Vamos salvar o Rio Cachoeira! É o nosso maior patrimônio natural. Não jogue lixo em seu leito.

sexta-feira, 1 de julho de 2011

Livro realça legado do cientista Paulo Alvim


                        Será lançado às 9 horas de quinta-feira, 7, no auditório Hélio Reis de Oliveira, do Centro de Pesquisas do Cacau (Cepec), na Superintendência de Desenvolvimento da Região Cacaueira da Bahia da Ceplac,  o livro “Paulo Alvim Mestre e Amigo”. A obra, biografia pessoal e profissional do cientista PhD em fisiologia vegetal, doutor, professor, pesquisador e agrônomo, foi escrita pelo agrônomo Frederico Monteiro Álvares Afonso, autor de várias obras científicas e cujo falecimento há dois anos também causou grande comoção na comunidade científica nacional. 

            Tanto o biografado, falecido em fevereiro deste ano aos 92 anos, como o autor da obra, dedicaram boa parte de suas vidas ao setor cacaueiro, como ex-servidores públicos federais da Ceplac. A direção considera justa a homenagem ao colaborador, cuja história se confunde com a história da própria instituição Ceplac. “Essa homenagem a um cientista de renome internacional como Alvim, é uma prova de gratidão e reconhecimento por tudo que fez pela ciência agronômica, pela cacauicultura brasileira e pela Ceplac”, disse o coordenador Técnico-Científico Manfed Müller ao comentar sobre a obra. 

Para Müller, Alvim é digno dessa menção pela grandiosidade de sua trajetória e ser um dos responsáveis pela implantação de departamentos técnicos da Ceplac, em especial, o Centro de Pesquisas do Cacau (Cepec), considerado em todo o mundo como um dos mais avançados centros de estudos agronômicos em regiões tropicais. Paulo Alvim teve uma carreira profissional exemplar o que lhe rendeu reconhecimento nacional e internacional, através de diversas honrarias por parte de instituições de grande prestígio no meio agrícola.

Sobre o autor, Müller destacou que a história de uma grande carreira é própria de ser narrada por outro também agrônomo, pela sua sensibilidade e intimidade com a história do biografado. O livro publicado pela Editoria 3A, conta com 192 páginas e foi financiado pela Mars Cacau, que se associou ao projeto.


ACS/Ceplac/Sueba
Por: Luiz Conceição
01 de Julho de 2011.

Nenhum comentário: