Lixo

Itabunense seja educado não jogue lixo na rua e nem no Rio Cachoeira. A Natureza agradece!

sábado, 10 de julho de 2010

Serra no Nordeste volta a prometer dobrar número de beneficiários do Bolsa Família


Carolina Pimentel
Enviada Especial da Agência Brasil
Em Fortaleza
10/07/2010 - 17h58

O candidato do PSDB à Presidência da República, José Serra, deu hoje (10) o pontapé inicial de sua campanha na Região Nordeste. Junto com aliados de partido - o senador Tasso Jereissati e o candidato ao governo do Ceará, Marcos Cals - Serra fez uma caminhada, de aproximadamente uma hora e meia, pelas ruas da cidade de Cascavel, a 60 quilômetros de Fortaleza.

O candidato voltou a prometer que irá dobrar o número de beneficiários do Programa Bolsa Família. De acordo com ele, os recursos virão da redução no pagamento de juros. Serra avalia que o programa não é caro e disse que quer associar o Bolsa Família a outras ações, como saúde e capacitação profissional de jovens.

O Nordeste é uma das regiões mais beneficiadas pelo programa.

“Não é um programa caro, especialmente se se leva em conta o proveito que a população carente tira dele”, declarou. “Não há uma correspondência entre quem recebe o Bolsa Família e o Programa Saúde da Família. É preciso fazer essa relação.”

O candidato criticou a proposta para a divisão dos royalties com a exploração do petróleo da camada pré-sal e defendeu que as regiões produtoras tenham direito a uma parcela maior. De acordo com o tucano, o modelo deve “atender a todos” e distribuir os lucros do petróleo entre os estados e municípios, mas as regiões produtoras – como o Rio de Janeiro e o Espírito Santo – devem receber mais.

Os senadores aprovaram emenda que prevê a divisão dos royalties entre todos os estados e municípios, e não somente entre os produtores de petróleo. A matéria voltará a ser analisada pela Câmara dos Deputados.

“O governo lançou [a proposta de divisão dos royalties] e deixou correndo no meio de uma campanha eleitoral, causando conflito entre os estados. Precisamos harmonizar isso. É perfeitamente possível distribuir os benefícios do petróleo para o conjunto de estados e municípios. As regiões produtoras terão algo sempre de especial, porque elas produzem e precisam de estrutura”, afirmou aos jornalistas.

Serra disse ser contrário ao uso de recursos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para a fusão de companhias. “Uma coisa é emprestar dinheiro para investimento, formar capital novo. Outra é para uma empresa comprar outra. Eu não sou contra uma empresa comprar outra, mas não com dinheiro subsidiado”, disse.

Na área da saúde, Serra disse que pretende lançar um programa de acompanhamento médico para as grávidas – elas seriam atendidas pelo mesmo profissional, do pré-natal ao nascimento da criança. Ele afirmou que já desenvolveu essa iniciativa quando estava à frente do governo de São Paulo e pretende torná-la nacional.

Para o Ceará, o candidato afirmou que dará continuidade a obras, de acordo com ele, “que foram anunciadas e mal começadas”. Ele citou a ampliação do Aeroporto de Fortaleza e a construção da Ferrovia Transnordestina, que irá até o Porto de Pecém, no estado.

Ao ser indagado porque decidiu iniciar pelo Ceará a campanha nordestina - região em que apresenta desempenho baixo nas pesquisas de intenção de voto - Serra alegou que tem apreço pelo estado e gostaria de visitá-lo mais.

Já o senador Tasso Jereissati, candidato à reeleição, negou que as cidades escolhidas para a visita de Serra – Cascavel, Uruoca, Marco e Massapê – sejam redutos eleitorais do atual governador Cid Gomes (PSB), irmão de Ciro Gomes e aliado da presidenciável do PT, Dilma Rousseff. “Isso aqui não é colônia de ninguém. É do povo”, respondeu o senador.

Durante a visita a Cascacel, Serra visitou a feira do município, cumprimentou eleitores e comerciantes e, inclusive, fez uma parada em uma padaria para tomar um refresco e tirar fotos.
Uol
Expressaounica

Itabuna, na Bahia, informou o diretório do PSDB local, o candidato Serra visita a cidade dia 17 de Julho. Neste período  dia 28, próximo, Itabuna está comemorando o seu primeiro centenário.

sexta-feira, 9 de julho de 2010

Brasil é emergente com terceira maior dívida pública, segundo FMI


Sexta-feira, 9 de julho de 2010 - 17h50
Foto: Marcos de Paula/AE
Da Redação, com agências
economia@eband.com.br

Um ranking do FMI (Fundo Monetário Internacional) com 27 economias mostra que o Brasil tem a terceira maior dívida pública entre países emergentes, perdendo somente para Hungria (2º) e Índia (1º).

Segundo o levantamento, a dívida bruta total do setor público brasileiro vai chegar a 67,2% do PIB em 2010, enquanto a húngara chegará a 78,9% e a indiana, a 79%.

Segundo especialistas, a elevação da dívida decorre principalmente da capitalização do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) em R$ bilhões, ocorrida entre 2008 e 2009 para ajudar o país a enfrentar a crise econômica.

Crescimento acima da média

Na última quinta-feira, dia 8, o FMI havia anunciado a revisão das projeções de crescimento mundial. O prognóstico foi elevado para 4,6%, ante o cenário feito em abril de 4,2%. A previsão para a expansão global em 2011 foi mantida em 4,3%.

O Fundo manteve sua previsão para o crescimento da zona do euro neste ano em 1%, mas reduziu a projeção para 2011 em 0,2 ponto, para 1,3%.

As maiores revisões para cima foram para as economias emergentes. O prognóstico para o crescimento do Brasil em 2010 foi elevado em 1,6 ponto percentual, para 7,1%, e para 2011 aumentou em 0,1 ponto, para 4,2%. O FMI também revisou o cenário para a China, para avanço de 10,5% neste ano, ante visão anterior de 10%.

Band
Redação: Luiz Fujita Jr
Itabuna lidera obtenção de recursos na Bahia        

Itabuna é o município que liderou no ano passado a obtenção de recursos para obras e investimentos públicos na Bahia através de uma parceria com o governo federal. O município, segundo dados do Portal de Convênios (Siconv), encaminhou 10 projetos aprovados no valor de R$ 18 milhões e 38 mil e tem empenhados junto ao governo federal R$ 16 milhões e 694 mil, participando com uma contrapartida de R$ 682 mil.

O segundo lugar fica para Feira de Santana, com 18 projetos no valor global de R$ 12,9 milhões e R$ 9,2 milhões empenhados. Em seguida vem Camaçari, com seis projetos de R$ 7,8 milhões e R$ 6 milhões empenhados. No quarto lugar fica Vitória da Conquista, com 10 projetos com um custo de R$ 5,1 milhões e R$ 3,7 empenhados.

Lauro de Freitas ficou na quinta colocação, com sete projetos no valor global de R$ 3,7 milhões e R$ 2 milhões empenhados, seguido de Ilhéus, com seis projetos de R$ 3,6 milhões e R$ 2,5 milhões empenhados. Aparecem no sétimo lugar Eunápolis, com três projetos de R$ 2,9 milhões (R$ 1,1 milhão empenhados) e em oitavo Teixeira de Freitas também com três projetos no valor total de R$ 811 mil e apenas R$ 745 mil empenhados.

Previsões - O secretário de Planejamento e Tecnologia, Maurício Athayde destaca os investimentos previstos também para 2010, com a ampliação do número de convênios com o governo federal. O maior projeto em andamento neste conjunto de 2009 é o de macro drenagem do canal do Lava Pés, na avenida Amélia Amado, com um valor estimado de R$ 12,4 milhões, contratados através do Ministério da Integração Nacional.

Ele informa ainda, que junto ao Ministério da Cidade foram pactuados investimentos de R$ 1 milhão para pavimentação e contenção de encostas no Zizo; mais R$ 102 mil para ações de infraestrutura urbana na rua Clóvis Santos, no bairro Santo Antônio, com requalificação do espaço público e melhoria da qualidade de vida da população e mais R$ 1,2 milhões destinados à pavimentação asfáltica em ruas localizadas em zonas especiais, incluindo passeios e rampas para deficientes.

Itabuna tem ainda, segundo Maurício Atahyde, convênios de R$ 654 mil junto ao Ministério da Justiça, para modernização da guarda municipal. aquisição de equipamentos permanentes e capacitação do seu efetivo; além de R$ 400 mil do Ministério da Saúde, para construção de postos médicos na Mangabinha e no Manoel Leão.

Outros R$ 105 mil foram contratados junto ao Ministério da Agricultura e Abastecimento para a implantação e gerenciamento de bancos comunitários de sementes de espécies de plantas utilizadas como adubos verdes.

Texto: Kleber Torres Fotos: Pedro Augusto 09-07-2010

Governo de Itabuna concede aumento
de salário para servidores

Um reajuste salarial de 5,3 por cento, retroativo a abril último, foi o que conquistaram os servidores municipais de Itabuna depois de negociação com o prefeito Capitão Azevedo e assessores.

A proposta com esse índice de aumento havia sido formalizada dias atrás e na noite desta quinta-feira (8) a diretoria do sindicato da categoria anunciou, após assembleia com associados, que estava aceitando a oferta da Prefeitura.

“Como tenho dito, o servidor municipal tem merecido o nosso respeito. No nosso governo, o servidor tem recebido um tratamento diferenciado, especial, e vai ser assim até o final da nossa gestão. Então, mesmo com as dificuldades financeiras por que estamos passando, fizemos esse grande esforço para atendermos, de certa forma, às necessidades do funcionalismo”, garante o prefeito Azevedo.


“É claro que precisamos, e merecemos mais, porém essa reposição já é importante. A partir deste mês de julho o servidor já recebe o seu salário com reajuste. Isso mostra que a nossa campanha foi vitoriosa e ainda abrimos caminho para outras negociações que poderão resultar em novas conquistas”, avalia a presidenta do Sindserv - o sindicato dos servidores -, Karla Lúcia Oliveira.

Texto: Joel Filho – Foto: Waldir Gomes
09.07.2010
Congresso de Heveicultura em Ilhéus será em agosto
A Ceplac vai apresentar resultados de pesquisas nas áreas de Genética, Fisiologia, Fitotecnia e Economia no II Congresso Brasileiro de Heveicultura que vai acontecer de 10 e 13 de agosto no Centro de Convenções de Ilhéus, com destaque para a vantagem agroeconômica dos Sistemas Agroflorestais (SAFs) com seringueira e a alternativa de substituição de eritrina por seringueira no sombreamento de plantações de cacau.

O Congresso será voltado para empresários do setor, estudantes, professores, pesquisadores, extensionistas e para pequenos agricultores. Entre seus objetivos pretende mostrar a importância da heveicultura como oportunidade de investimento e o seu papel na inclusão social no meio Rural. O evento atrairá um público de mais de 600 pessoas vindas de outros estados e de várias cidades do interior baiano.

Dentre as palestras a serem apresentadas merece destaque o tema “Desenvolvimento de Variedades Clonais para Dupla Aptidão no Sudeste Asiático” que será proferida pelo Doutor Ramli Othman que é pesquisador do Rubber Research Institute of Malaysia (RRIM), que vai falar sobre a experiência do seu país com a exploração econômica da madeira, além do látex.

Outros temas vão abordar áreas pertinentes ao desenvolvimento da heveicultura, com destaque para o mercado internacional da borracha natural e as políticas para o setor; os programas de desenvolvimento da heveicultura nos diferentes estados brasileiros; crédito agrícola e análise financeira de investimentos; desenvolvimento de variedades clonais no Brasil; técnicas avançadas de plantio e manejo de seringueira, além de doenças e pragas.

O tema da edição deste ano do Congresso Brasileiro de Heveicultura é “Agronegócio Borracha: Desenvolvimento Sustentável com Ênfase na Inclusão Social” e sua escolha se justifica pelo fato de a produção da seringueira permitir a inclusão de pessoas na agricultura familiar e gerar renda, a exemplo da Bahia que possui atualmente cerca de dois mil produtores de seringueira nesta condição.

O evento é uma iniciativa da Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira (Ceplac) do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), Secretaria da Agricultura, Irrigação e Reforma Agrária do Estado da Bahia (Seagri) e Plantações Michelin da Bahia Ltda, com o apoio de outros parceiros.

Pesquisadores, extensionstas e estudantes que pretendem apresentar trabalhos na área da borracha natural devem enviá-los para o correio eletrônico da coordenação do evento para que sejam revisados. Os trabalhos devem ser apresentados em forma de pôster ou oral.

Os interessados em participar do congresso devem se inscrever pela internet, através do endereço www.ceplac.gov.br/heveicultura.asp ou no local do evento, quando do início. Informações sobre hospedagem e traslado devem ser obtidas na empresa M21 através do telefone: (73) 3231-2100.

Feira do Chocolate


A Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira (Ceplac), órgão vinculado ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), está apoiando institucionalmente a Feira e Exposição Internacional do Chocolate – Expo Brasil Chocolate 2010. O evento será realizado de 22 a 25 de julho no Centro de Eventos São Luis, em São Paulo, capital, reunindo produtores e fabricantes de matéria-prima e expositores nacionais e internacionais da cadeia produtiva do chocolate.

A Expo Brasil Chocolate 2010 será uma boa oportunidade para o fechamento de novos negócios, pois durante quatro dias terá a visitação de lojistas, atacadistas e distribuidores de produtos, chefs, banqueteiros e confeiteiros, chocolateiros industriais e artesanais, gourmets, proprietários de restaurantes, docerias, confeitarias e padarias, profissionais de saúde e beleza e outros apaixonados por chocolate. Terá ainda representantes de editoras e livrarias, serviços e franquias e indústrias de máquinas e equipamentos.

A programação do evento que é promovido pela AM Feiras e Promoções prevê atividades relacionais a arte, beleza, saúde, cultura e entretenimento, a exemplo da Galeria do Cacau, Apresentação de Marcas, Ateliê Gourmet, Saúde e Beleza com exposição e demonstração de produtos, Pinturas e Esculturas, Praça do Chocolate, Palestras, Workshops e Exibições. Também haverá o Espaço Chocolito dedicado exclusivamente às crianças. Mais informações veja aqui (Folder do Evento, Planta do Local do Evento, Formulário e Regulamento).

Assessoria de Comunicação da Ceplac
Por Edvaldo Lessa
JOSÉ SERRA EM ITABUNA

O presidenciável JOSÉ SERRA, estará em Itabuna no próximo dia 17, segundo o Presidente do Diretório local do PSDB, José Adervan, que confirmou ao blog, a visita.

Segundo Adervan, em uma ação conjunta com o DEM, haverá uma recepção ao candidato no Aeroporto de Ilhéus, que será acompanhado em carreata até Itabuna, e na cidade, acontecerá uma caminhada pela Av. do Cinqüentenário.

Inicialmente cogitou-se em uma grande carreta pelas ruas de Itabuna, mas José Serra disse que “prefere caminhar e falar com as pessoas”, decidindo-se assim, pela caminhada.

Também o candidato ao governo da Bahia, Paulo Souto se fará presente durante o evento.

quarta-feira, 7 de julho de 2010

Espanha domina o jogo de ponta a ponta e vence a Alemanha por 1 x 0

Pela primeira vez desde 1998 teremos uma final inédita. Espanha e Holanda disputam domingo, no Soccer City, o posto de melhor equipe do mundo. Enquanto o Uruguai e Alemanha dusputam  o terceiro  lugar neste sábado.

terça-feira, 6 de julho de 2010

José Serra começa sua campanha na cidade de Curitiba


O candidato do PSDB à presidência da República, José Serra, começou sua campanha nesta terça-feira (6) em Curitiba, no Paraná, ao lado do candidato tucano ao governo do Estado, Beto Richa. As cores: verde, azul e amarela agora pertencem a vitória de Serra. A festa da vitória ainda não acabou!  

Foto: Terra.com

Holanda na final da Copa
Com um futebol que envolveu a forte defesa do Uruguai no segundo tempo, a Holanda venceu o rival sul-americano por 3 a 2 nesta terça-feira, no Estádio Green Point, na Cidade do Cabo, e voltou a uma decisão de Copa do Mundo após 32 anos. "Carrascos" da Seleção Brasileira nas quartas, Sneijder (autor dos gols que eliminaram o Brasil) e Robben (envolvido no lance da expulsão de Felipe Melo) decidiram o jogo com um gol cada.

Antes dos gols de Sneijder e Robben, o capitão Van Bronckhorst havia aberto o placar em uma bomba de fora da área. Forlán, autor do gol de empate uruguaio, sentiu a ausência do suspenso companheiro Suárez e, sozinho, não conseguiu reverter a situação. O outro tento do time celeste foi de Maxi Pereira, já no fim da partida que substituiu a Forlan.

Vice-campeã em 74 e 78, a Holanda tentará o título inédito contra o vencedor do confronto entre Alemanha e Espanha, que acontece nesta quarta-feira, em Durban. O Uruguai encara o perdedor na disputa do 3º lugar.

Com isso nenhum time sul americano ficou para disputar a taça. Com isso America do Sul perde em número de disputa, agora fica com nove e a Europa completará dez decisões. E agora a Holanda espera o resultado  do jogo de amanhã, entre a Alemha e a Espanha para saber quem será o seu adversário  da disputa da Copa.

Vamos aguardar 2014 para que aqui no Brasil, essa competição seja novamente empatada com a vitória do Brasil, com jogadores brasileiros e não estrangeiro. Jogador "estrangeiro" é pipoqueiro!
Foto: Terra.com
Assistência Social investe na qualificação de jovens

A Secretaria de Assistência Social de Itabuna iniciou, nos cinco núcleos locais do ProJovem, a qualificação de 600 jovens através do programa Menor Aprendiz. A meta, segundo o secretário José Antônio Formigli Rebouças, é qualificar inicialmente 1,2 mil jovens com a incorporação de mais 600 alunos do Projovem a partir do próximo mês.

O programa é aberto para jovens dos 14 aos 24 anos e leva em conta as dificuldades dos mesmos no acesso ao mercado formal de trabalho, com a oferta de cursos profissionalizantes.

“Essa é uma preocupação do governo do prefeito Azevedo e leva em conta as determinações do Estatuto da Criança e do Adolescente e as políticas do Ministério do Desenvolvimento Social para a questão do acesso do jovem ao mercado de trabalho”, explicou o secretário.

Para José Antônio Rebouças o Programa do Menor Aprendiz serve para definir o perfil dos jovens visando a sua qualificação profissional após levantamento junto a empresas interessadas na contratação de mão de obra.

Ele cita que Itabuna tem hoje mais de seis mil empresas e que a Secretaria de Assistência Social vem atuando junto a CDL, Associação Comercial e outras entidades ligadas ao comércio e à indústria para dimensionamento da demanda de cursos.

Num estágio inicial foram mantidos contatos com a Trifil, Banco do Brasil, Caixa Econômica e outras empresas interessadas na contratação de jovens aprendizes, mas que também podem usufruir deb alguns incentivos e benefícios específicos.

O que é

O Programa Menor Aprendiz, criado pelo governo federal, proporciona aos jovens uma oportunidade de se qualificar e se tornar um profissional com acesso ao mercado de trabalho. Esse programa tem beneficiado igualmente as empresas conveniadas que, além de terem os seus impostos reduzidos, também lucram com a descoberta de novos talentos.

Para participar e se tornar um menor aprendiz, é necessário ter entre 14 e 24 anos de idade, ser aluno de escola pública ou de instituições de ensino profissionalizante como Senai e Senac. Os horários de estudo são compatibilizados e um contrato especial é feito entre o jovem e a empresa credenciada.

Texto: Kleber Torres
06.06.10

segunda-feira, 5 de julho de 2010

Serra registra candidatura e diz que campanha custará R$ 180 mi
Serra declarou patrimônio de R$ 1,42 milhão e seu vice, R$ 1,44 milhão. Coligação ‘O Brasil pode mais’ é composta de seis partidos
Serra e Indio na convenção do DEM, na quarta passada (1º) (Foto: Dida Sampaio/Agência Estado)


O candidato do PSDB à Presidência da República, José Serra, apresentou nesta segunda-feira (5) o pedido de registro de candidatura ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Protocolado uma hora antes de encerrar o prazo para formalização das candidaturas, o documento traz a declaração de bens do tucano e de seu vice, o deputado Indio da Costa (DEM-RJ), e prevê estimativa de até R$ 180 milhões de gastos com campanha.

O candidato tucano declarou um patrimônio de R$ 1,42 milhão e o seu vice, de R$ 1,44 milhão. Na sua lista de bens, Serra informou possuir uma casa avaliada em R$ 61 mil, um terreno de R$ 44 mil, três salas comerciais avaliadas em R$ 240 mil e aplicações financeiras que completam o R$ 1,4 milhão declarado à Justiça Eleitoral.

Indio da Costa por sua vez disse ter R$ 401,7 mil em fundos de investimento, dois terrenos avaliados em R$ 460 mil, um ultraleve de R$ 170 mil, um barco de R$ 206 mil, além de ativos financeiros e depósitos bancários.

Os pedidos de registro de candidatura poderiam ser feitos no TSE até as 19h desta segunda. Com o protocolo da chapa tucana, o processo será entregue à relatoria de um dos ministros do tribunal, que vai analisar os documentos apresentados por Serra e Costa para decidir se concede ou não o registro. A coligação “O Brasil pode mais ”é composta por seis partidos: PSDB, DEM, PPS, PTB, PMN e PTdoB.

O TSE analisa apenas os registros de candidaturas à Presidência. Os pedidos de candidatos aos demais cargos são encaminhados ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de cada estado. Para se habilitarem ao pleito de outubro, os concorrentes ao Palácio do Planalto e aos governos estaduais devem apresentar ao TSE e aos TREs a plataforma de governo, a previsão de gastos para a campanha, a certidão criminal e a declaração de bens, assim como a foto que irá ser utilizada na urna eletrônica.

O TSE tem até o dia 5 de agosto para decidir e publicar as decisões sobre todos os pedidos de registro de candidatura recebidos. Caso a solicitação seja negada, o TSE tem até 19 de agosto para julgar eventuais recursos. Uma lista prévia com todos os políticos que solicitaram registro será divulgada no dia 8 julho pela Justiça Eleitoral e os candidatos que não estiverem no levantamento poderão solicitar sua inclusão até o dia 10 do mesmo mês.

Os demais candidatos:

Marina Silva (PV)


A primeira presidenciável a registrar candidatura junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) foi Marina Silva, do PV, que entregou os documentos no TSE na última quinta-feira e previu gasto máximo de R$ 90 milhões e revelou possuir um patrimônio de apenas R$ 148 mil. Os demais candidatos deixaram o registro para esta segunda-feira.

Dilma Rousseff (PT)

Em sua declaração de bens, a candidata do PT, Dilma Rousseff, discriminou patrimônio de R$ 1,06 milhão, formado por dois apartamentos em Porto Alegre (RS), um em Belo Horizonte (MG) e um automóvel no valor de R$ 30 mil.

Dilma estipula teto de gastos de R$ 187 milhões em sua campanha eleitoral, montante que será repartido entre PT (R$ 157 milhões) e PMDB (R$ 30 milhões). O valor é cerca de 80% maior do que o declarado pela campanha do presidente Luiz Inácio Lula da Silva nas eleições de 2006 (R$ 104,3 milhões).

O vice da chapa de Dilma, o deputado federal Michel Temer (PMDB-SP) informou ter patrimônio superior a R$ 6 milhões, montante bem abaixo do especificado pelo empresário Guilherme Leal, vice de Marina, de cerca de R$ 1,19 bilhão, dividido em bens como imóveis, terrenos, ações e obras de arte.

José Maria Eymael (PSDC)

Três presidenciáveis preferiram ir pessoalmente ao TSE. Levy Fidélix, do PRTB, José Maria Eymael, do PSDC, e Ivan Pinheiro, do PCB, fizeram o registro de suas candidaturas acompanhados dos advogados de seus partidos.

José Maria Eymael e Zé Paulo da Silva Neto, candidatos do PSDC, vão gastar no máximo R$ 25 milhões na campanha. Eymael tem patrimônio de R$ 3 milhões, e disse que após duas tentativas de chegar à Presidência, em 1998 e 2006, tem reais chances de vencer o pleito.

— Nas outras vezes cumpri uma missão, agora estou disputando para vencer — disse Eymael, que afirmou ser o quarto nas pesquisas eleitorais e ter o Twitter que mais cresce proporcionalmente entre os candidatos. E destacou que tem a expectativa de disputar o segundo turno.

Levy Fidelix (PRTB)

Levy Fidélix, do PRTB, depois de tentar oito eleições para cargos eletivos desde 1986, sem vitória, pleiteia, pela segunda vez, a Presidência da República. Fidélix afirmou que irá gastar até R$ 10 milhões em sua campanha. O candidato declarou um patrimônio de R$ 150 mil reais, divididos entre participações societárias, imóvel, carro e caderneta de poupança. Seu vice, Luiz Ayres Duarte, declarou R$ 219 mil, formado por uma casa e dois carros.

Fidélix disse ainda que pode ser o "azarão" das eleições:

— Você vê a Copa da África agora. Aqueles que em tese seriam os que poderiam ganhar a Copa, ficaram para trás. Vieram as surpresas. No mundo político quando o candidato mostrar a que veio, o eleitor vai ver a consistência do candidato, não a estrutura partidária.

Ivan Pinheiro (PCB)

Ivan Pinheiro, do PCB, chegou ao TSE perto de terminar o prazo para o registro, às 19 horas. Ele declarou uma patrimônio de R$ 355 mil, e disse que gastar R$ 200 mil na campanha. Pinheiro afirmou que defende uma revolução socialista sem violência, como ocorreu na Bolívia:

— Nosso objetivo é muito mais político que eleitoral. Não vamos dizer o que dá voto, mas sim nossas ideias políticas — disse.

Rui Pimenta (PCO)

Rui Pimenta, do PCO, previu um gasto de R$ 100 mil para sua campanha ao lado do vice Edson Dorta Silva. A declaração de bens de Pimenta mostra que ele é proprietário de um terço de um imóvel em São Paulo, avaliado em R$ 80 mil

José Maria (PSTU)

José Maria de Almeida e Cláudia Durans, candidatos a presidente e vice do PSTU, estimam gastar R$ 300 mil na campanha. Zé Maria declarou ter em seu nome apenas um veículo ano 2006 no valor de R$ 16 mil. Já a candidata a vice disse não possuir bens.

Plinio Sampaio (P-SOL)

Plínio Sampaio e Hamilton Assis, do P-SOL, estimaram gastar, no máximo, R$ 900 mil na campanha. Plínio declarou ter R$ 3,1 milhões em bens, sendo que R$ 775 mil originários de créditos decorrentes de empréstimo.

AGÊNCIA BRASIL/Gazetaweb.com
05/07/2010 16h16min

Expressaounica: Exclusivo:

Expressaounica: Exclusivo:

Exclusivo:

Sistema de Videomonitoramento de Itabuna deixa de funcionar!

Este blog está recebendo informação de que  por falta de manuntenção dos equeipamentos, o sistema de Videomonitoramento de Itabuna fechou as portas hoje (06.06.10).  É uma notícia muito ruim para o comércio de nossa cidade, que travou uma grande luta para a instalação dessas câmeras em todo centro da cidade e no centro comercial.

O projeto também seria extensivo ao bairro São Caetano.

De quem será a culpa do sistema ter saído do ar?

As entidades de classe: Associação Comercial de Itabuna (ACI) e a CDL, com a ajuda de alguns empresários com muita luta conseguiram instalar as câmeras do sistema, o que de imadiato ficou constatado a queda dos assaltos no centro da cidade.

O Prefeito Municipal na época Fernando Gomes liberou a sede da Central, o governo do estado, que veio inaugurar o novo sistema ficou de dar o suporte através da Policia Militar! Na época, foi até muito criticado porque não contribuiu para sua instalação.

Voltamos a questionar de quem é a culpa: Dos empresários? Do Governo do Estado? Do Governo Municipal?

A realidade é que o centro de Itabuna, não pode ficar sem segurança. Caso contrário, a bandidagem  vai  jogar solta, deitar e rolar!
Foto: Arquivo
Vereadora de Salvador em plenária parabeniza
a iniciativa da FTC Itabuna

A iniciativa da Faculdade de Tecnologia e Ciências (FTC) de Itabuna de implantar o projeto FTerCeira Idade - Faculdade Aberta da Terceira Idade – foi parabenizada pela vereadora Andrea Mendonça (DEM), da Câmara Municipal de Salvador, durante pronunciamento feito no plenário daquela Casa Legislativa.

“Parabenizo a FTC de Itabuna pelo lançamento do Projeto Faculdade Aberta da Terceira Idade. A iniciativa, que surgiu com a perspectiva de promover o desenvolvimento continuado do ser humano e validação da existência longa e saudável, é o resultado do convênio em parceria firmada com o Conselho Municipal do Idoso”, destacou a edil.

Adrea ressaltou ainda que o projeto será desenvolvido como mais uma ação cidadã da Instituição de Ensino Superior na área de extensão. A menção da vereadora foi comunicada à direção da FTC Itabuna, através do Ofício nº 959/2010, encaminhado pelo 1° secretário da Câmara de Salvador, Sidelvan Nóbrega.

Projeto

Estão programados pela FTerCeira Idade vários cursos, seminários, palestras, oficinas, abordando diversas temáticas, aulas de dança, de informática, de educação postural, sessões de cinema (filme e discussão da temática), avaliações e orientações nutricionais, além de terapias e dinâmicas de grupo.

O local central de realização das atividades será o campus da FTC Itabuna, auditório, salas de aula, laboratórios de informática, tablado cultural, jardim sensorial e sala de artes, seguindo o cronograma estabelecido.

Para alcançar o seu público alvo, que são os idosos, a FTC conta com o apoio do Conselho Municipal do Idoso e dos clubes da terceira idade.

Assessoria de Imprensa – FTC Itabuna
Por: Erivaldo Bomfim
05/07/2010
Promotores traçam estratégia das eleições 2010
Os promotores de Justiça estão reunidos durante todo dia de hoje (5) para o I Encontro Ministério Público Eleitoral, realizado na sede da Procuradoria Geral de Justiça. A discussão gira em torno das estratégias de atuação durante as eleições 2010, cujo principal tema será as mudanças na propaganda eleitoral, liberada a partir de amanhã.

Durante a apresentação, o subprocurador geral da República Edilson França destacou que “a propaganda é a vítima do processo eleitoral e que deve ser vigiada para não comprometer a lisura do pleito”.

O evento, que iniciou por volta das 9h, serve ainda para instrução dos 35 novos promotores eleitorais que tomarão posse na próxima quinta0feira. O encontro é presidido pelo procurador-geral Manoel Onofre Neto, com participação do procurador regional eleitoral Ronaldo Sérgio Chaves Fernandes e demais membros do MPE.

Durante a tarde, haverá o lançamento da campanha educativa “Voto Livre. Voto Limpo”, dentro do programa estadual “Aprendendo a ser cidadão”.
Tribuna do Norte

Lei Eleitoral já está valendo

Desde sábado, qualquer candidato às eleições de outubro está proibido de comparecer a cerimônias de inaugurações de obras públicas. Já o presidente da República, ministros e altas autoridades do Executivo podem participar da campanha eleitoral – que começa oficialmente na terça-feira. Assim, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva está autorizado pela Lei das Eleições (9.504/97) a discursar em comícios e reuniões ao lado de Dilma Rousseff, sem correr o risco de ser novamente multado pelo Tribunal Superior Eleitoral. Mas desde que fora de sua agenda oficial, e desde que a coligação do PT e demais partidos que apoiam a sua candidata à sucessão banque as despesas com o uso do transporte oficial pelo presidente da República e sua comitiva.

De acordo com o calendário eleitoral, até as 19h desta segunda-feira, os partidos têm de apresentar os registros de seus candidatos – os concorrentes a presidente e a vice-presidente da República, no TSE; os aspirantes ao Congresso, aos governos estaduais e assembleias legislativas, nos respectivos tribunais regionais eleitorais. Dentre os documentos exigidos para todos os candidatos estão a declaração de bens e certidões criminais fornecidas pelos “órgãos de distribuição da Justiça Eleitoral, federal e estadual”. Estas certidões estarão disponíveis, em formato PDF, no site do TSE, na página intitulada Divulgação de registro das candidaturas.

Propaganda
A partir de terça-feira, a propaganda eleitoral está franqueada em todo o país. No estado do Rio de Janeiro, serão eleitos – além do governador e dois senadores – 44 deputados federais e 68 estaduais. Os candidatos já poderão realizar comícios, com aparelhagem de som fixa (das 8h às 24h), e utilizar alto-falantes ou amplificadores de som nas sedes dos partidos ou em veículos (das 8h às 22h). As carreatas, passeatas e caminhadas são liberadas, mas permanece a proibição de comícios com shows ou animação feita por artistas. Nestes três meses que antecedem o pleito, a Lei Eleitoral proíbe também expressamente que, em cerimônias de inaugurações de obras, haja contratação de “shows artísticos” pagos com recursos públicos, sob pena de cassação do registro do candidato beneficiado, agente público ou não.

A Lei das Eleições permite faixas e cartazes, desde que não fixados em bens públicos ou em “locais de uso comum”, mesmo privados, como templos, escolas, lojas e cinemas. A utilização de outdoors continua vedada. A distribuição de folhetos e santinhos é livre, mas os impressos devem conter, obrigatoriamente, o número de inscrição, no Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ) ou no Cadastro de Pessoas Físicas (CPF), do responsável pela confecção das peças. A propaganda na internet está praticamente franqueada em sites hospedados em provedores estabelecidos no Brasil, e também em blogs e sites de relacionamento (Orkut, Facebook, Twitter). A propaganda gratuita controlada pela Justiça Eleitoral no rádio e na televisão começa no dia 17 de agosto e vai até 30 de setembro.

 Cuidados especiais
A cartilha que a Advocacia-Geral da União publicou, Condutas vedadas aos agentes públicos em campanhas eleitorais, destaca os seguintes pontos que devem ser levados em conta a partir do dia 6:
* Obras públicas
Participação de candidatos em inaugurações: “Com a Lei 12.034/09, a vedação passou a alcançar o simples comparecimento a inaugurações de obras públicas (...). E passou a ser aplicável aos candidatos a qualquer cargo, não só aos cargos para o Executivo”.
* Pronunciamentos
Proibição de pronunciamentos de altas autoridades em cadeia de rádio e TV, “salvo quando, a critério da Justiça Eleitoral, tratar-se de matéria urgente, relevante e das funções do governo”.
* Transporte oficial

“A vedação de cessão e utilização de bens públicos não se aplica ao uso, em campanha, de transporte oficial do presidente da República, nem ao uso, em campanha, dos candidatos a reeleição de governador e vice-governador (…) de suas residências oficiais, com os serviços inerentes à sua utilização normal, para a realização de contatos, encontros e reuniões. O ressarcimento das despesas com o uso de transporte oficial pelo presidente da República e sua comitiva em campanha será de responsabilidade do partido político ou coligação a que esteja vinculado; o ressarcimento terá por base o tipo do transporte usado e a respectiva tarifa de mercado cobrada no trecho correspondente, ressalvado o avião presidencial, cujo ressarcimento corresponderá ao aluguel de uma aeronave de propulsão a jato do tipo taxi aéreo”.

domingo, 4 de julho de 2010

Para evitar tumulto, jogadores não passam por saguão de aeroporto

Por sugestão da Infraero, atletas que desembarcaram em São Paulo saíram por portão lateral e evitaram 200 torcedores

Marcel Rizzo, iG São Paulo
04/07/2010 06:37

Por orientação da Infraero, os jogadores da seleção brasileira que desembarcaram em São Paulo na manhã deste domingo não passaram pelo saguão do aeroporto de Cumbica e frustraram cerca de 200 pessoas que aguardavam no desembarque do terminal 1.

Pelo menos 11 jogadores, mais o técnico Dunga, estavam no vôo que deixou o Rio de Janeiro e foi até São Paulo. Por causa da neblina, o avião fretado demorou a decolar a capital fluminense. Cumbica só reabriu para pouso e decolagens por volta das 4h15, quando o avião deixou o Rio.

A chegada em São Paulo foi por volta das 5h10, quando curiosos que esperavam parentes ou desembarcaram se juntaram a cerca de 50 torcedores que foram especialmente para ver os jogadores da seleção.

Foto: Marcel Rizzo, iG São Paulo

Torcedores e jornalistas esperavam os jogadores das seleção, mas levaram drible no aeroporto

Somente Andrés Sanchez, chefe de delegação, e Luiz Rosan, fisioterapeuta, passaram pelo saguão. Os jogadores ficaram com medo da reação da torcida, que a princípio estava ali para apoiar com bandeiras e cornetas.

“Os jogadores estão tristes. Estávamos lá para sermos campeões. É um momento que eles precisam ter de tranqüilidade”, disse Sanchez.

A negociação com a segurança Infraero, estatal que administra os aeroportos brasileiros, e os representantes da CBF sobre por qual portão os jogadores sairiam demorou quase uma hora. A decisão foi que eles deixassem o aeroporto pelo portão 3, próximo ao prédio da Receita Federal, no qual imprensa e torcedores não têm acesso, para evitar tumulto. Um ônibus foi disponibilizado pela CBF para levá-los até São Paulo (o aeroporto fica em Guarulhos, município vizinho à capital paulista).

Dunga ficou no aeroporto porque teria conexão até Porto Alegre, assim como o capitão Lúcio, que seguiria para Brasília, e Grafite, que iria para Recife. Passaram pelo portão 3 Robinho, Elano, Josué, Júlio Baptista, Doni, Maicon, Daniel Alves, Josué e Luisão. O preparador físico Paulo Paixão estaria no mesmo voo que Dunga para Porto Alegre.

Na fila da alfândega, muitos torcedores tiraram fotos com os jogadores e com o técnico Dunga. Segundo jornalistas que estavam no avião, os jogadores foram aplaudidos e não houve constrangimento.

"Mas eles podiam ter passado pela gente, que estávamos aqui para apoiar. Não precisava ter medo", disse Pedro Ferreira, 24 anos, que saiu de uma festa em Guarulhos para tentar ver os jogadores do Brasil.
Ibope confirma Serra e Dilma empatados às vésperas da largada
Foto Emanuel Pinheiro/AE
Sucessão. Ambos tem 39% das intenções de voto, segundo sondagem encomendada pela Associação Comercial de SP; números, praticamente iguais aos do Datafolha, vêm após tucano ganhar destaque em anúncios exibidos em rede nacional de rádio e TV

04 de julho de 2010
0h 00
Por: Daniel Bramatti - O Estado de S.Paulo


Às vésperas do início oficial das campanhas eleitorais, a petista Dilma Rousseff e o tucano José Serra aparecem empatados na corrida presidencial. Ambos têm 39% das intenções de voto, segundo pesquisa Ibope encomendada pela Associação Comercial de São Paulo.


A pesquisa, feita após Serra ganhar destaque em 20 anúncios de 30 segundos do PSDB, exibidos em rede nacional de rádio e televisão, confirma o cenário captado nos últimos dias pelo instituto Datafolha, que também apontou um empate técnico entre os presidenciáveis: Serra com 39% e Dilma com 38%.


Há pouco mais de uma semana, o Ibope havia divulgado a primeira pesquisa em que a candidata do PT aparecia como líder isolada, com cinco pontos porcentuais de vantagem em relação ao adversário. Desde então, o tucano subiu quatro pontos porcentuais e Dilma oscilou negativamente um ponto. A candidata do PV, Marina Silva, apenas oscilou de 9% para 10%.


O empate entre os dois principais candidatos à Presidência persiste na simulação de segundo turno ? ambos aparecem com 43% das intenções de voto.Dilma está à frente, porém, no quesito expectativa de vitória. Para 45% dos entrevistados, ela será a próxima presidente da República. Outros 34% preveem que Serra será o vencedor.


Gêneros e regiões. O candidato do PSDB voltou a se distanciar de Dilma no eleitorado feminino ? nesse segmento, o tucano lidera por 46% a 39%. A pesquisa Ibope realizada entre os dias 18 e 21 de junho mostrava, pela primeira vez, um empate entre os dois principais adversários entre as mulheres. Entre os homens, é a petista quem leva vantagem, por 48% a 39%. O tucano também se descolou da adversária na região Sudeste, onde voltou a ocupar a liderança isolada, com 41% a 34%.


No Norte/Centro-Oeste, Serra virou o jogo: perdia por 40% a 34% e agora lidera por 43% a 35%. Na Região Sul, o tucano vence por 45% a 37%. Dilma está à frente apenas no Nordeste (50% a 30%). Oscilações significativas nos resultados regionais não são incomuns. Como o número de entrevistas é relativamente pequeno em cada região, as margens de erro nesse quesito são grandes.


Palanque eletrônico. O Ibope mediu o impacto da propaganda partidária exibida recentemente, que foi utilizada pelos candidatos como plataforma para se promover. Um terço dos entrevistados lembrou ter visto propagandas do candidato tucano nas duas semanas anteriores ao levantamento. No caso de Dilma, esse índice foi de 27%.


Todos os dados se referem ao cenário em que são apresentados aos entrevistados apenas os nomes dos três principais concorrentes à eleição. Quando os chamados "nanicos" são incluídos no levantamento, Serra e Dilma empatam em 36% e Marina fica com 8%.


A pesquisa ainda incluiu os nomes de Ciro Moura (PTC) e Mário de Oliveira (PT do B), que desistiram de concorrer às vésperas do prazo final para as convenções partidárias. Ontem, o PSL anunciou que Américo de Souza também não será mais candidato, o que reduziu o número de presidenciáveis para dez.


Na pesquisa espontânea, aquela em que os eleitores manifestam asua preferência antes de ler a lista de candidatos, Dilma lidera com 22% das intenções de voto. Serra vem a seguir, com 17%. Ainda há 12% de eleitores que citam o presidente Luiz Inácio Lula da Silva como o seu nome favorito, apesar de ele não ser candidato para o próximo pleito.


A três meses do primeiro turno, pouco mais da metade da população afirma ter "muito interesse" ou "interesse médio" pelas eleições. Nada menos que 44% admitem ter pouco ou nenhum interesse pela questão.