essas instituições se tornaram palcos de chacinas, um show macabro que parece que nunca mais vai acabar.
O Brasil acabou de entrar no show macabro, com a ajuda de um homem inspirado pelo terrorismo islâmico.
Como deter as chacinas? Colocando policiais nas escolas? E quando surgir o problema de um policial fanático islâmico atacando as escolas? Aí recorreremos ao quê?
O que o Brasil precisa é buscar a Deus. O Brasil precisar chutar a doutrinação homossexual para fora das salas de aula. O Brasil precisa chutar a doutrinação de prostituição para fora das escolas. E precisa enxotar a bruxaria também.
O maior símbolo do Rio de Janeiro é o Cristo Redentor, que é odiado pelo diabo. Talvez fosse por isso que o terrorista islâmico brasileiro o quisesse destruir.
Convidemos o Cristo Redentor — não o de pedra, mas o Vivo — para entrar em nossas escolas. Ele é a nossa única esperança e proteção.
Atualizado em 9 de abril de 2011, às 8h45min.
Fonte:http://juliosevero.blogspot.com/

sexta-feira, 8 de abril de 2011

Papa se diz 'desolado' com massacre em escola do Rio

RIO DE JANEIRO — O Papa Bento XVI se disse "desolado" nesta sexta-feira, em uma mensagem de solidariedade às famílias dos doze estudantes mortos a tiros em uma escola por um jovem de 23 anos e a toda a população do Rio de Janeiro, informou o arcebispo do Rio.

"Profundamente desolado por esse dramático atentado contra crianças indefesas (...), o Santo Padre deseja exprimir sua solidariedade e levar seu conforto espiritual às famílias que perderam seus filhos e a toda comunidade escolar", disse o papa nesta mensagem do Vaticano dirigida ao arcebispo do Rio, Monsenhor Orani Joao Tempesta.

Nesta sexta-feira, onze alunos ainda estão hospitalizados, entre eles quatro em estado grave. As vítimas mortas ontem em Realengo foram enterradas em três cemitérios da cidade.

O papa fez "votos pela rápida recuperação dos feridos" e "convidou todos os cariocas (...) a dizer não à violência que constitui um caminho sem futuro e a procurar construir uma sociedade fundamentada na justiça e no respeito ao próximo, sobretudo, aos mais fracos e indefesos.

Retrato da violencia no Brasil

Não queremos nem comentar, em respeito a todas as familias brasileiras, principalmente aquelas que perderam seus filhos.  Ai está o retrato do mau, que em nome de Deus, não pode vencer o bem!

Reflexo da miséria,  falta de fé, distruição de renda e educação. Fora a corrupção! Só dá nisso!


Presidente garante a Emasa não vai parar

O presidente da Emasa, Alfredo Melo em radio AM (Programa 640) apresentado pelo radialista Orlando Cardoso na manhã de hoje (08) através da Rádio Difusora Sul da Bahia. e ao meio-dia no programa “Alerta Total” transmitido pela TV Cabrália, e apresentado por Tom Ribeiro, disse que a notícia de greve na Emasa, não passa de boatos, enfatizando que essas pessoas só querem levar o pânico a população de Itabuna.

“Em nenhum momento a nossa empresa parará de fornecer água a nossa população, ou paralisar os seus serviços. Essas pessoas, que se dizem sindicalistas, só estão fazendo esse tipo de coisa porque foram demitidos por justa causa pela Emasa, além de não terem nenhuma representação legal”.

Informou também que neste verão, devido ao novo sistema de água que foi implantado, a empresa não teve problema de abastecimento de água, pois sua vazão foi ampliada em torno de 50%.

“Hoje não temos problema de abastecimento de água, só queixas de estouro de rede, ou reclamação de rede de esgotamento sanitário, obstruída ou quebrada, setor, este, que a empresa já tem projeto desenvolvido, e, que a obra será iniciada pelos bairros, conseqüentemente, levando menos poluição para o Rio Cachoeira; também uma grande preocupação do Prefeito de Itabuna, Capitão Azevedo”.    

Foto: Alex de Souza     

Prefeitura conclui visita a famílias contempladas com Minha Casa Minha Vida


A Divisão de Combate à Pobreza da Secretaria Municipal de Assistência Social concluiu, esta semana, a visita domiciliar que fez às 20 mil famílias cadastradas para o projeto Minha Casa Minha Vida. O trabalho feito por uma equipe de mais de 20 pessoas entre estagiários e funcionários da divisão, foi iniciado em abril de 2010 e concluído este mês. 

Segundo o diretor da divisão, Márcio Abreu, houve atraso na conclusão dá pesquisa devido a uma série de dificuldades como endereços inexistentes ou incompletos, famílias que se mudaram ou que eram desconhecidas na comunidade. 

“Foi um trabalho desgastante para as equipes que, em muitos casos, tiveram que retornar ao mesmo local várias vezes”, relata o diretor, lembrando que a visita domiciliar foi necessária porque permitiu verificar se as informações repassadas são verídicas e se as familais se encaixam no perfil exigido pelo programa. 

Márcio disse que a previsão é de que sejam construídas cinco mil novas casas em Itabuna. Desse total, 1360 já estão em fase final de construção e deverão ser entregues nos próximos meses. Outras mil unidades estão em processo de assinatura de contrato, junto entre a Prefeitura e a Caixa Econômica. 

O diretor anunciou ainda, que será aberto um novo cadastro para as familais que ainda não foram contempladas. As informações e a ficha de inscrição estarão disponíveis no site oficial da Prefeitura (www.itabuna.ba.gov.br), a partir do dia 15 deste mês. As inscrições podem ser feitas diretamente pela internet.

Já as familais beneficiadas do Programa Bolsa Família e que não tem acesso à internet podem se dirigir à Casa do Bolsa Família, no bairro São Caetano, nos dias 18, 19 e 20 para efetuarem as inscrições.

Por: Rosi Barreto – Fotos: Vinicius Borges  - 08/04/2011
www.itabuna.ba.gov.br 

PT: “Agnelli, você está demitido”

Donald Trump pede a Obama para que mostre sua certidão de nascimento. No império, um homem privado peita a autoridade máxima. Aqui, o petismo ergue a mão intimidadora e pede o desterro do empresário que não segue ordens.

O empresário Donald Trump é famoso entre nós por ter criado o programa O Aprendiz. O empresário Roger Agnelli é famoso entre nós por ter erguido a Vale e irradiado sua glória para além do Brasil.

Como recompensa, ele foi banido pelo PT.

A privatização levou a Vale a efetuar investimentos numa escala nunca antes atingida pela empresa, graças à eliminação da necessidade de partilhar recursos com o Orçamento da União, o que, naturalmente, se refletiu em elevação da competitividade da empresa no cenário internacional e permitiu a série de aquisições necessárias para o crescimento do conglomerado minerador a nível internacional.

Isso quem diz não sou eu. Quem o diz, palavra por palavra, é o deputado José Guimarães, do Partido dos Trabalhadores, que foi relator na Comissão de Assuntos Econômicos da Câmara da proposta de plebiscito sobre a reestatização da Vale, apresentada em 2007 pelo deputado Ivan Valente (PSOL). Sigamos com o relatório do petista Guimarães:

"Após a privatização, e em conseqüência do substancial aumento dos preços do minério de ferro, a Vale fez seu lucro anual subir de cerca de 500 milhões de dólares em 1996 para aproximadamente 12 bilhões de dólares em 2006. (...) De fato, em 2005, a empresa pagou 2 bilhões de reais de impostos no Brasil, cerca de 800 milhões de dólares ao câmbio da época, valor superior em dólares ao próprio lucro da empresa antes da privatização."

Agora Guimarães vai falar para a classe trabalhadora: "O número de empregos gerados pela companhia também aumentou desde a privatização - em 1996, eram 13 mil e, em 2006, já superavam mais de 41 mil. Ademais, a União, além de ser beneficiária desses resultados através do BNDES, de fundos de previdência de suas estatais e de participação direta, ainda viu a arrecadação tributária com a empresa crescer substancialmente".

E por que mencionar Donald Trump? É o seguinte. Ele está desafiando Barack Obama a exibir sua certidão de nascimento e provar que é cidadão americano, portanto apto ao cargo de presidente. Você não viu a notícia no Jornal Nacional, mas o fato é que Obama não apresentou o documento durante a campanha e tampouco depois de eleito.

No império, um homem privado peita a autoridade máxima. Aqui, o petismo ergue a mão intimidadora e pede o desterro do empresário que não segue ordens. "Agnelli, você está demitido". E nossos doutos analistas e a patriótica oposição propositiva acham muito natural que um partido se aposse de uma empresa. Por isso os Estados Unidos são os Estados Unidos, e por isso o Brasil é a Venezuela.

Publicado no jornal O Estado.

Bruno Pontes é jornalista -

quinta-feira, 7 de abril de 2011

Câmara do Fundeb aprova contas da Educação itabunense

         Por unanimidade dos seus membros e sem ressalvas, a Câmara do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), órgão vinculado ao Conselho Municipal de Educação (CME) aprovou as contas da Educação de Itabuna. O parecer conclusivo da Câmara foi votado na última segunda-feira, dia 4, durante reunião ordinária do colegiado realizada na sede do CME.

        As contas, que incluem apresentação de balancetes mensais consolidados com relação de despesas, extrato bancário mensal, documentos de Distribuição de Arrecadação Federal (DAF), comprovantes de pagamentos efetuados no período e de transferências de valores entre contas, vinham sendo analisadas pelos conselheiros relatores da Câmara do Fundeb desde o último dia 25 de março, quando foi convocada reunião extraordinária do órgão.

Os documentos, disponibilizados pelo Departamento de Contabilidade da Prefeitura de Itabuna, foram encaminhados ao CME pelo secretário municipal da Educação, Gustavo Joaquim Lisboa, atendendo aos dispositivos da Lei 11.494/07 e a Resolução do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) nº 1251/07, no que cabe ao acompanhamento, fiscalização e análise de prestação de contas pela Câmara do Fundeb.

Parecer

No parecer, os relatores destacam que, em relação ao balancete anual todo o recurso do Fundeb no valor de R$ 33.861.159,37 (trinta e três milhões, oitocentos e sessenta e um mil, cento e cinquenta e nove reais e trinta e sete centavos), foram utilizados para pagamento da folha líquida de pessoal do magistério (60%), de técnicos administrativos e de apoio (40%), acrescido de transferências de recursos próprios do município no valor de R$ 1.542.123,21 (um milhão, quinhentos e quarenta e dois mil, centro e vinte e três reais e vinte e um centavos) para complementação da folha. 

Quanto aos extratos bancários, os relatores concluíram que eles não demonstram nenhuma divergência em relação ao apresentado nos balancetes e na arrecadação federal transferida à conta do Fundo. “Após análise das contas do Fundeb do ano de 2010 mês a mês, sendo observado o balancete, os processos de pagamentos e os demais componentes necessários para tal analise, não encontramos dissonância entre os valores apresentados e os valores encontrados”, destaca o documento. Além das contas do Fundeb, a Câmara também aprovou as contas do Programa Nacional de Apoio ao Transporte Escolar (PNATE) também referente ao exercício de 2010. 

A Câmara do Fundeb é presidida pela professora Elionai Santos de Santana Farias, representante dos diretores das escolas públicas municipais, tendo como vice-presidente o professor Jackson Farias dos Reis, que representam os pais da Rede Estadual de Ensino. Atuaram como conselheiros relatores na análise das contas do Fundeb a representante dos professores da Rede Municipal, professora Inês Sobrinho da Silva Pereira; a representante da SEC, Maria do Carmo de Almeida Mariano; e os representante dos alunos da Rede Municipal, os estudantes Mário Nascimento Filho e Joab Paiva Pereira.

Por:Erivaldo Bomfim - Foto: Vinícius Borges – 07/04/2011
www.itabuna.ba.gov.br 

quarta-feira, 6 de abril de 2011

Prefeito Azevedo homenageado com a Comenda São José

        O prefeito Capitão Azevedo foi um dos homenageados com a Comenda São José, concedida pela Diocese de Itabuna a 11 personalidades que mais se empenharam para a concretização da restauração da Igreja Catedral de São José. A condecoração foi entregue pelo bispo diocesano Dom Ceslau Stanula na noite da última terça-feira, dia 5, durante a Solene Concelebração Eucarística que marcou a reinauguração do mais importante templo católico itabunense. 

Prefeito Azevedo
       Azevedo, que participou da celebração litúrgica ao lado de secretários e assessores municipais, após receber a homenagem, agradeceu ao bispo e ao pároco da Catedral, Moizés de Souza, pela determinação e coragem de abraçarem uma causa tão desafiadora que foi a restauração da Igreja-Mãe da Diocese. O prefeito destacou o fato de os presbíteros terem conseguido reunir forças expressivas da comunidade em torno de um único objetivo.

        “Além do próprio desafio de tocar uma obra de restauração de um templo tão grandioso, o senhor bispo e o padre Moizés conseguiram com que homens e mulheres, seguindo o exemplo da grande benfeitora Maria Laura Conceição – Dona Senhora, adotassem também uma causa tão nobre com total desapego financeiro”, concluiu Azevedo.
       
Interior da Catedral
A Catedral
Construída entre o final da década de 50 e início dos anos 60, a Igreja Matriz de São José foi a primeira grande obra do arquiteto grapiúna e professor da Escola de Arquitetura da Ufba, Diógenes Almeida Rebouças. Considerada como a primeira Catedral brasileira projetada em linhas modernas, o templo foi edificado graças à Campanha do Cruzeiro idealizada e coordenada por Dona Senhora, que reunia senhoras e moças da sociedade itabunense.

        Ainda durante a Celebração Eucarística de reinauguração da Catedral, o bispo diocesano concedeu a Placa Laura Conceição a diversos benfeitores e empresas que contribuíram com a restauração da Igreja, dentre eles o secretário municipal de Indústria e Comércio, Carlos Leahy; o engenheiro Francisco França; a Faculdade de Tecnologia e Ciências (FTC); Tintas Coral; e a Vedacit. Também foram homenageadas algumas remanescentes da Campanha do Cruzeiro, a exemplo da senhora Hercília Dantas, que atuou como tesoureira na iniciativa.
Por: Erivaldo Bomfim - Foto: Divulgação – 06/04/2011
www.itabuna.ba.gov.br