Vamos salvar o Rio Cachoeira! É o nosso maior patrimônio natural. Não jogue lixo em seu leito.

quarta-feira, 9 de março de 2011

Itabuna sem carnaval computa 11 assassinatos


Da manhã da última sexta-feira (4), até esta quarta (9), foram registrados 11 homicídios em Itabuna. Já são 15 em março contra 24 do mês passado. A média é de 1,2 assassinatos por dia. O primeiro crime, têm relação com o tráfico de drogas. Murilo Cruz, 28 anos foi executado no campo conhecido como "trança-gaia".

No Loteamento N. S. das Graças, João Virgílio Santos foi morto à tiros. Suspeita-se de crime passional.
Tiago "Sequinho", morador do bairro Conceição foi a terceira vítima na sexta feira. Ele foi morto no bairro Monte Cristo. Tiago teria sido levado para o "arrasto". 

No sábado, os açougueiros Marinece Batista Silva, 46, e Osmário Santos (Gago), 48, da Califórnia foram assassinados a golpes de faca.

Na manhã de sábado um corpo, ainda não identificado, foi encontrado em estado de decomposição no Jardim Grapiúna (Favela do Bode). Como não apareceu ninguém da família para o reconhecimento, o corpo foi liberado pelo DPT para sepultamento.

Outras vítimas são Ronaldo Silva de Oliveira, 29 anos, assassinado a tiros na região de Mutuns, próximo ao Sítio IV. Abílio Abdala, vítima de ataque de gangue adversária, o mesmo ainda foi levado para o Hospital de Base com quase 70% do corpo queimado após briga na Mangabinha. Não resistiu e morreu no hospital.
Ontem à noite (08), Fabrício José da Silva foi executado com 16 tiros no bairro Santo Antonio. No mesmo dia, um homem, não identificado, foi assassinado no bairro São Caetano.

 E, na manhã desta quarta (9), mais um corpo foi encontrado em Itabuna. A Policia já está no local para fazer o levantamento cadavérico.

A segurança pública é questão do Estado, está lá na constituição, mas Itabuna, principalmente neste setor está abandonada pelo Governo do PT. Com isso a realidade é a de que, Itabuna desponta como um dos municípios mais violentos do Brasil.

Nenhum comentário: