Vamos salvar o Rio Cachoeira! É o nosso maior patrimônio. Não jogue lixo em seu leito. Povo limpo, cidade civilizada... Vamos preservar a nossa história.

quinta-feira, 9 de junho de 2011

Obras visam revitalização da Sala Zélia Lessa

Sem utilização como espaço cultural há seis anos, a Sala Zélia Lessa vinha sendo usada a título de comodato pelo Conselho Tutelar, que desocupou recentemente as instalações após o final do contrato com o governo municipal, que iniciou em caráter emergencial uma ampla reforma uma vez que o teto estava danificado e corria o risco de um possível desabamento.

As obras foram autorizadas pelo prefeito Capitão Azevedo e, segundo a secretária de Assistência Social, Marina Silva, a reforma estará concluída num prazo de 60 dias, de acordo o cronograma do projeto: “Acredito que a reforma não só vai oferecer condições de segurança para as pessoas que frequentam o local, como também possibilitará que naquele espaço possam ser ampliadas as vagas dos cursos na área de informática e de pintura sobre tela, oferecidos gratuitamente à população carente”, argumentou.

Ela explica que em função da mobilização dos artistas após o início das obras, estará reunida com o secretário de Educação, Gustavo Lisboa, e com o presidente da Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania, Cyro de Mattos, para discutir sobre o projeto e a perspectiva de utilização da Sala Zélia Lessa após a reforma iniciada agora e que visa ampliar justamente as ações de inclusão social no município.

Lembrando que atua num governo essencialmente democrático, Marina Silva destacou que está aberta para o diálogo com os diversos setores da comunidade, através de uma discussão ampla e permanente: “O fato concreto é que o espaço não tinha as mínimas condições de uso e havia o risco de um possível desabamento com vítimas caso o mesmo estivesse ocupado ou sendo utilizado”, argumentou.

A secretaria destacou ainda a preocupação do prefeito com a utilização do espaço para projetos de inclusão social e atividades culturais, mas oferecendo ao mesmo tempo conforto, segurança e dignidade às pessoas que utilizam a Sala Zélia Lessa, até então um espaço subutilizado e que agora está sendo inteiramente revitalizado.

Por:  Kleber Torres Fotos: Waldyr Gomes 9-6-2011
http://www.itabuna.ba.gov.br/

Nenhum comentário: