Lixo

Itabunense seja educado não jogue lixo na rua e nem no Rio Cachoeira. A Natureza agradece!

sábado, 5 de fevereiro de 2011

IBAMA NÃO APROVA PORTO NA PONTA DA TULHA

Essa passagem pode acabar! Com a chegada da Ferrovia e Porto!
O Blog do Gusmão, com exclusividade, obteve a informação de que a Diretoria de Licenciamento do IBAMA negou a licença ambiental para a construção do porto de exportação de minério de ferro, da empresa Bahia Mineração (Bamin).
.
Fontes confiáveis deste blog, residentes em Brasília, tiveram acesso à notícia através de membros da alta cúpula do IBAMA. A ministra do meio ambiente, Izabella Teixeira, já tem conhecimento da decisão.
.
O projeto analisado seria construído no distrito de Ponta da Tulha (Ilhéus), numa área protegida pela legislação ambiental e tombada pela UNESCO, como posto avançado da reserva da biosfera da Mata Atlântica.
.
A proposta é uma afronta à lei de proteção da Mata Atlântica, uma vez que ameaçaria várias espécies da fauna e da flora, em risco de extinção.
.
A Diretoria de Licenciamento do IBAMA solicitou aos proponentes outro projeto, que indique outro local para a construção.



Essa informação também foi publicada no site: politicossuldaBahia.com.br 
.

Amazônia está mais seca, dizem cientistas

De acordo com pesquisa, em 2010 a maior floresta tropical do mundo teve ainda menos chuvas do que em 2005


Em 2005, a Floresta Amazônica passou por uma seca tão severa que foi classificada como um fenômeno raro, dos que costumam ocorrer uma vez a cada cem anos. Entretanto, apenas cinco anos depois a região teve uma seca ainda mais forte, de acordo com o estudo feito por cientistas do Brasil e do Reino Unido, publicado nesta sexta, dia 4, na revista Science.

De acordo com a pesquisa, em 2010 a maior floresta tropical do mundo teve ainda menos chuvas do que em 2005. Como secas severas são danosas à vegetação, menos carbono foi capturado no ano passado.
Paulo Brando e Daniel Nepstead, do Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia, e colegas analisaram dados climáticos, pluviométricos e de perda de vegetação para concluir a repetição do “evento único no século”.

Segundo os pesquisadores, a Floresta Amazônica costuma atuar fortemente no sequestro de carbono atmosférico, mas secas podem reverter essa característica. Em 2005, estima-se que a morte das árvores resultante da seca tenha promovido a liberação, nos anos seguintes, de cerca de cinco bilhões de toneladas de dióxido de carbono na atmosfera. Em um ano normal, a floresta sequestra cerca de 1,5 bilhão de toneladas de CO2.

Para efeito de comparação, o valor é quase toda a emissão de CO2 a partir de combustíveis fósseis nos Estados Unidos em 2009. Com mais árvores tendo morrido em 2010 do que em 2005, os cientistas destacam que muito mais carbono permaneceu na atmosfera e mais de cinco bilhões de toneladas ainda serão lançados em decorrência da morte de árvores.

Os autores ainda vão estimar o impacto da vegetação perdida em 2010 e apontam que a seca de 2005 pode ter impactado na gravidade da estiagem cinco anos depois.

Os resultados indicam que secas semelhantes e repetidas na região poderão ter impacto importante no ciclo global de carbono e, por consequência, no clima terrestre. Se tais secas intensas se tornarem frequentes, apontam os autores, os dias da Amazônia como equilibrador natural das emissões de carbono promovidas pelo homem podem estar ameaçados.

O artigo The 2010 Amazon Drought, de Simon Lewis e outros, pode ser lido por assinantes da Science.

sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

Sindicatos e governo não chegam a acordo

  04/02/2011 14h03

Após três horas de reunião, o governo federal e as centrais sindicais não chegaram a um acordo sobre o reajuste do salário mínimo.

Ao final da conversa, representantes de entidades acusaram a presidente Dilma Rousseff de romper a política iniciada por Lula. O Executivo, por sua vez, não descartou apresentar uma proposta ao Congresso mesmo sem um acordo.

Os ministros Guido Mantega (Fazenda), Carlos Lupi (Trabalho) e Gilberto Carvalho (Secretaria-Geral da Presidência) não abriram mão do valor fixado pela presidente, de R$ 545.
Diante disso, as centrais sindicais, que, antes da reunião admitiam negociar um valor abaixo dos R$ 580, recuaram.

"Se eles não sobem [o valor] de lá, nós não descemos daqui", disse o presidente da CUT (Central Única dos Trabalhadores), Artur Henrique.
Os sindicalistas deixaram a reunião fazendo críticas a Dilma. O deputado Paulinho da Força (PDT-SP), presidente da Força Sindical, disse que a presidente está repetindo a política econômica de Fernando Henrique Cardoso (PSDB) e indo contra o legado de Lula.

"Quem manda é o mercado e isso é política do Fernando Henrique Cardoso. Eu saio dessa reunião frustrado. A impressão que tenho é de que o governo quer trocar a correção na tabela do imposto de renda pelo valor do salário mínimo, e isso não vamos aceitar", disse.

Mantega rechaçou o discurso do deputado. "Não tem rompimento nenhum. O governo está oferecendo o valor correto, nos critérios definidos por acordo 2007, assinado pelo governo e esses sindicalistas que estavam aqui", afirmou.

Segundo o ministro da Fazenda, o governo quer manter o acordo firmado há quatro anos. Ele estabeleceu uma política de valorização do salário mínimo, com correção baseada na inflação mais a variação do PIB de dois anos anteriores. 'E isso equivale rigorosamente a R$ 545', disse Mantega.

Gilberto Carvalho afirmou que, esmo sem acordo com as centrais, o governo levará a discussão para o Congresso Nacional. 'Aí vamos trabalhar junto à base aliada e à oposição para mostrar a correição dessa proposta'

O bicho vai pegar !!!


Durante a posse dos deputados estaduais eleitos, os holofotes do mundo político se voltaram para o prestígio conquistado por Roberto Barbosa junto ao ministro das Cidades, Mario Negromonte-, o todo poderoso do Governo Dilma. Sua presença no gabinete de Mario Filho, que assume pela primeira vez como deputado, causou burburinho nos corredores da Assembléia da Bahia.

Para a surpresa de todos, Roberto vinha articulando o fortalecimento do Partido Progressista junto ao ministro, e para isso contou com o apoio de Jabes Ribeiro, secretário estadual do partido.

 Segundo fontes ligadas a Roberto Minas Aço, como é mais conhecido, a estratégia montada pelo empresário para uma possível disputa pela prefeitura de Itabuna, vai causar muita dor de cabeça aos prefeituráveis de plantão. “Hoje o PP é considerado como a grande “vitrine” da política baiana, pois além de ser da base do Governo Wagner, conta com um ministério de grande relevância na conjuntura atual”. 

 “Além disso, o ministro respeita as considerações de Roberto Barbosa, não só pela sua experiência como administradora, mas principalmente pelo fato do empresário vir construindo um projeto administrativo para Itabuna que tem o seu inteiro aval”. O bicho vai pegar!!!

Especial de Salvador por Olinto Baracat

Governo e empresários iniciam discussão sobre Código Tributário


Comércio de Itabuna, o maior do Sul da Bahia
        Representantes do governo municipal e de segmentos empresariais chegaram a um consenso, numa reunião realizada no auditório da Câmara de Dirigentes Lojistas de Itabuna, para a revisão do Código Tributário aprovado pelo Legislativo e sancionado pelo prefeito Capitão Azevedo. A proposta visa a correção de possíveis distorções e ao mesmo tempo incorporar sugestões do empresariado.

        A reunião contou com as presenças dos secretários da Fazenda, Geraldo Pedrassoli; de Administração e Planejamento, Maurício Athayde; de Indústria, Comércio e Turismo, Carlos Leahy, além da representante da procuradoria-geral do município Nayana Carvalho, do diretor do Departamento de Tributos, Emerson Carvalho, dirigentes da CDL, Associação Comercial e Empresarial de Itabuna, Sindicom, Sindicontasul, Ampesba e os vereadores Claudivane Leite –relator do Código Tributário – e Wenceslau Júnior.

        O debate serviu inclusive para definir uma agenda de negociações que começa na segunda-feira, às 13 horas, com um encontro entre lideranças empresariais e contabilistas com o secretário da Fazenda, Geraldo Pedrassoli, em seu gabinete no Centro Administrativo Firmino Alves.

        Na reunião da CDL os empresários manifestaram sua preocupação com a implementação do novo Código Tributário, que teria gerado distorções com aumentos elevados de algumas taxas e tributos. O grupo sugeriu emendas com relação à Taxa de Fiscalização e Funcionamento (TFF), cujo prazo para pagamento foi estendido pelo prefeito Capitão Azevedo para 28 de fevereiro.

        O debate incluiu ainda a Taxa de Licença e Localização (TLL), os critérios da Contribuição de Iluminação Pública (CIP), o Imposto de Transmissão de Bens Imóveis e até mesmo o IPTU, que não deverá sofrer nenhuma alternação no exercício de 2011 e terá um ajuste de 5,63%, corrigido pelo IPCA do ano passado.
        Para Geraldo Pedrassoli a reunião foi proveitosa e serviu para abrir um canal permanente de negociação entre o governo e os empresários. 

        Em relação aos pontos considerados polêmicos ficou decidida a formação de uma comissão de empresários para acompanhar as alterações sugeridas por eles e que seriam encaminhadas posteriormente ao legislativo para o seu aperfeiçoamento. 

        O diretor de Tributos, Emerson Carvalho avaliou que buscar uma solução de consenso atende ao que foi sugerido pelo prefeito Capitão Azevedo, numa reunião de avaliação do Código Tributário realizada com a participação de secretários municipais e técnicos do governo.

Por:Kleber Torres Foto arquivo/web  
Leia mais:
www.itabuna.ba.gov.br 

Rogério Fialho concorre à presidência da Liga de Itamaraju

(Através de muito tumulto o empresário Fialho tem seu nome aprovado)
Empresário Fialho promete revolucionar o Futebol em Itamaraju
                                 Com uma Assembléia, muito movimentada e ordeira, após várias discussões, em reuniões anteriores, os organizadores da Comissão Eleitoral da Liga de Itamaraju, presidida por Natanael Araújo Santos, não tiveram nenhum trabalho, para a escolha dos nomes que concorreram à presidência da entidade desportiva biênio 2011/2012.

Com a definição, os 35 clubes, filiados a Liga irão escolher entre as chapas “Os clubes no poder, de fato, de ato e de direito” e “Unida vencerá com Itamaraju rumo ao Tri”. A primeira, presidida pelo atual presidente Luis Antonio Grillo tendo como vices: Leonardo de Jesus (1º vice) e Naftalino da Silva (2º vice) e a segunda chapa (oposição), encabeçada pelo empresário Rogério Fialho Alves (Rogério da Jumbo), tendo como vices Ademilton Pires de Oliveira, do Ponto do Eletricista (1º Vice) e Luiz Fábio Lopes Santos, proprietário da Minas Calçadas e atual Presidente da CDL (2º Vice), foram homologadas as chapas.

A assembléia aconteceu às 19h, na Escola Municipal Paulo Freire, Praça Castelo Branco e contou com a participação de 28 dos 41 clubes filiados a Liga de Futebol de Itamaraju. Dos participantes apenas um clube não podia votar porque tinha pendências junto á Liga. Ao todo são seis clubes nesta situação, impedidos de votarem por não participarem dos últimos eventos da Liga e estarem com a situação irregular.     
                            
Outro ponto bastante criticado pelo presidente da Comissão Eleitoral. Natanael foi quanto aos prazos, o Estatuto diz que são de três a seis dias, “seria mais conveniente que o edital fosse lançado numa segunda-feira sendo contabilizado os dias úteis da semana e não numa quinta-feira com encerramento na segunda, como foi”, questionou o que já tinha dito o candidato Fialho. 

Informações do site:Cocobongo.com.br

Ilhéus intensifica ações para melhorar sua malha viária

Ao participar de reunião com representantes de associações de produtores rurais de Ilhéus e da Cooperativa de Agricultura Familiar do Sul da Bahia (Coofasulba), o prefeito Newton Lima disse que embora geograficamente o município conte com mais de um mil quilômetros de extensão de estradas vicinais, o governo intensifica ações visando melhorar sua malha viária. Atualmente, ele assinou convênio com o Departamento de Infraestrutura de Transportes da Bahia (Derba) e com o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) para fazer manutenção periódica em estradas estaduais e federais que se encontram no território de Ilhéus.

Na oportunidade, o secretário de Infraestrutura (titular) e Ações Regionais (interino), Marconi Queiroz, explicou que além do município se encontrar com problemas econômicos e financeiros, uma das maiores dificuldades no momento é localizar na região de Ilhéus matéria-prima (cascalho) suficiente para atender a grande demanda no que diz respeito à permanente recuperação da malha viária local. Segundo ele, mesmo assim, a prefeitura vem trabalhando em diversas localidades rurais, a exemplo de Santo Antonio, em parceria com o Derba; em Acuípe de Baixo e na região de Itariri. Caso não haja mudança nas condições climáticas, nos próximos dias a frente de trabalho se desloca para o povoado de Búzios. Numa ação emergencial a equipe irá depois atender os agricultores da região de Sapucaeira.

Ao considerar de suma importância o encontro com representantes das associações de produtores rurais, o prefeito assegurou que reuniões dessa natureza visam tirar dúvidas quanto à questão de ações do governo em diversas localidades e ao mesmo tempo se buscar um entendimento sobre a problemática da malha viária de Ilhéus. Newton Lima reafirmou que a prefeitura tem inúmeros problemas deixados por gestões passadas e a principal delas é a financeira que tem dificultado a ampliação destes trabalhos.

Polo de hortifruticultura – Por sua vez, o diretor da Coofasulba, Gideon Farias, afirmou que cerca 30% da produção agrícola tem caminho certo: abastece principalmente as feiras livres, sacolões, supermercados e o restante é direcionado às Ceasas de Salvador, Rio de Janeiro, São Paulo, entre outros estados. E a prioridade da Coofasulba é transformar Ilhéus num polo de hortifruticultura.

A reunião contou com a presença do presidente da Câmara de Vereadores, Edivaldo Nascimento (Dinho Gás), do vereador Gilberto Souza (Bel do Vilela) e do presidente do Conselho do Desenvolvimento das Comunidades Rurais de Ilhéus e diretor da Coofasulba, Gideon Farias (Dero), além de representantes de associações de pequenos produtores rurais de Itariri, Santana, Santaninha, Búzios, Sapucaeira, Ribeira das Pedras, Repartimento, Parafuso, dentre outras localidades. 

Por: Maurício Maron
leia mais:

quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

Governo Municipal prorroga prazo para alvará de funcionamento

       A prorrogação do prazo de pagamento da Taxa de Licenciamento e Localização (TLL) para 28 de fevereiro foi anunciada, pelo prefeito de Itabuna, Capitão Azevedo, após uma reunião com os secretários da Fazenda, Geraldo Pedrassoli; da Indústria, Comércio e Turismo, Carlos Leahy e de Assuntos Governamentais e Comunicação Social, Carlos Burgos (que foi titular da Sefaz), além do diretor da BMZ Consultoria, Expedito Campônio, técnicos do governo e integrantes da procuradoria jurídica.

        Na agenda da reunião a regulamentação do novo Código Tributário e a polêmica gerada pela reclamação de empresários com relação aos valores do alvará de funcionamento, que em alguns casos tiveram seu valor ampliado em mais de 300%, mas com redução para alguns segmentos econômicos da indústria e do comércio. 

        A questão será objeto de uma nova reunião que acontecerá ainda hoje (3) à noite entre equipes da Sefaz e da Secretaria da Indústria, Comércio e Turismo e da Câmara Municipal para ouvir os dirigentes da CDL, Sindicom, ACI, Sindicontasul e Câmara Municipal, quando será discutida a proposta da criação de uma comissão paritária para apontar as alternativas que poderão ser implementadas na solução do impasse.

        Lembrando que o governo tem de buscar compreender a situação do contribuinte, o prefeito Azevedo ressaltou que há o interesse no caminho do entendimento e na implementação de uma política tributária justa: “O contribuinte nos cobra serviços públicos de qualidade e obras, mas também tem de participar do processo através do pagamento de tributos”, argumentou.

        Para o secretário da Fazenda, Geraldo Pedrassoli, a prorrogação do pagamento da TLL atende a uma reivindicação dos empresários e o governo municipal se dispõe a avaliar cada caso, para verificar possíveis erros: “Hoje, a discussão esteve centrada na questão da TLL e que vamos debater com os empresários”.

        Com relação ao IPTU, o governo ainda não discutiu o assunto, até porque o tributo não sofreu nenhuma alteração e no exercício de 2011 sofrerá apenas uma atualização monetária de 5,63%, que repõe apenas a inflação do ano anterior.

Por:Kleber Torres Fotos: Pedro Augusto  03-02-2011  

Leia Mais:
www.itabuna.ba.gov.br 

TURMA DO NINHO!

(JANTAR COM A TURMA DO NINHO NO CODORNA)
Essa turma não dá mole!

Na noite de terça-feira, 25, a "turma do ninho " esteve presente em um jantar, no Restaurante Codorna no bairro Góis Calmon. Mais uma vez aconteceu o tradicional jantar dessa turma que aproveita seus integrantes para debaterem  os problemas de nossa cidade, principalmente o político. Esse encontro é programado para toda  última semana de cada mês.

A discussão Marino e Hermano
Na oportunidade, estiveram presentes as seguintes personalidades: Marino Alves de Moura (ITAFRIO); Antonio Barbosa Filho (contabilista proprietário da SETEC); Adeildo Marques Santos (Presidente do Clube do Poeta Sul da Bahia e jornalista); Waldir Catarino Menezes (empresário e administrador de empresas); Hermano Santos (músico,  cantor das noites Itabunense e administrador de empresas); Nilton de Andrade “Churrasgo” e finalmente o empresário responsável pelas mais qualificadas marcas de parabólicas Alberto Cardoso  Gusmão. 

Como sempre, nos acertos de contas para pagar, foi aquele vexame!  Marino, como sempre, exigiu do tesoureiro (Hermano) as notas fiscais dos jantares desde o primeiro encontro, o que tirou o tesoureiro do sério e queria partir para a briga, pois ele foi ameaçado de ser exonerado do cargo!

Fotos: Adeildo Marques

QUIROPRAXIA CHEGA A ITABUNA

Itabuna ganhou uma clínica especializada em quiropraxia. Para quem não sabe, é uma técnica que promove a descompressão da estruturas intervertebrais da coluna e o fortalecimento específico dos músculos que dão sustentação e estabilização vertebral.


O médico norte americano, que chegou ao Brasil recentemente Kevin Giunta, casou-se com uma itabunense e resolveu importar seu consultório e está atendendo de segunda a sexta-feira, na Rua Sóstenes de Miranda, 291 das 9:00 as 12 e das 14 às 18 horas. Telefone (73) 3043-8449.


Os tratamentos mais comuns são: Hérnia de Disco, Dor nas Costas, Dor Lombar, Dor Ciática, Lordose, Estenose, Escoliose, Degeneração Discal, Instabilidade Vertebral, Protusão Discal e Danos causados por acidente (Whiplash).


O médico Kevin Nicholas Giunta 48 anos fez doutorado no Estado de Missouri na Cleveland Universit de Kansas City nos Estados Unidos.

Ligue> (73) 3043-8449 e faça sua consulta! 


Nas fotos, Dr. Kelvin, atende pasciente, neste caso o poeta  Adeildo Marques,  e equipamentos de uma geração, importados dos Estados Unidos.

Augusto Castro e Azevedo solicitam duplicação do acesso ao bairro de Ferradas

Augusto Castro e seu assessor Zé Silva, atendem eleitor

Acompanhado do deputado estadual Augusto Castro (PSDB), no dia de ontem (02), o prefeito de Itabuna  Capitão Azevedo na capital do estado esteve no gabinete do vice-governador e  secretário de infra-estrutura, Otto Alencar.  No encontro, em audiência  marcada por Augusto Castro, o Prefeito reivindicou ao secretário a duplicação do trecho Viaduto Paulo Souto ao bairro de Ferradas.

 Esta obra já tinha sido prometida pelo Governador Jaques Wagner em sua campanha política quando passou por Itabuna. Zé Silva, da assessoria do deputado, nos informou que o Secretário foi bastante simpático e Cortez ao pedido do deputado Augusto Castro e do Prefeito Capitão Azevedo.

Foto: Alex de Souza 


Carlos Fagundes será sepultado as 10 horas de hoje

O radialista José Carlos Fagundes, morreu na manhã desta quarta feira (2), aos 69 anos de idade, dos quais cerca de 50 anos servindo ao rádio e aos jornais, na maioria das vezes como repórter policial.

O seu corpo está sendo velado no Velório Santo Antonio de onde sairá seu corpo, logo mais às 10 horas para sepultamente no Cemitério do Campo Santo da Santa Casa de Misericórdia.

"Fafí" como era mais conhecido por seus colegas, era um dos profissionais mais antigos da comunicação do rádio na região. Foi o primeiro repórter a entrevistar o delegado Pedro Marques de Sá.

Fato que ele fazia questão de ressaltar com muito orgulho, já que o delegado não gostava de dá entrevista, quando trabalhava nos extintos jornais: Diário de Itabuna e Tribuna do Cacau.

Fagundes foi vítima de uma cirrose hepática e morreu em sua residência no bairro Sarinha Alcântara, Itabuna.

Veja sua história concedida a nós há alguns anos atrás.  

Carlos Fagundes uma história viva do rádio itabunense

Nascido em 12 de dezembro de 1941, no bairro da Mangabinha José Carlos Fagundes, ou simplesmente “FAFA” é um dos profissionais de imprensa, mais antigos de nossa comunicação. Carlos Fagundes, filho de Lino Martins Fagundes e Maria Teodora Marins Fagundes, diz com muito orgulho que conheceu muito profissional do rádio, ainda fora do microfone – entre eles – cita os nomes de: Vily Modesto, trabalhando no escritório da Fazenda Kaufmann, local, hoje, onde funcionou o jornal Tribuna do Cacau e uma Industria de Cacau; Orlando Cardoso, quando trabalhava na “Loja Os Gonçalves”, como representante comercial, e o jornalista e poeta Ariston Caldas, na Cooperativa Mista dos Agricultores de Itabuna. Local que também foi um dos primeiros empregos do experiente Carlos Fagundes com apenas dez anos de idade.
No inicio dos anos 60, a convite do contador e jornalista Cristovão Colombo Crispim de Carvalho, Fagundes teve a sua primeira experiência na comunicação, ingressando na área através da Radio Clube de Itabuna, hoje Nacional. Na emissora, o polivalente Carlos Fagundes de off-boy a radialista passou por todos os departamentos da Rádio. Acostumado por ser discotecário, ingressou no departamento de notícia, quando usou o microfone pela primeira vez. Diferente de outros profissionais, para ele, usar o microfone pela primeira vez, foi uma coisa normal, tendo em vista a experiência já adquirida, pois contava também com o apoio dos saudosos Cristovão Crispim, Celso Rocha, Carlos Cordier, José Tomóteo, Ary Barros, os fundadores da emissora, Otoni Silva e Gerson Souza ainda entre nós. Carlos Fagundes com muito orgulho informa que ele foi o primeiro repórter a transmitir futebol da Desportiva Itabunense e da inauguração nos anos 70, do Estádio Luis Viana Filho, com as obras inacabadas até os dias de hoje; “o que seria um dos maiores estádios do nordeste do Brasil, só ficou no projeto” diz. Diz também que no ano de 1982, quando foi inaugurado o Complexo Policial de Itabuna, ele também foi o primeiro a transmitir do local, entrevistando o Governador da época Antonio Carlos Magalhães (ACM) e o seu filho Luis Eduardo Magalhães, que estava engatinhando na política e o delegado Pedro Marques de Sá, que - segundo Fagundes - não gostava de dar entrevista ao rádio, mas com essa primeira entrevista o delegado ficou acostumado e, sempre usava a frase “meu caro reporti” tornou-se um grande fornecedor de noticias a minha pessoa, diz Fagundes, enfatizando que o delegado Pedro Marques de Sá, não gostava de dar entrevista devido alguns repórteres destorcerem as suas informações. A minha primeira entrevista com o delegado, a Delegacia funcionava, onde hoje funciona a Escola Profissionalizante Zelia Lessa.
Uma das maiores reportagens para o repórter Carlos Fagundes foi a chacina do “Maluco da Horta” que conseguiu matar mais de oito pessoas a as sepultava em covas rasas, e sobre os corpos plantava suas hortaliças. O Maluco da Horta, conta Carlos Fagundes só executava as pessoas que vendiam drogas (traficantes), que para ele, não faziam prestação de contas “a raiva dele era esta!” diz Fagundes, informando que o Maluco da Horta, está preso na Colônia Penal de Salvador (Lemos de Brito) e pegou 76, anos de reclusão.
Entre muitas outras histórias cavernosas mais tarde em ascensão no setor Carlos Fagundes, atendendo diversos convites prestou seus serviços também na Rádio Difusora Sul da Bahia, atendendo ao seu proprietário Nicácio Figueiredo e do diretor Lucilio Miranda Bastos, onde permanece até os dias de hoje. Por problema de saúde Fagundes temporariamente se encontra afastado do rádio, devendo retornar em breve. Fagundes também prestou serviços em todos os jornais de Itabuna, fornecendo noticias policiais, mas como funcionário oficial, sua carteira foi assinada pelo jornal Tribuna do Cacau, desde 86 até os dias de hoje.
Entre os programas criados nas emissoras locais por Carlos Fagundes, ele cita; “O crime não Compensa”, “Revista Regional”, “Na Boca do Povo”, “Ontem ao Luar”, “Tribuna do Povo” e muitos outros. Esses fatos são fragmentos de uma pequena e grande história da ´passagem do profissional Carlos Fagundes pelos órgãos de comunicação de Itabuna, contribuindo com o engrandecimento da região do cacau.
Hoje Fagundes cem por centro recuperado de um acidente provocado por um coletivo, ainda pretende retornar ao rádio, dentro em breve, com um novo estilo de programa musical e informativo, e em alto estilo, para agradar a gregos e troianos, afinal de contas, Fagundes é um historiador, e merece ser olhado com carinho e respeito por todos nós. É gente que faz Itabuna.
Foto: expressaounica.

quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

Dilma dá um beiço em 500 UPAs!!!


É impressionante. Se você clicar aqui,http://www.dilma.com.br/noticias/entry/no-dia-do-medico-temporaeo-lembra- vai entrar na página oficial da então candidata Dilma Rousseff. 

No dia 18 de outubro, podia-se ler no site:
“As Unidades de Pronto Atendimento (UPA) 24 horas, um dos destaques do programa de governo da candidata Dilma Rousseff, vem fazendo a diferença na reestruturação do funcionamento do SUS. Temporão informou que, até o final do ano, serão 500 UPAs construídas. “Dilma prometeu construir mais 500 até o final de 2014. Serão mil unidades para atender toda a população.”

Não há a menor dúvida sobre quantas são as UPAs prometidas até 2014: 1.000. Estávamos em outubro, e José Gomes Temporão prometeu entregar 500 até o fim de 2010. No vídeo gravado para a campanha, também publicado na página oficial de Dilma, ele é claríssimo. Está no intervalo entre 1min17 e 1min27.

E o que disse Dilma no Congresso?
“Em relação às UPAs, destaco que será de fundamental importância a parceria da União com os Estados e Municípios. A meta de implantação de 500 UPAs para garantir atendimento médico adequado a urgências de baixa e média complexidade e reduzir a superlotação das emergências dos grandes hospitais será alcançada com o investimento de R$ 2,6 bilhões.”

Foram entregues apenas 91 UPAs até 2010. O governo Lula-Dilma ficou devendo a bagatela de 409! Agora, vejam só, prometem-se 500, sim, mas até 2014. Se cumprida a nova promessa, a Rainha Dilma Primeira terá dado um beiço nos brasileiros de 500 UPAs.

Boa parte da imprensa não se interessa por isso. O destaque será dado à cascata do pacto contra a miséria e a fome etc e tal. O país precisaria ter oposição justamente para isto: para cobrar, com a força de sua representação política — e foi eleita para isso —, que o governo cumpra as suas promessas ou arque com  custo de não cumpri-las.

As democracias não existem para que os governantes tornem verdadeiras suas inverdades, como se ditadores fossem. Nem Mubarak consegue mais, não é mesmo?

Azevedo negocia projetos com o Ministério das Cidades em Brasília


Foto arquivo de Negromonte
        O prefeito de Itabuna, Capitão Azevedo, cumpriu uma ampla agenda de compromissos em Brasília, onde em, companhia do Secretario de Indústria, Comércio e Turismo,Carlos Lehy,  do presidente da Câmara Municipal, Ruy Machado e do diretor executivo da Amurc, Josias Miguel, acompanhou as posses do deputado federal Luiz Argôlo e de parlamentares ligados à região, além de manter contatos junto ao Ministério das Cidades.

        Na Câmara Federal, o prefeito Azevedo foi recebido - no gabinete da liderança do PP daquela Casa -, pelo ministro das Cidades, Mario Negromonte e pelo secretário executivo do ministério Roberto Muniz. 

Maior preocupação de Azevedo moradia digna
        Na pauta, os projetos de obras consideradas essenciais para o ordenamento do desenvolvimento urbano de Itabuna, que tramitam no Ministério das Cidades e que doravante terão um efetivo acompanhamento, até a liberação dos recursos, monitorado pelo deputado Luiz Argôlo.

        O Capitão Azevedo considerou o encontro com o deputado e o ministro das Cidades como proveitoso, uma vez que deverá possibilitar a implementação de uma série de projetos e obras estratégicas de habitação popular e infraestrutura em bairros carentes na periferia da cidade.

        Hoje, o Ministério das Cidades financia as obras dos bairros Fernando Gomes, que ganhou pavimentação de ruas, urbanização e 97 casas populares; Maria Pinheiro, com um elenco de obras já em execução e ainda no Zizo, que terá pavimentação de acessos e infraestrutura.

Por: Kleber Torres Fotos: Pedro Augusto  02-02-2011  
Leia mais:
www.itabuna.ba.gov.br

Bairro de São Sebastião inicia festa em louvor a N. Senhora de Lourdes

Com o tema “Conhecer Jesus Cristo: mistério de Deus e centro da nossa fé”, a comunidade do bairro de São Sebastião iniciou nesta quarta-feira (2) as homenagens à sua padroeira, Nossa Senhora de Lourdes. Além de novena, que segue até o dia 11, na igreja que leva o nome da santa, sempre a partir das 19 horas, a festividade conta com noite de ofertas de alimentos não-perecíveis que serão doados a entidades assistenciais, participação de corais e grupos religiosos de outras comunidades de Ilhéus e barracas para a venda de guloseimas. 

Nesta quinta-feira (3) a novena traz o tema “Na plenitude dos tempos como filho unigênito nascido de uma mulher” e terá como convidados integrantes da missa dos homens e o feijão será a oferta do dia.

Na sexta-feira (4) o tema a ser discutido entre a comunidade é “Como verdadeiro Deus e verdadeiro homem” e terá a participação da comunidade de Nossa Senhora das Graças. O alimento a ser ofertado no dia é o café. A quinta noite de louvor, dia em poderão ser doados margarina e macarrão, traz o tema “Como resposta de Deus no mistério humano” e terá como convidado o Grupo Apostolado da Oração. “Como anunciador do projeto do Pai na Unidade do Espírito Santo” é o tema da sexta noite da novena e terá como convidado a comunidade de Santa Rita. Maisena e Cremogema poderão ser doados neste dia. Na segunda-feira (7) a festa em louvor a Nossa Senhora de Lourdes entra em sua sexta noite e aborda “Como mestre da justiça, que ensina aos discípulos o mistério do reino”. A noite terá como convidados a pastoral do dízimo e a oferta do dia será óleo.

O coral Dom Eduardo anima a sétima noite da novena, após a discussão do tema “Na igreja, povo de Deus e servidora do reino”. O alimento a ser oferecido no dia será o açúcar. O tema da quarta-feira (9) é “Na igreja, casa da palavra e da fração do pão” e contará com a participação da Legião de Maria e a carne seca ou de charque será o alimento do dia. Na quinta-feira (10) a comunidade vive o último dia da novena, que encerra as noites de oração com o tema “Em Maria, modelo e testemunha do discípulo fiel”, que contará com a participação do Grupo Mãe Rainha. A oferta do dia será leite em pó.

 No dia 11, a festa em homenagem a santa tem seu ponto alto e começa à meia-noite com alvorada. Às 19 horas, a comunidade participa de missa presidida pelo bispo diocesano de Ilhéus, dom Mauro Montagnoli e padres presentes. Em seguida os devotos saem em caminhada de fé, pelas ruas do bairro, encerrando com a bênção do Santíssimo. 

Por: Maurício Maron