Lixo

Itabunense seja educado não jogue lixo na rua e nem no Rio Cachoeira. A Natureza agradece!

sábado, 13 de novembro de 2010

O ditado do Tiririca

O ditado do Tiririca

O deputado federal mais votado nas últimas eleições, Tiririca, que obteve 1.353.000 votos, foi submetido anteontem a um ditado no TRE (Tribunal Regional Eleitoral) de São Paulo para comprovar se é alfabetizado.

De um ditado de 18 palavras, acertou 6, o que representa um terço. Para o TSE (Tribunal Superior Eleitoral), é alfabetizado quem acerta 30%. Por esse critério, Tiririca passou e poderá ser diplomado deputado.

Para tomar posse, enfrentará ainda dois obstáculos. O primeiro é a suposta omissão de bens na sua declaração quando se candidatou.

Aí cabe uma pergunta: - é só o Tiririca que faz isso? Nenhum outro deputado e senador eleitos procedem de maneira semelhante, transferindo os seus bens para a esposa, filhos, irmãos, cunhados, primos, tios? O segundo obstáculo é pela acusação de ter mentido quando afirmou que era a sua letra que constava do pedido de registro eleitoral.

Todos os candidatos a vereador, prefeito, deputado, senador, governador e presidente deveriam ser obrigados a escrever uma redação e a responder a algumas questões de interpretação de texto. A lei exige que quem exerce cargo público seja alfabetizado. Acertar a grafia de algumas palavras em um ditado não comprova isso.

Uma correção que precisa ocorrer já na próxima eleição é impedir que o candidato apareça no horário eleitoral vestido de palhaço ou outro personagem. Ao assumir um papel, já conhecido do grande público, o candidato sai com vantagem sobre os outros, que aparecem padronizados, de terno e gravata.

Se Tiririca aparecesse de terno e utilizando o seu nome Francisco Everardo Oliveira Silva, teria uma votação medíocre e não seria eleito. Já vi na televisão eleitores do Tiririca decepcionados porque ele não aparecerá no plenário como Tiririca, mas como Everardo. Isso porque quem votou nele queria protestar ou simplesmente brincar e torcia para que essa brincadeira continuasse no Congresso.

Eu me pergunto: quantos analfabetos funcionais há no Congresso e nas inúmeras câmaras municipais do país? Pedir uma redação e uma interpretação de texto básica é contribuir pelo menos um pouco para melhorar o nível das discussões no Poder Legislativo, que costuma ser bem abaixo do aceitável.

A educação deve ser para todos, inclusive para os políticos. Não são eles que nos representam?
Bom domingo.
Lendo com o máximo prazer livro e jornal.

(O autor é cronista, poeta, autor teatral e professor de redação. jaimeleitao@linkway.com.br)
Do JornalCidade

NEGÓCIO$ MILIONÁRIO$


Dora Kramer - O Estado de S.Paulo

Dos dez partidos que integram a aliança que elegeu e a coligação que governará com Dilma Rousseff nenhum até agora se interessou por outro assunto que não fosse a defesa de seus próprios interesses.
Todos aguardam a volta da presidente eleita de Seul para tratar dos cargos federais com mais objetividade. Nenhum deles apresentou ideia alguma sobre como gerenciar esse ou aquele setor de maneira a assegurar mais bem estar à coletividade.
O PMDB quer saber de manter a parte que lhe cabe no latifúndio e o PT pretende recuperar espaços perdidos para os parceiros. Essa é a discussão em pauta.
Uma, mas não a única demonstração de que a política é um negócio. Muito rentável e não raro milionário.
Nos financiamentos de campanha, por exemplo, a conversa em geral é feita na casa dos milhões. O deputado Chico Alencar (PSOL-RJ) fez um levantamento junto à Justiça Eleitoral e chegou ao custo médio de R$ 1,1 milhão para a campanha de cada um dos 513 deputados federais eleitos em 3 de outubro.
"Em quatro anos de mandato cada um receberá de salário um total de R$ 792 mil", informa, querendo mostrar que boa parte dos parlamentares (54%) terá algum tipo de "dívida de gratidão" para com pessoas físicas ou jurídicas que financiaram suas campanhas.
Na bancada de 46 deputados fluminenses, de acordo com os dados de Alencar, 16 extrapolaram a média nacional, sendo a campanha mais cara a de Eduardo Cunha, do PMDB: R$ 4,7 milhões. O ex-governador Anthony Garotinho gastou R$ 2,5 milhões, o líder do PT na Câmara, Luiz Sérgio, R$ 2,3 milhões e o presidente do DEM, Rodrigo Maia, R$ 1,9 milhão.
E assim deve ter acontecido Brasil afora com esse sistema eleitoral que mantém o Legislativo dependente e, portanto, reverente aos grandes financiadores.
Também, mas não só por isso a reforma urge.
Intensivão. O deputado mais votado foi aprovado no teste. Mas quem demoraria 40 dias para se provar alfabetizado senão alguém não alfabetizado?



sexta-feira, 12 de novembro de 2010

MEC divulga o gabarito oficial do Enem 2010

Por Estadão.edu, estadao.com.br, Atualizado: 12/11/2010 20:11

O Ministério da Educação divulgou no início da noite desta sexta-feira, 12, os gabaritos do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A divulgação ocorreu somente depois que o Tribunal Regional Federal da 5ª Região, no Recife, atendeu ao pedido do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) e suspendeu a liminar da juíza da 7.ª Vara Federal do Ceará, Karla de Almeida Miranda Maia, que suspendia o exame.



As questões, contudo, têm pesos diferentes. Acertar um número 'X' de itens não significa que você alcançou a pontuação 'X'. As provas são corrigidas pela Teoria de Resposta ao Item (TRI). As notas dos candidatos serão publicadas apenas em janeiro.


O gabarito deveria ter sido divulgado na terça-feira, mas havia sido impedido pela liminar da Justiça Federal do Ceará que suspendia o Enem. Nesta sexta-feira, o recurso da Advocacia Geral da União (AGU) contra a liminar foi acolhido e o Inep pode divulgar os resultados.


O Ministério da Educação trabalha com a data de 4 de dezembro para a aplicação do exame para os prejudicados no Enem. De acordo o Estadão.edu apurou, a data foi escolhida para evitar fazer o Enem no mesmo dia do vestibular da Fuvest, em 28 de novembro.


Apenas quem poderá fazer a prova serão os alunos prejudicados pelos erros da prova amarela. Segundo Haddad afirmou em coletiva nesta sexta-feira, no Recife, o desafio agora será identificar os estudantes que irão fazer a nova prova, o que será feito pelo consórcio.

MSN.com
Veja o vídeo da  Record

Maior produtor de níquel do mundo visita instalações do Porto de Ilhéus

Os diretores da empresa russa Norilsk, considerada como a maior produtora de níquel do mundo, Antli Koski-Lammi e Seppo Jounela, estiveram em Ilhéus nesta quinta-feira (11) visitando as instalações do porto e discutindo sobre a área onde será armazenado o níquel produzido pela empresa Mirabela, que será exportada para a Rússia.

 Os diretores da Norilsk estavam acompanhados do gerente do Porto de Ilhéus, Antônio Melquíades, do secretário municipal de Indústria, Comércio e Planejamento, Alisson Mendonça, e dos diretores presidente e administrativo da Mirabela Mineração do Brasil, Luis Carlos Nepomuceno e Cláudio Lyra, respectivamente.

O diretor-presidente da Norilsk, Antli Koski-Lammi, disse ter ficado satisfeito com as instalações do porto e tranqüilo em saber que a carga que será transportada por sua empresa sairá de um terminal seguro. Também elogiou a cidade e garante que retornará a Ilhéus mais vezes. Toda a produção que será exportada pela empresa Mirabela seguirá para a Norilsk. No mercado interno, a empresa abastece a Votorantim. O primeiro embarque de níquel pelo Porto de Ilhéus está previsto para o mês de janeiro, quando serão exportadas entre 5 a 7 mil toneladas.

O secretário de Indústria, Comércio e Planejamento, Alisson Mendonça, considera a vinda da empresa maior produtora de níquel do mundo a Ilhéus como um fato extremamente positivo, o que demonstra que investir na cidade é um negócio altamente seguro e rentável. Além disso, Alisson Mendonça destaca que atrair novos investidores e novas cargas para o Porto de Ilhéus faz parte de um projeto conjunto da Prefeitura e Governo do Estado, visando garantir mais emprego e renda para a cidade.

No caso do níquel, Mendonça adiantou que, além de ser uma carga limpa, que não oferece riscos ao meio ambiente, a exportação pelo Porto de Ilhéus ainda poderá atrair muito mais empresas para a cidade, a exemplo de uma grande produtora de aço inox que já manifestou o desejo de se instalar na cidade. Alisson Mendonça esteve recentemente no Espírito Santo, onde acompanhou um embarque de níquel.

O diretor-presidente da Mirabela, Luis Carlos Nepomuceno, disse que o desejo da empresa é de operar pelo Porto de Ilhéus por um prazo de 40 anos. Nessa primeira fase a previsão é de movimentar cerca de 40 mil toneladas por ano. A data do primeiro embarque do níquel para a Rússia depende apenas da definição da área onde o produto será armazenado.

O diretor do Porto de Ilhéus, Antônio Melquíades, informou que os entendimentos estão bastante avançados. Inicialmente o níquel ficará em um dos armazéns, até que seja feito o processo licitatório para que se defina uma área definitiva para a instalação do galpão onde o níquel será armazenado para a exportação.
Por: Walmir Rosário
Ascom/Ilheus

Azevedo defende mobilização contra esvaziamento de prefeituras

Durante mais de duas horas o prefeito de Itabuna, Capitão Azevedo, foi sabatinado por integrantes do Grupo de Ação Comunitária sobre as ações do governo, mobilidade urbana, a proposta de estadualização do Hospital de Base Luis Eduardo Magalhães, falta de recursos e sequestros de verbas, além da questão do Código Tributário, da relação política entre a prefeitura de Itabuna e governo do estado, dentre outras.

Fazendo questão de não deixar nenhum tópico sem resposta e direcionado as mesmas para cada um dos interlocutores no debate, o prefeito Azevedo destacou que em administração “a gestão pública é resultado, mas não há resultados sem recursos e todos sabem que os municípios brasileiros estão empobrecidos, uma vez que 60% das receitas ficam com a União, 25% com os estados e apenas 15% são destinados para as prefeituras municipais.”

Ele também falou da espinhosa missão de administrar uma cidade do porte de Itabuna e com carências em todas as áreas. Na oportunidade, anunciou que pretende liderar um movimento de prefeitos para exigir da nação o que tem sido retirado dos municípios ao longo do tempo.

Dívidas

Azevedo destacou que Itabuna acumula historicamente uma dívida de mais de R$ 100 milhões com o INSS e mais de R$ 22 milhões com o FGTS, além de registrar perdas de receitas em decorrência da diminuição da importância do cacau na economia regional, uma consequência da vassoura-de-bruxa.

O prefeito também contestou os dados de pesquisas que indicavam Itabuna como a cidade mais violenta do país e lembrou que essa não é uma questão local, “até porque o país é um caos na área de segurança pública”. Elogiou ainda o GAC por promover um debate aberto e defendeu a união de todos em defesa dos interesses de Itabuna e da sua população.

Constituição

O Capitão Azevedo observou que a Constituição de 1988 descentralizou serviços, mas em contrapartida, onerou os municípios com um pacote imposto de cima para baixo, gerando custos para as prefeituras, mas sem o aporte de mais recursos para programas de saúde, educação e assistência social, daí a necessidade hoje de uma reforma tributária que evite o crescente esvaziamento financeiro dos municípios.

Uma prova deste empobrecimento está, segundo o prefeito, num estudo revelando que no período de 1988 – após a elaboração da nova constituição – até 2010, não foi registrada na região nenhuma obra de grande porte realizada pelos municípios, mas apenas com investimentos da União e do Estado, através de emendas parlamentares.

Obras

Ao considerar que apesar das dificuldades enfrentadas, a prefeitura vem investindo numa série de obras e ações como a reurbanização da Cinqüentenário, a revitalização da Amélia Amado e ações em diversos bairros. Citou como exemplo de retorno a construção de uma ponte no bairro São Roque, que melhorou a mobilidade urbana, viabilizando a construção de 1.000 casas populares pelo Minha Casa, Minha Vida na localidade.

Servidores

Ao lembrar que a prefeitura de Itabuna tem um quadro de quase seis mil servidores, dos quais mais de dois mil na educação e igual número na saúde, o Capitão Azevedo citou que a Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedur) precisaria de mil homens em campo, mas conta com pouco mais de 80 funcionários, entre os quais apenas três engenheiros: “Nesta gestão, após mais de 20 anos é que fizemos a compra de uma patrulha mecânica, mas precisamos ainda de muito mais”, complementou.

Anunciou que apesar da falta crônica de recursos, o governo municipal elaborou, através da Empresa Municipal de Água e Saneamento (Emasa), um projeto, já em execução, para solucionar em definitivo o problema do abastecimento, mas que depende da construção da barragem do rio Colônia em Itapé. Outro projeto importante seria voltado para a área de saneamento, uma obra de alto custo e que vai depender da captação de recursos junto ao governo federal.


Por: Kleber Torres 
http://www.itabuna.ba.gov.br/

Associação realiza leilão de doações

A Associação Ilheense dos Criadores realiza neste domingo (14) às 11 horas, no Parque de Exposições de Ilhéus Leilão de Doações, com o objetivo de angariar recursos para reforma e modernização do Parque de Exposições, localizado no km 5, da rodovia Ilhéus/Canavieiras. Na oportunidade serão ofertados bovinos, ovinos e eqüídeos, além de uma série de bens e serviços doados por vários empresários ligados ao agronegócio e ao comércio local.

Segundo o presidente de honra da Associação Ilheense dos Criadores, Luiz Henrique Uaquim, um dos organizadores do evento, serão oferecidos, no leilão de doações, animais bovinos de corte das raças nelore e gyr; caprinos da raça Doppler e Santa Inez; equinos das raças mangalarga machador, campolino e piquira; além de vários tipos de produtos agrícolas, diárias em hoteis e eletrodomésticos. O pagamento dos animais arrematados será à vista ou no máximo de 30 dias.

Já no leilão comercial, estarão presentes 40 animais de aptidão leiteira das raças girolando, Jersey e a raça em formação resultado do cruzamento girolando-jersey; cavalos das raças campolino e mangalarga marchador. Os animais, segundo Luiz Henrique são puro de origem, com controle sanitário, criados por pecuaristas de tradição. Neste leilão, os animais serão pagos em cinco parcelas (uma à vista e mais quatro a cada 30 dias).

Com o objetivo de melhorar a segurança no Parque e em seu entorno, a cavalaria da Polícia Militar colocará um posto fixo no local durante todo o verão. Seis baias foram cedidas pela administração do local para atender ao pedido da PM, que dentro dos próximos dias começa a operar no Parque.

Na ocasião, será inaugurado o restaurante Dom Eduardo – Gastronomia e Lazer. O local vai funcionar na antiga cabana do Parque e foi totalmente reformada e ampliada para atender aos associados è a comunidade em geral.
Ascom/Ilheus
Por: Walmir Rosário

Presidente da Emasa dá entrevista online ao Radar

Veja aqui entrevista exclusiva do diretor-presidente da Emasa, concedida ao Radar Noticia. Na oportunidade, Alfredo Melo faz um balanço do problema da água e dos investimentos que a empresa vem realizando para ampliar o serviço de água tratada: 
 "Novo sistema de ampliação de maior oferta de água terá início em dezembro"

A GOSTOSONA DA DILLMA

A terrorista Dillma, na foto aí ao lado, vestida para matar, pelo menos tem bom gosto com relação a mulheres que vão ficar à sua volta. Excessão feita a "Maria Caveirão", que aliás vai ficar longe da Dillma.

A comunidade "Gente Decente" descobriu a foto da gostosana Marcia, aquela que vai morder a bagatela de 6.8 pilas por mês às suas custas.

Ela tem um papel fundamental no futuro do Brasil: é tratadora de cabelo.

Ela vai cuidar do cabelo da presidente que 41 por cento dos brasileiros elegeu.


Dizem que Marcia é boa de língua: fala três idiomas.


Segundo o site "Gente Decente, depois de "EXAUSTIVA ANÁLISE CURRICULAR feita pela ABIN, Panamericano, Casa Civil, PF, CEF, BB, Delloitte, KPMG e BC, parte da equipe de transição de governo,  foi recomendada pela sua principal cliente, a Presidente"


Eita gostosona de sorte essa aí em baixo, heim!




Isso demonstra o apreço que a terrorista tem pelo seu tutú.

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Quadrilha que rouba bocas de lobo causa prejuízos a cidade

Tudo indica que uma quadrilha organizada vem agindo em Itabuna trazendo grandes prejuízos ao município furtando as grades de ferro que protegem as bocas de lobo de água pluviais da cidade.

Escassas, as proteção de bocas de lobo, que vem gradativamente sendo substituídas por outras de cimento e, que, não resistem ao tempo, a quadrilha agora passou a furtar as tampas de proteção de ferro das empresas telefônicas, o que poderá causar grandes acidentes, principalmente aos deficientes visuais e crianças.

O pior é que as autoridades parecem alheias a essa quatão e não estão nem ai para esse tipo de crime. Já está na hora de ser  acionadas as policias e investigar os locais onde esses ladrões estão vendendo esse material.

De ontem para hoje (11) roubaram a tampa de ferro da caixa de proteção da empresa telefônica localizada na rua São Vicente de Paulo, em frente a Delegacia da Mulher. Substituíram a tampa de ferro por um caixote de madeira sem nenhuma segurança. O caixote foi colocado, segundo informação, por um cidadão lavador de carro, prevendo a queda de uma criança, pois, a cratéria tem quase três metros de profunidade.  


È bom investigar os “Ferro Velhos” da cidade. Fica ai a dica

Veja o perigo no flagrante da foto!
 Fotos: Joselito
Jornal da Band
pauta@band.com.br

O diretor de fiscalização do Banco Central disse nesta quinta-feira que vê indícios de crime no rombo bilionário do banco PanAmericano, do Grupo Silvio Santos. Se isso se confirmar, os responsáveis deverão ser anunciados ao Ministério Público. O presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, esteve no Senado e deu explicações sobre a operação de socorro de R$ 2,5 mil.


Depois do pânico de ontem, quando a notícia da intervenção branca desvalorizou as ações do banco PanAmericano em quase 30%, hoje elas voltaram a ser valorizar. Fecharam em alta, mas em um percentual ainda muito distante do que seria necessário para zerar as perdas dos últimos dois dias.


O governo escalou um peso-pesado para representa-lo na administração do banco. Maria Fernanda Ramos Coelho, presidente da Caixa Econômica Federal, que detém 49% das ações do PanAmericano, vai assumir a presidência do conselho de administração da instituição.

O presidente do Banco Central defendeu a fiscalização do BC, que não conseguiu detectar antes a fraude nos balanços. A diretoria de fiscalização do BC vê indícios claros de fraude na contabilidade do PanAmericano – e assegura que os responsáveis serão processados se for provada a prática de crime contra o sistema financeiro.

Em entrevista à Folha de São Paulo, o presidente da holding do Grupo Silvio Santos afirmou que as operações irregulares começaram há quatro anos, em 2006. No Congresso Nacional, Henrique Meirelles disse que, a despeito disso, o Banco Central agiu rápido e conseguiu evitar uma crise em todo o sistema financeiro.

Comissões Técnicas aprovam eleição de nova Mesa Diretora

Nesta quinta-feira (11) foi realizada na sessão de Comissões Técnicas na Câmara Municipal de Itabuna para tentar anular a mesa do biênio de 2011–2012.


O Presidente da comissão, vereador Milton Gramacho (PRTB) disse que foi apresentado pelos edis, o projeto de resolução que altera a eleição da mesa do ano passado. Segundo ele foi constatado pela Assessoria Jurídica da Câmara que houve irregularidades.

Os vereadores Milton Cerqueira (DEM), Rose Castro (PR), Raimundo Pólvora (PPS), Edivaldo Reis Fonseca (PDT), Ruy Machado (PRP) Solon Pinheiro (PSDB) e Gerson Nascimento (PV) apresentaram emenda para alterar alguns artigos do Regimento Interno que diz respeito a uma nova eleição da mesa para o biênio 2011–2012. Uma das emendas apresentadas permite a reeleição para o mesmo cargo.

Milton Gramacho afirmou que o Presidente Clóvis Loiola marcará uma sessão plenária para a votação, que deve acontecer na 2° quinzena deste mês, ou seja, entre o dia 15 e 30. Nessa sessão ficará decidido a rejeição ou aprovação da nova Mesa Diretora.

Por Robério Menezes às 18:30 (Rede Brasil de Noticias)

Ré da máfia dos sanguessugas pede demissão da equipe de transição de Dilma Rousseff


A advogada Christiane Araújo de Oliveira pediu exoneração do governo de transição, nesta quinta-feira. O pedido foi aceito pelo governo de transição e será publicado no Diário Oficial da União na sexta-feira.

Christiane é ré em duas ações de improbidade na Justiça Federal de Alagoas, por envolvimento com a máfia dos sanguessugas, esquema de desvio de verbas da saúde descoberto pela Polícia Federal. (Leia também: Quinze dos 25 nomes da equipe de transição de Dilma são de mulheres)

A assessoria do governo de transição informou que, antes da contratação, é feita uma sondagem dos nomes indicados e não constava nada contra a advogada. A advogada iria trabalhar como secretária da equipe da presidente eleita durante a transição.

Christiane era assessora parlamentar do ex-deputado federal João Caldas, também indiciado na operação Sanguessuga. O outro assessor - James Sampaio Calado Monteiro -, também indiciado, é hoje prefeito de Palmeira dos Índios (AL).

Por Robério Menezes às 18:26 (jornalsportenews.blogspot,com)
  

Alisson Mendonça é eleito presidente do Conselho Municipal das Cidades


O secretário de Indústria, Comércio e Planejamento da Prefeitura de Ilhéus, Alisson Mendonça, foi eleito presidente do Conselho Municipal das Cidades, um colegiado formado pelos mais diversos segmentos governamentais, empresarial, associativo e de movimentos populares que tem a função de discutir, propor e tomar decisões voltadas para as políticas a serem executadas nas áreas de habitação, mobilidade urbana, planejamento territorial e muitas outras ações. O vice-presidente foi o representante da Federação das Associações de Moradores de Ilhéus, Marcos Antônio Lessa dos Santos.

Criado através da lei 3.265/2006, o conselho integra o Poder Executivo e tem como finalidade propor diretrizes para a formulação e implantação das políticas municipais de desenvolvimento urbano. A criação do órgão colegiado é uma orientação da lei 10.257, de 10 de julho de 2001 (estatuto da cidade), da lei orgânica do município, das leis do plano diretor e da Agenda 21-Ilhéus.


Logo após a eleição, o presidente Alisson Mendonça falou da importância do Conselho Municipal da Cidade na discussão democrática onde o interesse maior será a busca do desenvolvimento da cidade. Alisson explicou que o Conselho Municipal das Cidades deve atuar como um colegiado de natureza deliberativa e consultiva, fomentando o debate em torno da política urbana de forma continuada e respeitando sempre os segmentos que o compõem, entre os quais o setor produtivo, as organizações sociais, as ONG’s, as entidades profissionais, acadêmicas e de pesquisa, as entidades sindicais e os órgãos governamentais.


O Conselho Municipal das Cidades de Ilhéus foi criado na gestão do prefeito Newton Lima, que considera importante a abertura do debate com os diversos segmentos representativos da comunidade. “A atuação dos conselhos, instrumentos importantes de controle social, aprimora o exercício democrático, unindo as experiências do poder público e da sociedade civil organizada. Com isso, é possível viabilizar a criação de mecanismos capazes de fazer com que as políticas públicas não tenham solução de continuidade nas mudanças de governo”, avaliou o prefeito.
Por: Walmir Rosário
Ascom/ilheus

Itabuna vai modernizar Sistema de Transporte de Passageiros

Itabuna terá nos próximos dias, um sistema de transporte modernizado, mais eficiente e eficaz, com a implantação do bilhete único e a Integração do Sistema com o apoio de tecnologia digital. O projeto, elaborado pela empresa Logitrans, de Curitiba, que atua em cerca de 50 cidades brasileiras e em 11 paises, foi apresentado ao prefeito Capitão Azevedo, secretários municipais e vereadores, no Centro Administrativo Firmino Alves.

O prefeito Azevedo destacou que o novo modelo visa otimizar o transporte coletivo de passageiros, beneficiando diretamente à população: “Uma coisa certa é que vão acabar as filas e diminuir o tempo de espera nos pontos de ônibus. Sabemos que algumas pessoas vão discordar, o que é natural, mas vamos fazer um trabalho educativo para que a população conheça este sistema inteligente, com critérios técnicos e que tem tudo para dar certo”.

Uma vantagem para ele, é que os ônibus terão uma maior rotatividade, o que vai melhorar a vida dos itabunenses, mas sem onerar as tarifas do transporte coletivo para os usuários, que vão pagar uma tarifa única.

Modelo

O secretário de Transporte e Trânsito, Wesley Gonçalves Melo, que esteve hoje, dia 11, reunido com integrantes do Conselho Municipal de Transportes para apresentar o projeto, considera que o atual modelo de operações está entrando em colapso e este novo sistema irá mudar totalmente a rotina do itabunense, com a integração dos serviços e maior eficiência no transporte de passageiros.

“O projeto será apresentado e discutido com os diversos segmentos da sociedade civil organizada de Itabuna durante um seminário a ser realizado na próxima semana”, complementou.

Melo disse ainda que a implementação das mudanças recomendadas vai melhorar o sistema, com maior rapidez no fluxo de veículos, o que vai mexer com a vida do itabunense e por isso terá que ser implementado de forma gradativa para facilitar a adaptação da população.

Etapa

Primeiro, enfatizou o secretário, estamos informando à população sobre a integração do sistema, depois, vamos fazer um trabalho de marketing, deixando toda a comunidade bem informada sobre as mudanças e no final de janeiro, este novo modelo deverá ser implantado numa rede que transporta um milhão de passageiros por mês, naturalmente se a comunidade itabunense aprovar nos debates que estamos promovendo.

No novo sistema serão criadas novas linhas, de acordo com a demanda, como também será ampliada a frequência de ônibus em determinados horários, tornando o serviço mais acessível à população. “Temos que cuidar desse serviço essencial, que é o meio de locomoção de milhares de itabunenses”, afirmou o secretário.

Pesquisa

Segundo o diretor de Operações da Logitrans, Antonio Carlos Marchezetti, a empresa realizou uma pesquisa em Itabuna e ouviu 27.755 pessoas, dentro dos ônibus que operam nas diversas linhas urbanas.

No estudo ficou constatado que o sistema movimenta por dia 60 mil passageiros em Itabuna, com picos nos períodos das 6:45 às 7:45, das 11:45 às 14 horas e das 18 às 19 horas.

Na pesquisa ficou constado, segundo ele, que 78% dos usuários esperam cerca de 30 a 40 minutos em média pelo ônibus nos horários de maior movimentação e nos demais horários, 52% têm um tempo de espera de mais de 60 minutos.

Hoje, no atual sistema, o usuário gasta 55 minutos de espera para se deslocar da Califórnia a Ferradas. Com o novo sistema este tempo cairá para aproximadamente 40 minutos. As linhas serão mais curtas e vão ser integradas para evitar possíveis atrasos.

Por: Kleber Torres Reportagem: Paulo Leonardo Fotos: 11-11-2010

Defesa e promoção dos direitos da infância em debate na FTC

Auditório completamente ocupado por estudantes ávidos em absorver conhecimentos e profissionais atentos às novas contribuições jurídicas sobre a aplicabilidade das leis que asseguram o direito de família, da criança e do adolescente. Foi neste clima que a Faculdade de Tecnologia e Ciências (FTC) de Itabuna iniciou na última terça-feira (9) o seu III Encontro Jurídico.

Promovido pelo colegiado de Direito, o evento foi encerrado na quarta-feira (10) após duas noites de palestras e debates sobre a temática “Família, Infância e Cidadania”, a partir das questões dos impasses da eficácia do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), no que tange ao ato infracional e aplicabilidade das medidas socioeducativas.

Na solenidade de abertura, o diretor geral da FTC Itabuna, professor Cristiano Lôbo, enfatizou a relevância do tema proposto para o Encontro Jurídico por possibilitar a discussão sobre as interfaces que atualmente permeiam o direito de família.

“Neste sentido, o ambiente acadêmico é lugar apropriado para fomentar o debate e o Encontro Jurídico da FTC já é referência como fórum privilegiado nas discussões que envolvem os novos paradigmas do Direito”, elucidou Lôbo. A diretora Acadêmica da Faculdade, Raildes Pereira, também destacou as contribuições do evento como fomentador de novos conhecimentos para estudantes e operadores do direito.

Ela agradeceu a participação dos palestrantes e de estudantes de outras Instituições de Ensino, a exemplo da Uesc, Unime e Faculdade de Ilhéus. Convidado a falar sobre “Ato Infracional e o Impasse na Execução de Medidas Socioeducativas”, o juiz Francisco Pereira de Moraes, lembrou das dificuldades enfrentadas quanto o assunto é a aplicação do ECA, tendo em vista a deficiência do Estado de assegurar e preservar os direitos das crianças e do adolescentes.

Debates - A rodada de debates contou também com a contribuição do juiz Murilo Staut Barreto, que abordou a “Responsabilidade Civil dos Pais”. Coordenada pelo professor Paulo Sérgio Bonfim, a primeira noite de debates contou ainda com o lançamento do blog “Responsabilidade Social”, desenvolvido por estudantes do 6º semestre de Direito.

O encerramento do III Encontro Jurídico da FTC contou com a participação da juíza de Direito da Comarca de Itabuna, Antonio Marina Faleiros, que instigou os participantes a refletirem sobre os conceitos de família na contemporaneidade. Já o promotor de justiça e coordenador doe vento, professor Inocêncio Carvalho Santana, tratou da Nova Lei de Alienação Parental, após a exibição do filme “A morte Inventada”.

Da Assessoria de Imprensa
Por: Erivaldo Bomfim

Polícia Federal ainda pretende prender seis dentro da Operação Carcará

(Sete prefeitos, quatro secretários e mais 25 pessoas ligadas a prefeituras de 20 municípios baianos foram detidas)

Redação CORREIO
Foto: Marina Silva

 Lençóis: prefeito Marcos Airton é um dos acusados

Segundo informações da assessoria da Polícia Federal em Salvador, seis mandados de prisão ainda precisam ser cumpridos dentro da Operação Carcará, iniciada nesta quarta-feira (10) em diversos municípios da Bahia. Os nomes das pessoas procuradas ainda não foi divulgado.

Sete prefeitos, quatro secretários e mais 25 pessoas ligadas a prefeituras de 20 municípios baianos. O que poderia ser uma reunião de servidores públicos e fornecedores é na verdade a quantidade de mandatos de prisão cumpridos ontem, na Operação Carcará, a maior já realizada contra a corrupção na história da Superintendência da Polícia Federal (PF) da Bahia.

O esquema envolvia fraudes em licitações e desvios de verbas de merendas escolares, compra de medicamentos e obras com recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). O golpe causou um prejuízo estimado em R$ 65 milhões aos cofres públicos.

Os prefeitos de Utinga, Joyuson Vieira (PSDB); de Cafarnaum, Ivanilton Oliveira (PSDB); de Lençóis, Marcos Airton Araújo (PR); de Aratuípe, Antônio Miranda Júnior (PMDB); de Elísio Medrado, Everaldo Caldas (PP); de Santa Terezinha, Delson de Gregório (PTB), e de Itatim, Raimunda Silva dos Santos (PSDB), tiveram a prisão temporária decretada e estão na sede da PF, em Águas de Meninos. Os demais presos na operação foram transferidos para a Cadeia Pública da Mata Escura.

As demais prefeituras investigadas estão, em sua maioria, nas regiões da Chapada Diamantina e no Centro-sul. São elas Ibicoara, Brejões, Cândido Sales, Iraquara, Bonito, Santo Estevão, Lamarão, Mulungu do Morro, Souto Soares, Castro Alves, Lafayete Coutinho, Palmeiras e Cravolândia.

Líder

O principal nome do esquema de fraudes é o empresário Edison dos Santos Cruz, com conexões em diversas empresas em nomes de laranja, que participavam das licitações. A maior era a Sustare Distribuidora de Alimentos, com sede em Itatim (Centro Sul).

“Ele usava essas empresas para entrar em licitações de carta marcada. As empresas que simulavam as concorrências eram todas do mesmo grupo”, explica Antônio Veiga Argollo, chefe da Controladoria Regional da União na Bahia, que participou das investigações, junto com a PF.

As investigações começaram em setembro de 2009, quando a polícia recebeu informações sobre desvio de recursos na Prefeitura de Itatim. “Constatamos que o esquema abrangia mais municípios e envolvia mais empresas”, conta o superintendente da PF na Bahia, José Maria Fonseca. “Eles não deixavam de fornecer os produtos, mas os supervalorizavam. O lucro era da ordem de 80%”, completa.

Segundo Fonseca, os prefeitos detidos são os que apresentaram maior robustez de provas. Ele não descarta a possibilidade de outros prefeitos e servidores também virem a ser identificados como colaboradores do esquema. “Posso dizer que, com certeza, os treze prefeitos restantes serão, ao menos, intimados a prestar declarações”, garantiu.

SORRIA, VOCÊ ESTÁ SENDO ROUBADO

  • Em agosto de 2009, Dilma Rousseff foi uma das atrações na Festa do Silvio Santos, sendo recebida com pompa e circunstância pelo próprio e pela filha.
  • Em novembro de 2009, a Caixa Econômica Federal comprou um naco do quase quebrado Banco Panamericano do Sílvio Santos, por mais de R$ 700 milhões. 
  • Em outubro de 2010, às vésperas das eleições, o Banco Central enfia R$ 2,5 bilhões para salvar o Panamericano da falência. 
  • Ao mesmo tempo, o SBT, emissora de TV do Sílvio Santos, cancela um debate que faria no Nordeste, a pedido da Campanha da Dilma, negando para José Serra uma entrevista que substituiria o encontro dos candidatos. 
  • Além disso, monta uma reportagem mentirosa, usando montagens falsas de imagem, para desqualificar uma agressão sofrida pelo candidato tucano, cometida por milícias petistas. 
  • Dillma Rousseff é eleita presidente do Brasil. 
  • Sílvio Santos continua dono do Panamericano e do SBT. 
  • E a Caixa Econômica Federal tem um pedaço de banco que vale menos do que o seu valor contábil. 
  • Como diria Silvio Santos,
    “do mundo não se leva nada/
    vamos sorrir e cantar/
    lá, lá, rá, rá/
    lá, lá, rá, rá…

GOVERNO DA TRANSAÇÃO


O (des)governo Lulla vai pagar mais de R$ 6.800 para uma cabeleireira gaúcha trabalhar como secretária na equipe de transição da presidente eleita, a terrorista Dilma Rousseff. 

Márcia Westphalen é uma das 13 pessoas nomeadas ontem para compor o governo de transição Lulla/Dillma, até a posse da nova presidente. 

Até 2009, Marcia trabalhava como cabeleireira num salão de beleza em Porto Alegre. Manteve até ontem à tarde no ar um blog sobre “cabelos, tendências e dicas de visual”. O blog saiu do ar após o jornal Folha de São Paulo entrar em contato com o governo de transição.

Ou será governo da transação?

Entre as beneficiadas está também a advogada Christiane Araújo de Oliveira, de 30 anos, que receberá salário de R$ 2,6 mil para o cargo de secretária, com a atribuição de "atender telefonemas e anotar recados".

A jovem  advogada  responde processo na Justiça Federal sobre os supostos crimes de formação de quadrilha, corrupção passiva e fraude em licitações, no caso sanguessuga.

Ela era, segundo denúncia, quem fazia o contato com prefeituras do interior para acertar os detalhes do direcionamento em licitações de compra de ambulâncias com dinheiro de emendas parlamentares, em troca de pagamento de propina para congressistas.

Do jeito que as coisas vão, assim como Lulla superou Collor, Dillma ganhará de Lulla, neste triste  concurso da corrupção e esbórnia com o dinheioro público que assola o país.

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Operação Carcará da PF prende 7 prefeitos na Bahia

Qua, 10 Nov, 04h45


A Polícia Federal (PF) prendeu sete prefeitos durante a Operação Carcará, deflagrada hoje, na Bahia, contra o desvio de verbas federais e fraude em licitações. Foram encaminhados para a sede da PF, em Salvador, os prefeitos das cidades de Aratuípe, Cafarnaum, Itatim, Lençóis, Elísio Medrado, Santa Terezinha e Utinga.

PUBLICIDADE

A operação foi realizada em conjunto com a Controladoria-Geral da União (CGU) e o Ministério Público Federal (MPF) para cumprir 82 mandados de busca e apreensão e 45 mandados de prisão temporária e um de prisão preventiva contra servidores públicos acusados de envolvimento com o esquema.

A ação policial se desenvolveu em 20 municípios do Estado. De acordo com a PF, os contratos onde foram constatadas irregularidades envolvem cerca de R$ 60 milhões.


O empresário Édson Santos Cruz, dono da empresa Atual, é apontado como chefe do esquema. Ao chegar à PF, algemado, ele negou qualquer participação nas fraudes. "Se alguém cometeu algum crime, não fui eu", declarou.


Segundo a delegada que coordenou a operação, Aline Marquezine, 450 policiais federais participaram da ação. Além dos prefeitos, as suspeitas recaem sobre secretários municipais, servidores públicos lotados na área de licitação e empresários.


As investigações, que ocorrem há mais de um ano, teriam identificado indícios de desvio de verbas federais destinadas à compra de merenda escolar, medicamentos e realização de obras públicas.


As licitações eram fraudadas por meio da utilização de notas fiscais frias e superfaturamento. Se comprovadas as suspeitas, os envolvidos poderão responder por crimes como peculato, emprego irregular de verbas públicas, estelionato, formação de quadrilha, fraude a licitação, entre outros.


expressaounica:
Esta mesma operação está se deslocando também para o sul da Bahia. Está sendo realizada em todo o Estado. Quem não tem culpa no cartório, pode ficar sossegado. 

Cresce adesão dos contribuintes ao Refis

O Programa de Recuperação Fiscal - Refis Municipal - tem apresentado nos últimos dias uma crescente adesão por parte de contribuintes itabunenses que estão com pendência em relação aos tributos municipais.

Segundo o diretor do Departamento de Tributos, Emerson Carvalho, a maioria dos contribuintes tem optado pelo pagamento em parcela única, com desconto integral de juros e multa para a adesão ao refinanciamento das dívidas.

Pela lei sancionada pelo Prefeito de Itabuna, Capitão Azevedo, os créditos da Fazenda Pública Municipal, de natureza tributária, vencidos até 31 de dezembro de 2009, incluindo os acionados judicialmente, poderão ser pagos com dispensa integral ou parcial dos encargos devidos relativos à multa de mora e aos juros de mora.

Emerson Carvalho explica que as dividas podem ser divididas em até 36 parcelas mensais, iguais e sucessivas: “O Refis é oportunidade única para todos os contribuintes em débito com o fisco municipal, uma vez que o desconto nos encargos reduz consideravelmente o valor da dívida”.

Ele ressalta ainda, que a partir de 3 de dezembro a redução oferecida cairá de 100% para 60% dos juros e multas devidos pelos contribuintes. O trabalho de atendimento ao público desde o início do Refins tem mobilizado toda a equipe do Departamento de Tributos, que em paralelo vem notificando os contribuintes em atraso, um procedimento administrativo de rotina.

O diretor do Departamento de Tributos explica que o Refis Municipal é o primeiro realizado nos quatro últimos anos e visa a recuperação de ativos, uma vez que existe hoje aproximadamente R$ 80 milhões de débitos inscritos na dívida ativa do município.

A opção de adesão ao Programa de Recuperação Fiscal – Refis Municipal tem prazo previsto até 31 de dezembro de 2010, mediante utilização do termo de opção do Refis, conforme modelo a ser fornecido pela Secretaria Municipal da Fazenda.

Por:  Kleber Torres Foto: Waldyr Gomes 10-11-2010
http://www.itabuna.ba.gov.br/

Didi da Churrascaria um empresário de sucesso

Carlos Barbosa, Joselito e Didi
Este blog bateu um longo papo com Edvaldo Santana, o nosso querido Didi, da Churrascaria Rodeio/Casa Grande no dia de ontem (09), quando também estavam presentes ao nosso lado, em um almoço, seu filho Wallace, aniversariante do dia, Carlos Barbosa (TV Cabrália), o poeta Adeildo Marques e o garçon Elias com 48 anos na profissão.

Didi, que nasceu em Maracás, oeste da Bahia, nos contou, em um papo descontraído, em um dos seus momentos de folga, que é difícil, que começou no ramo de churrascaria com apenas oitos anos de idade, quando subia em um engradado de cerveja, naquela época, de madeira para assar o churrasco, devido à altura da churrasqueira.

Irmão churrasqueira, muita competencia
De lá para cá, já com 55 anos de trabalho e 63 anos de idade, o nosso querido Didi, que é muito amigo do ex-prefeito Fernando Gomes e do atual Capitão Azevedo, se tornou em um dos empresários mais bem sucedidos e respeitados do setor na região sul da Bahia. 

Com a sua casa sempre lotada, localizada no centro de Itabuna, Avenida Inácio Tosta Filho, Didi, tem hoje a melhor qualidade de churrasco e também um preço acessível a toda classe social. Motivo pelo qual sua churrascaria tem uma freqüência máxima.


Wallace, Elias e Adeildo

Didi é um grande admirador do revolucionário, mito, Ernesto Che Guevara. Além disso, é uma pessoa culta e que tem muito a ensinar aos mais jovens de como vencer trabalhando.

" U MINISTÉRIO DIUMA"

A luta por uma boquinha no ministério da “diuma” está feroz.
PMDB, PT, PCdoB, PSB e outros menos votados, querem ministérios e mais ministérios.

Tanto que já se fez a conta que a terrorista, para contentar todo mundo, terá que criar 58 ministérios. Ou seja, 21 a mais do que o atual (des)governo, que tem ministérios que são verdadeiros mistérios: ninguém sabe pra que serve.

A contribuição da Bahia, segundo se comenta, seria o atual Secretário da Falta de Saúde, Jorge Solla. O governador baiano quer emplacá-lo como Ministro. Pura maldade para com o Brasil.

E a terrorista Dilma estipulou como meta, durante reunião com Lula e a equipe de transição, que um terço de seu futuro ministério seja ocupado por mulheres.

E como perguntar não ofende, se ela fosse negra, anunciaria um terço do ministério negro? E se fosse anã, na estatura?

Porque não um terço dos terroristas que a acompanharam durante a tentativa de implantar o comunismo no Brasil? Ah! Esses já estão no governo.

CORRUPÇÃO EM CASCATA

TCU recomenda paralisação de 32 obras por irregularidades graves

Segundo informações da agência de notícias do próprio governo Lulla, a Agência Brasil, o Tribunal de Contas da União (TCU) recomendou a paralisação de 32 obras públicas por irregularidades graves.

Dezoito delas são integrantes do factoide Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). Neste ano, o plano de fiscalização do tribunal, conhecido como Fiscobras, incluiu 426 obras em todo o país. 
 
O relatório aprovado pelo plenário do TCU foi entregue ontem (9) ao Congresso Nacional, que decidirá se aceita a recomendação de paralisação das obras. 
O já quase ex-presidente da República Lulla, pode, porém, vetar tal sugestão, como ocorreu no ano passado com a Refinaria Abreu e Lima em Recife e com a obra de modernização e adequação do sistema de produção da Refinaria Presidente Getulio Vargas (Repar). As duas obras, integrantes do PAC, voltaram a ser incluídas no relatório deste ano do TCU, que sugeriu a paralisação.

Segundo técnicos do TCU, no ano passado, havia 19 contratos da Repar com recomendação de paralisação. Neste ano, o número caiu para sete, devido ao grau de execução avançado da obra. No caso da Refinaria Abreu e Lima, são quatro os contratos que podem ser paralisados.

O motivo para a recomendação do TCU, no caso das duas obras, é o sobrepreço, ou seja, o orçamento está acima do preço de mercado. Nas fiscalizações do TCU também são observadas a consistência dos projetos básicos e executivos, a regularidade da licitação e a concessão de licenças ambientes, além de outros aspectos.

De acordo com o relator dos processos no TCU, ministro Benjamin Zymler, as obras mais importantes do governo são do PAC, por isso, é natural que estejam também no relatório. "O tribunal não utilizou esse critério [se são ou não obras do PAC] como método de seleção das obras. As obras são escolhidas pela relevância geográfica, vulto do contrato e importância social", diz Zymler.

O ministro ressalta que, mesmo depois desse trabalho de fiscalização, o tribunal continua a acompanhar a aplicação do dinheiro público. "O veto presidencial atinge apenas a paralisação da obra, mas não a responsabilização pelos eventuais danos causados ao erário."

A marca do (des)governo Lulla ficará sendo as irregularidades e a corrupção que grassou estes oito anos. 
Mais cêdo ou mais tarde a história dirá que "nunca antes na história deste pais" houve um governo tão corrupto.
A não ser que o governo da terrorista consiga superá-lo...

O que não é difícil, pelo andar da carruagem.
Se vivêssemos num país sério, as cadeias estariam superlotadas dessas "autoridades".

terça-feira, 9 de novembro de 2010

ELES SE DIVERTEM E NÓS PAGAMOS A CONTA

Um presidente norte-americano disse que não se pode enganar todo mundo o tempo todo. E esta é a mais pura verdade.
Muita gente tentou descobrir o motivo pelo qual o SBT, do grupo Silvio Santos, armou aquela história contra José Serra, que foi agredido pelos petralhas, dizendo tratar-se de uma bolinha de papel, e porque cancelou o debate entre os presidenciáveis, que seria levado ao ar para todo o Nordeste.
Agora, sabe-se os bilhões de motivos:
O Grupo Silvio Santos anunciou na noite desta terça-feira, 9, um aporte de R$ 2,5 bilhões no Banco Panamericano, do qual é o principal acionista, com recursos emprestados pelo Fundo Garantidor de Crédito (FGC). Ou seja, dinheiro do Governo Federal, mais precisamente, do Banco Central.
O objetivo foi cobrir um rombo de R$ 2,5 bilhões descoberto cerca de um mês atrás pelo Banco Central, segundo informou o jornal o Estado online. 
Segundo pessoas que acompanham o processo, o rombo é resultado de ativos e créditos fictícios registrados por diretores do Panamericano supostamente para inflar os resultados da instituição.
A operação de empréstimo junto ao FGC foi fechada no último fim de semana, depois que os técnicos do BC conseguiram dimensionar o tamanho do rombo. 
A FRAUDE passou despercebida (por incompetência ou o quê?) pelos controles internos do Panamericano, por auditores independentes e até pelo pente fino da Caixa Econômica Federal, que, no ano passado, comprou 35% do capital total do Panamericano, por R$ 739,2 milhões.

GERALDÃO É O NOVO PRESIDENTE

Com 5 votos favoráveis, o vereador Geraldo Aragão Lima elegeu-se na noite de hoje, dia 09/11, terça-feira, presidente da Câmara de Vereadores de Buerarema, para o biênio 2011/2012, numa eleição marcada por traições e armações ilimitadas.
Inicialmente estava previsto que seriam candidatos, os vereadores Geraldão, pela oposição,  e pela situação, Bosco e Zé Eduardo – este o homem de confiança do Prefeito Mardes Monteiro.
Mas o grupo do “ainda, por enquanto” Prefeito Mardes, resolveu lançar o vereador Roque Borges como candidato, tentando desta forma desestabilizar a oposição.
Acontece que a oposição já estava preparada para a defecção de Roque Borges, tendo ido buscar mais um voto nas hostes governistas, cujo nome ainda é segredo.
O fato é que, dos nove vereadores, 5 votaram em Geraldão e 4 em Roque Borges, uma vez que convenceram Bosco a retirar a candidatura na última hora.
Com este resultado, se as informações forem corretas, o vereador Eudes Bonfim, atual Presidente do Legislativo de Buerarema assume a prefeitura quando Mardes sair mais uma vez, e em Janeiro do ano que vem, assume o lugar o vereador Geraldo Lima.
Se por acaso Mardes conseguir manter-se no poder, vai enfrentar muitas dificuldades para aprovar qualquer projeto e principalmente aprovar as contas, que terão que estar 1000% corretas, ou do contrário, entra, de vez, na lista dos fichas sujas.

TCU aponta graves irregularidades em 18 obras do PAC da mãe Dilma

(Os desvios de recursos são os principais problemas)
estadao.com.br, Atualizado: 9/11/2010 20:04

BRASÍLIA - O Tribunal de Contas da União (TCU) relacionou 18 obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) entre as 32 que apresentam irregularidades graves e que, portanto, devem ser paralisadas. Algumas dessas obras foram destacadas como exemplos na campanha da candidata eleita do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff.



Entre essas obras estão a ampliação do sistema de esgoto de São Luís, no Maranhão; a construção das obras do Berço de Atracação do Porto de Vitória, no Espírito Santo, e as obras da Ferrovia Norte-Sul, em Tocantins. As obras do PAC estão distribuídas por 15 das 27 Unidades Federativas do País.


Foram fiscalizadas 231 obras, cujos valores chegam a R$ 35,6 bilhões. Segundo o TCU, se todas as recomendações de correção dos contratos forem aceitas, a economia para os cofres públicos pode alcançar R$ 2,6 bilhões.


No ano passado, a ação do TCU motivou críticas do governo ao tribunal, inclusive por parte do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, sob a alegação de que o órgão estaria aparelhado pela oposição.


O TCU manteve o veto às obras de duas refinarias da Petrobrás: a Abreu e Lima, em Pernambuco, e a Presidente Getúlio Vargas (Repar), no Paraná. Os dois investimentos tinham sido brecados pelo TCU no passado, mas Lula ignorou a recomendação, autorizando a liberação de recursos para ambas. Caberá agora aos parlamentares da Comissão Mista de Orçamento (CMO) decidirem se apoiam o órgão ou se endossam a iniciativa de Lula.

Irregularidades

A relação das 231 obras auditadas pelo tribunal e as 32 que apresentam indícios graves de irregularidades - como sobrepreço, superfaturamento, licitação irregular, problemas ambientais e falhas nos projetos - foram entregues ontem aos presidentes da Câmara e do Senado, o deputado e vice-presidente eleito Michel Temer (PMDB-SP) e o senador José Sarney (PMDB-AP).


O TCU também recomendou aos parlamentares a retenção do pagamento de seis construções que apresentam indícios de superfaturamento. Duas delas estão na Bahia, vinculadas à Companhia de Desenvolvimento do Vale do São Francisco (Codevasf) e à Companhia de Trens Urbanos. As demais estão no Ceará, Goiás, Rio e Roraima.


A entrega da lista de obras embargadas este ano ocorre após a polêmica provocada pela aprovação de itens na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), em agosto, que facilitam os gastos do governo e abrem brechas para fugir da fiscalização do TCU. Um desses dispositivos autorizou a Petrobrás e Eletrobrás a ficarem fora da aplicação de tabelas oficiais de preços.


Para o presidente do tribunal, ministro Ubiratan Aguiar, a medida imporá 'maiores responsabilidades ao Congresso'. 'Nosso trabalho é técnico, subsidiamos as duas Casas. A decisão de alocar ou não recursos é do Congresso, e não do tribunal', afirmou, sem comentar a iniciativa do presidente de ignorar as recomendações do tribunal.


Relator do processo de fiscalização das obras, o vice-presidente do TCU, ministro Benjamin Zymler, defendeu uma lei própria disciplinando as auditorias de obras públicas, sem a vinculação à LDO existente hoje. Para os ministros, os 14 anos de atividade comprovaram a eficácia do sistema utilizado pelo TCU.

Comdema analisa propostas para criação da legislação ambiental

O Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente de Ilhéus (Comdema) realizou a sua 78ª sessão ordinária, nesta segunda-feira (8), no auditório da Fundação Cultural, na rua Jorge Amado, com a finalidade de tratar exclusivamente da análise da proposta de legislação ambiental. Depois de elaborada será encaminhada para apreciação e aprovação da Câmara de Vereadores. A legislação é o instrumento para ajustar o município no programa de Gestão Ambiental Compartilhada, da secretaria estadual do Meio Ambiente.

Aprovada pela Câmara e sancionada pelo prefeito Newton Lima, o município deve ainda cumprir exigências do programa, a exemplo de abrir concurso público para preenchimento de vagas técnicas, passando desta forma a ter condições plenas de habilitação de licenciamentos dos empreendimentos a serem implantados dentro da competência municipal.

Ficou deliberado pelo plenário do conselho a realização de sessão extraordinária nesta quinta-feira (11), a partir das 16 horas, no salão nobre do Palácio Paranaguá, com o objetivo de finalizar a discussão sobre as propostas até agora apresentadas. De acordo com o presidente do Comdema, José Nazal Pacheco, a reunião é aberta a qualquer pessoa interessada no assunto.
Ascom/Ilhéus
Por: Walmir Rosário
www.ilheus.gov.br

Itabuna tem parceria com a OI para Banda Larga nas escolas

O prefeito de Itabuna, Capitão Azevedo, assinou um protocolo com a OI visando à implantação de Banda Larga em 80 escolas municipais localizadas na área urbana da cidade.

O acordo tem um prazo de 15 anos e prevê a oferta de serviços gratuitos às unidades escolares, o que teria a preços de hoje um custo de R$ 1,5 milhão.

Participaram da formalização do convênio o diretor institucional da OI na Bahia, Ailton Lira e o executivo de negócios da empresa Rubens Sampaio.

Lira destacou a importância da parceria com o governo municipal num programa inclusivo, de largo alcance social e que visa a universalização da internet a partir das escolas - um projeto desenvolvido em parceria com a Secretaria Municipal da Educação.

Ailton Lira ressalta que a OI está doando para a prefeitura o serviço de banda larga para atender a todos os alunos da zona urbana: “O serviço já está instalado e em pleno funcionamento com supervisão da OI, que opera como provedora dos serviços”.

Não há prazo e nem perspectiva imediata de inclusão das escolas rurais na rede de banda larga, uma vez que não há sistema de telefonia. Na área urbana, o custo do serviço para cada unidade escolar seria em média de R$ 100.

Política Pública

Uma frente de promoção de políticas públicas para inclusão digital levou os ministérios das Comunicações e da Educação a desenvolver uma estratégia para garantir banda larga nas escolas públicas. No ano passado, o governo federal fechou um acordo com as operadoras de telefonia para substituir algumas das obrigações previstas nos contratos de concessão com as operadoras de serviço telefônico fixo.

Originalmente, os contratos, assinados em 2005, obrigavam que as empresas instalassem Postos de Serviço Telefônico (PSTs) em cada cidade brasileira. Os PSTs previam o funcionamento de um terminal de telefone fixo, uma linha de fax e internet discada. Em vez disso, as empresas ficaram obrigadas a levar banda larga nas escolas públicas urbanas.

De acordo com o governo, o programa Banda Larga nas Escolas terá a duração até 2025. Todas as escolas públicas urbanas serão conectadas até o ano de 2010. O próximo passo será levar banda larga para as escolas rurais.


Poe: Kleber Torres Fotos: 09-11-2010

Restaurante do Povo com cardápio mais diversificado

O Restaurante do Povo poderá ter incluído em seu cardápio, em breve, o pescado produzido pelos produtores que integram a Agricultura Familiar, em Itabuna. Esta é uma das propostas do secretário de Agricultura e Meio Ambiente, Marcelino Oliveira, que espera com isso dinamizar ainda mais o restaurante que já oferece alimentos de qualidade e com preço bastante acessível à comunidade.

Marcelino assumiu o comando do restaurante no inicio deste mês, por solicitação do prefeito Capitão Azevedo, mas informa que a administração está sendo desenvolvida em conjunto com a Secretaria de Assistência Social e com a diretoria do próprio restaurante.

Para ele, essa parceria já tem rendido bons resultados desde que a alimentação passou a ser regionalizada. Os produtos são adquiridos direto dos pequenos produtores da Agricultura Familiar, por meio do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), que vem sendo desenvolvida com sucesso no município. “Isso significa melhor qualidade da alimentação servida e menor custo tanto para o consumidor quanto para os cofres municipais”.

No momento o restaurante serve 720 refeições diárias, mas a previsão é de que até a próxima sexta-feira (12), esse número seja ampliado para mil, com o mesmo preço: R$2,00 o prato.

Uma boa refeição

O Secretário da Agricultura Marcelino

O secretário informou ainda que, além dos 16 funcionários que já trabalham no restaurante, a unidade ganhou mais um técnico em alimentos e outra nutricionista que acompanham desde a seleção dos produtos ao preparo dos alimentos. “A proposta do restaurante é justamente esta, servir uma refeição balanceada, nutritiva e de qualidade e que atenda as exigências nutricionais e do paladar do trabalhador”.

Outra proposta que está sendo estudada pela Secretaria de Agricultura de Itabuna e pela diretora do restaurante, Maria das Graças Cabral, é a de oferecer, além das refeições diárias ao meio dia, um sopão à noite, aproveitando ainda mais os produtos do PAA. O programa já atende só em Itabuna, 46 entidades assistenciais, segundo Marcelino.

Um programa elogiado

Ele disse que o PAA tem dado certo em Itabuna por causa da influência da superintendente regional para Bahia e Sergipe da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), Rose Pondé, que segundo ele, tem, não só acompanhado de perto, como também elogiado o programa no município. “Para nós isso é muito importante porque significa que o programa tem atingido seu objetivo como também ajuda a fortalecer as ações sociais que são desenvolvidas pela Prefeitura de Itabuna”.

Por: :Rosi Barreto Fotos: Waldyr Gomes – 09/11/10

CORRUPÇÃO S/A

 O Tribunal de Contas da União (TCU) apontou indício de irregularidade grave no trecho Caetité-Barreiras da Ferrovia de Integração Oeste-Leste – Fiol, que tem extensão total de 1,5 mil quilômetros e custo divulgado de R$ 4 bilhões.  A Ferrovia interligará o Tocantins ao sul da Bahia, desembocando em Ilhéus. A irregularidade grave, segundo relatório do TCU, foi encontrada na licitação de lote que corresponde à construção de ponte sobre o rio São Francisco. A ferrovia integra o Complexo Intermodal Porto Sul.
Mas não se preocupem os caros “cumpanhêros”, pois se Lulla não resolver, sua clone resolverá.
Ela afirmou que será a continuação desse (des)governo.
Lembrem-se que o mesmo TCU (Tribunal de Contas da União) recomendou ao Congresso a paralisação das obras de duas refinarias da Petrobras --Repar, no Paraná, e Abreu e Lima, em Pernambuco-- por irregularidades graves em contratos de construção.
De acordo com o órgão, foram encontrados indícios de sobrepreço de R$ 1,4 bilhão e R$ 1,3 bilhão, respectivamente, em contratos destas obras fiscalizados em 2010.
No ano passado, o tribunal já havia recomendado a paralisação destes dois projetos por irregularidades em outros contratos fiscalizados.
O Congresso manteve a recomendação na Lei Orçamentária do ano passado, mas Lulla vetou a paralisação destas dois projetos e as obras prosseguiram.
Afinal, foi para isso que 41 por cento dos brasileiros votaram: para que a corrupção continue tranqüila.

CHAMEM O TIRIRICA

Gilberto Dimenstein, na Folha

Passamos toda a campanha ouvindo os candidatos prometerem baixar os impostos. As urnas fecharam e imediatamente vemos os governantes  falarem na volta do imposto do cheque para financiar a saúde.

Se é para fazer palhaçada, melhor chamar o Tiririca.
Estamos assistindo a arrecadação crescer a cada ano. Assim como estamos vendo os gastos governamentais crescerem, inchando a folha de pagamento.

Só para tapar o buraco da aposentadoria dos funcionários públicos, que ganham muito mais do que a média do cidadão comum, são cerca de R$ 40 bilhões por ano --coincidentemente, o tamanho da CPMF. E quase quatro vezes a Bolsa Família.

O governo tem muito mais facilidade em tirar dinheiro do nosso bolso do que racionalizar seus gastos e combater desperdícios.

Agora mesmo está andamento, no Congresso, projeto para subir os salários do Judiciário, que teriam impacto de R$ 8 bilhões. Depois, viria, por uma questão de isonomia, o Ministério Público mais R$ 8 bilhões.

Um dos males de baixa escolaridade brasileira é que o cidadão não faz ideia quanto paga de imposto nem como o dinheiro é gasto.

Estamos pagando cada vez mais para bancar a elite do Brasil, composta de funcionários públicos.
Com isso, sobra menos dinheiro para os pobres, aqueles que usam o SUS.

Um imposto para a saúde seria plenamente justificável se soubéssemos que o governo está fazendo a sua parte, gastando melhor o que arrecada.

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

ELEIÇÃO EM BUERAREMA

População perdeu a paciência
Amanhã, dia 9, terça-feira, 20 horas, tem eleição do novo presidente da Câmara de Vereadores de Buerarema.
Três candidatos disputam o posto: Bosco, Zé Eduardo e Geraldão.
A eleição do Presidente da Câmara é importante, porque existe a possibilidade do eleito vir a comandar o município, numa eventual saída do prefeito Mardes Monteiro, que é anunciada para qualquer momento, pela oposição.
Por falar em Mardes, por conta do entra e sai do poder, ele já está sendo chamado de "prefeito vaga-lume".
Mardes apóia Zé Eduardo, enquanto Bosco corre por fora e Geraldão representa a oposição ao Prefeito Mardes "no exercício do poder, até Deus sabe quando".
Enquanto a briga política continua, a velha Macuco vai de mal a pior, com ruas esburacadas, funcionalismo público insatisfeito, saúde pública inexistente, enfim, um rosário de problemas.

Liminar da Justiça Federal suspende o Enem em todo o país


Por Nathalia Goulart. na Veja Online:
A Justiça Federal do Ceará acatou nesta segunda-feira pedido de liminar do Ministério Público Federal e determinou a suspensão temporária em todo o Brasil do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2010. “A suspensão tem caráter temporário e cabe recurso ao Ministério da Educação”, afirma a juíza Carla de Almeida Miranda Maia, da 7ª Vara Federal, responsável pela decisão. Procurado pela reportagem, o MEC, por meio de sua assessoria de imprensa, afirmou que está ciente da decisão judicial, mas não quis se pronunciar a respeito. Enquanto vigorar a suspensão judicial, segundo a juíza, o MEC não poderá divulgar informações sobre resultados das provas do fim de semana e tampouco marcar nova prova.
“Acatei o pedido de liminar porque entendi que o Enem não foi realizado com a devida segurança, desde a impressão até sua realização, neste fim de semana”, acrescenta a magistrada, referindo-se às falhas de impressão dos cadernos de questões e respostas entregues aos candidatos no sábado. “A suspensão é válida até que a Justiça avalie o recurso que o MEC provavelmente apresentará, ou até que os responsáveis pelo exame apresentem soluções consideradas suficientes para estancar as falhas do Enem 2010.”
A magistrada criticou também a proposta em estudo no MEC de realização de novo exame, ao qual compareceriam apenas os estudantes diretamente prejudicados pelo erro na impressão das provas de cor amarela. “O que foi apresentado até agora, aplicar a prova apenas a esses candidatos, não é suficiente”, diz. “Novas provas poriam em desigualdade todos os candidatos remanescentes.”
A juíza criticou ainda as declarações do presidente Joaquim José Soares Neto, presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), autarquia do MEC responsável pelo Enem. Em entrevista coletiva após a realização da prova do sábado, Soares Neto se referiu ao exame como uma “missão cumprida”, a despeito dos problemas ocorridos. “Isso é espantoso. É uma afronta ao coração do Enem”, diz Carla de Almeida.
Em nota, o procurador da República Oscar Costa Filho, que apresentou a ação civil pública aceita pela Justiça, também criticou a proposta do MEC de realização de nova avaliação. “O fato do Instituto de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) ter aventado realizar provas separadas para o mesmo concurso apenas confirma o total desconhecimento dos princípios que informam os concursos públicos, entre os quais a igualdade”, diz.