Lixo

Itabunense seja educado não jogue lixo na rua e nem no Rio Cachoeira. A Natureza agradece!

sexta-feira, 26 de março de 2010


Lula só “H”

O Presidente Luis Inácio Lula da Silva em seu discurso em Itabuna no de hoje (26), estava mais para comediante do que para Presidente da Republica, para atender as reivindicações dos produtores da Região Cacaueira da Bahia.

 A respeito da solicitação da categoria para anistiar os débitos da lavoura, que foi exterminada pela “vassoura de bruxa” nos anos 90, e, segundo informação trazida, conforme investigação, pela mão humana, disse que não podia fazer nada.

O mesmo aconteceu quando lhe solicitaram a duplicação da Ilhéus/Itabuna, quando o Presidente mandou entregar o projeto ao Governador Jaques Wagner para se anexar ao PAC...

A verdade é a de que Lula, só veio mesmo à região para apresentar sua candidata a Presidência da República Dilma Russeff. A sua segurança foi maior do que as dos presidentes da época do regime militar. Um grande desrespeito à população regional para quem tanto fala em democracia!

Os cacaicultores em débito com a união com a incompreensão de Lula, agora só tem um caminho procurar o Congresso Nacional, com a ajuda de algum deputado, para executar o Projeto de Anistia. Será que Lula o sancionará?

Itabuna e Ilhéus em relação à duplicação dos 30 quilômetros que separam as duas cidades (Rodovia Jorge Amado) devem esperar mais alguns anos, esperando que o PAC seja desempacado!

O desrespeito do Presidente e do Governador para com a região cacaueira do sul da Bahia é gritante, levando-se em consideração de que essa região foi uma das que mais contribuíram para o desenvolvimento do Estado e do País, na época área do cacau. O retorno ainda não aconteceu.

 O Gasene, só passou por aqui, nossa região, porque não encontraram outro caminho!

Quem quer ver piada “de que furando o chão prá buscar petróleo vai dá no Japão ou na China”; “De quando vejo o retrato de Deus, sinto que ele é brasileiro e nasceu no nordeste”, são os atores da Rede Globo do “Caceta e Planeta!”      

Fotos Pedro Augusto 
  
Azevedo diz a Lula que Itabuna precisa de investimentos em infraestrutura


O prefeito de Itabuna, José Nilton Azevedo Leal (Capitão Azevedo), foi o primeiro a discursar na cerimônia de inauguração da base do Gasoduto da Integração Sudeste – Nordeste. Ao lado do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, do governador Jaques Wagner e comitiva, o prefeito destacou a posição de Itabuna como polo de desenvolvimento regional e reafirmou que o município necessita de investimentos em infraestrutura para crescer e gerar empregos.


Para o prefeito, o implemento do gás natural dará uma contribuição significativa para que a cidade amplie o seu parque industrial, mas outras carências na área de infraestrutura não podem ser esquecidas. “O problema do abastecimento de água, por exemplo, é algo que precisamos resolver com a maior brevidade”, observou Azevedo. Lembrou, no entanto, que o governo baiano já se comprometeu com a construção da barragem no Rio Colônia, que fará com que a cidade diminua sua vulnerabilidade às estiagens.


Azevedo reafirmou que o seu governo está aberto ao diálogo com todas as forças políticas, independentemente de cor partidária, desde que o objetivo seja beneficiar a sociedade. “Antes de nos preocuparmos com os partidos, temos que buscar somar forças para melhorar a vida das pessoas e, por isso quem quiser investir em Itabuna, que venha”, frisou.


O investimento no social, com o estímulo a setores como a agricultura familiar, foi enfatizado pelo prefeito. Ele fez questão de afirmar que Itabuna é destaque na execução do Programa Nacional da Agricultura Familiar (Pronaf) e do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), no qual é hoje a primeira da Bahia e a 16ª do País. “Estamos melhorando, com isso, as condições de vida do homem do campo”, declarou Azevedo.


O prefeito foi portador de uma carta de cacauicultores para o presidente Lula, na qual se apontam equívocos da Ceplac nas duas primeiras fases do Programa de Recuperação da Lavoura Cacaueira e se reivindica anistia de débitos financeiros da lavoura referentes àquelas etapas. Ele também defendeu que o Governo Federal invista no fortalecimento da Ceplac. O governador Wagner assegurou que a questão da dívida da cacauicultura será resolvida com a Medida Provisória 472.

Texto: Ricardo Ribeiro Fotos:Waldir Gomes e Pedro Augusto


Lula hoje em Itabuna e Ilhéus

Chega hoje às 10:30 à região Cacaueira o Presidente Lula acompanhado da ministra da Casa Civil, Dilma Russef. Lula será recebido pelo Governador Jaques Wagner e deputados da base do governo em Ilhéus.

Primeiro em Itabuna, o Presidente da República inaugurará o Gasoduto que interliga o Sudoeste ao Nordeste (Gasene) com base nesta cidade, localizado no Parque Antonio Setenta, Zona Oeste do município.

Já em Ilhéus o Presidente Lula abrirá o processo de licitação para a construção da ferrovia Oeste/Lesta, Tocantins/Ilhéus.

A sua chegada está sendo esperada com grande expectativa, principalmente pelos produtores de cacau que querem uma solução para resolver o impasse das dívidas.

Na oportunidade, o Prefeito de Itabuna, Capitão Azevedo, entregará ao Presidente um documento reivindicatório dos cacauicultores, que solicitra também ao Presidentre para ver a questão das terras  dos municípios  de Una, Ilhéus e Buerarema, onde muitos produtores podem perder suas tarras produtivas para os indios Tupinambás!  

Os produtores bastante prejudicados pretendem fazer uma manifestação de protesto, usando 600 cruzes pretas e uma bandeira do Brasil com 30 metros de diâmetro.       

 A solenidade em Itabuna no Posto da Petrobrás na rodovia Itabuna/Ibicaraí (Parque de Exposição Antonio Setenta) está programada para as 11:00 horas. 

Foto: arquivo

quinta-feira, 25 de março de 2010


                 ACI: 
Fórum Empresarial dia 09 de Abril no Tarik
A Associação Comercial e Empresarial de Itabuna (ACI) programou para o dia 09 de Abril de 2010 (Sexta-feira) às: 12:00 horas no Tarik Fontes Plaza Hotel, mais um FÓRUM DE LÍDERES EMPRESARIAIS na sua 12ª edição.
Desta vez, os empresários vão ouvir e discutir “o Pré-Sal e o Marco Regulatório”, através da palestra do Coordenador do Gabinete da Presidência da Petrobrás. Rosemberg Pinto. Na oportunidade o Presidente da ACI, Eduardo Fontes estende convite aos diretores, sócios e empresários de Itabuna. 

quarta-feira, 24 de março de 2010

Projeto repassa recursos a municípios inadimplentes!

                                                                                     Agência Estado

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva assinou projeto de lei que permite a transferência de recursos da União para pequenos municípios inadimplentes ou com problemas com a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). A proposta garante às prefeituras de cidades com até 50 mil habitantes firmarem convênio para receber ações do programa Territórios da Cidadania, que neste ano de eleições tem R$ 27 bilhões em caixa para gastar até dezembro.


Pela proposta enviada ao Congresso, o governo federal poderá fazer transferências do programa Territórios da Cidadania para os municípios incluídos no Cadastro Único de Convênios, o Cauc. A lista de inadimplentes, uma espécie de "Serasa" das prefeituras, foi idealizada pelo Tesouro Nacional em 2001 para impedir repasses a municípios e Estados que não cumprirem exigências da Lei de Responsabilidade Fiscal ou que usarem de forma irregular recursos da saúde e da educação. Estima-se que mais da metade dos pequenos municípios e dos Estados estão nessa lista.


O próprio presidente reconheceu que "malandros" podem se beneficiar da proposta de liberar recursos para municípios incluídos no cadastro de inadimplentes. "No Brasil, habitualmente, as pessoas muitas vezes não cumprem com o seu compromisso: uns porque não podem, outros porque estão em dificuldade, e outros porque querem ser malandros e não querem cumprir."


Ele avaliou que o Cauc criou uma "estupidez burocrática", impedindo convênios com prefeituras. "Nós descobríamos que o Cauc era um empecilho", disse. "Se uma prefeitura deve para a Previdência hoje, ela não pode fazer nenhum convênio com o governo, mas amanhã ela pode estar em dia e ela pode fazer. Mas depois de amanhã ela pode não fazer mais", ressaltou. "Resolvemos apostar que todo mundo é honesto até que se prove o contrário. É um voto de confiança para fazer fluir o dinheiro que está disponibilizado."


O programa Territórios da Cidadania é um conjunto de ações de 22 ministérios em áreas pobres, especialmente na zona rural. Na estimativa do governo, serviços de saúde, odontologia, farmácia, entre outros, beneficiam 42 milhões de pessoas em 1852 municípios do interior.
Discussão Pre-Sal:
Proposta deixaria União com 50% dos royalties 

Luciana Cobucci
Direto de Brasília
A Confederação Nacional dos Municípios (CNM) apresentou nesta quarta-feira uma proposta à emenda que trata da distribuição dos royalties do pré-sal em que a participação especial - forma de compensar produtores com recursos da exploração do petróleo - obtida dos contratos de concessão seria dividida em 50% para União, 25% para Estados e 25% para municípios. Esses 50% que não ficariam com a União seriam distribuídos de acordo com os fundos de participação dos Estados (FPE) e dos municípios (FPM).


Além disso, de acordo com a proposta, a União compensaria as perdas de arrecadação dos Estados e municípios produtores (levando em consideração a diferença de receita tomando o ano de 2009 como base) por um período de quatro anos. Paulo Ziulkoski, presidente da CNM, estima que esse prazo seria suficiente para recompor as perdas dos Estados e municípios produtores.


"Estimamos que a produção de petróleo no pré-sal cresça 10% ao ano. Soma-se isso ao aumento natural do preço do barril de petróleo. Esses quatro anos seriam suficientes para a União compensar a perda dos produtores. Mas, se não houvesse essa compensação pela União, ela aconteceria naturalmente em 2018", afirmou.


Pela proposta da CNM, com a criação do modelo de partilha, não haveria mais pagamento da participação especial, e a divisão dos royalties ficaria assim: 22% para a União, 22% para os Estados, 22% para os municípios, 25% para os Estados produtores e 9% para os municípios produtores.


Segundo Ziulkoski, essa compensação seria feita a dois Estados (RJ e ES) e cinco municípios que perderiam com a emenda da CNM. "Seriam quatro municípios fluminenses e um capixaba. A perda do Rio de Janeiro cairia de R$ 7 bilhões para R$ 2 bilhões, e do Espírito Santo cairia para R$ 89 milhões. Além disso, todos os municípios ganhariam R$ 30 milhões", afirmou.


O presidente da CNM afirmou que, em almoço com 16 senadores nesta quarta-feira, todos anunciaram apoio à emenda. Nenhum parlamentar do Rio de Janeiro, São Paulo ou Espírito Santo - Estados produtores de petróleo que perdem com a emenda Ibsen - estão entre os apoiadores.

Municípios fluminenses abandonam CNM

Inconformado com a proposta apresentada pela CNM ao projeto de lei que trata da distribuição dos royalties do pré-sal, a Associação Estadual dos Municípios do Rio de Janeiro (Aemerj) anunciou a desfiliação de todas as cidades fluminenses do grupo. Em nota divulgada nesta quarta, a Aemerj afirma que a proposta de emenda da CNM é inconstitucional e não foi discutida com a associação. A entidade afirma, ainda, que a proposta da Confederação é inconstitucional e prejudica os interesses dos municípios fluminenses.

Desde que a emenda que redistribui os royalties e a participação especial do petróleo igualmente entre Estados e municípios foi aprovada pela Câmara, a Aemerj tem recomendado aos municípios fluminenses a desfiliação da CNM. Segundo a Associação, 87 cidades do Rio de Janeiro eram associadas à Confederação Nacional dos Municípios.



» Entenda a polêmica sobre royalties do petróleo
» Siga o Terra no Twitter
"Politico Ficha Limpa" será votado dia 7 de abril, diz Michael Temer


O presidente da Câmara, Michel Temer, vai convocar uma Comissão Geral para discutir, na próxima terça-feira, a legalização dos bingos no país. "Vou chamar representantes do Ministério da Fazenda, da Receita Federal, do Coaf, do Ministério da Justiça, o presidente da Associação de Bingos, outros presidentes de associações de jogos para um grande debate no plenário. Eu disse aos líderes que levaria ao Plenário, dependendo destas manifestações. Eu quero manifestações oficiais à respeito desse assunto."

Para esta semana, o presidente Temer acertou com os líderes partidários a votação da MP 472, que engloba vários temas, como a concessão de incentivos fiscais de cerca de R$ 3 bilhões a vários setores da economia. Também ficou acertada a inclusão na pauta do Plenário da proposta que trata da aposentadoria dos deficientes, a que prevê a implantação de banda larga nas escolas e a questão da realização de plebiscito para a criação dos estados de Carajás e Tapajós.

Ficha Limpa

Michel Temer disse ainda que vai pautar para o próximo dia 7 o chamado projeto "Ficha Limpa", que impede candidatos condenados judicialmente de disputar eleições. "Pedi aos líderes que reunissem as bancadas, que as bancadas fizessem sugestões, porque até lá se pode fazer modificações. A intenção é colocar (em pauta) logo depois da Páscoa."


Apresentado no ano passado por representantes da sociedade civil que colheram mais de 1 milhão e 300 mil assinaturas, o projeto "Ficha Limpa" ganhou tramitação acelerada, sendo apensado a outras propostas que tramitam por vários anos e já estavam prontas para votação em plenário. Na semana passada, o relatório inicial foi apresentado pelo deputado Índio da Costa (DEM/RJ).


Do blog deputado roberto britto



Blog do Deputado Roberto Britto está no ar


Já está no ar o Blog do deputado federal Roberto Britto (PP/BA). A nova ferramenta de comunicação vai permitir que você tenha acesso direto a todos os acontecimento que envolvem o parlamentar, como ações desenvolvidas nos municípios, Projetos de Lei (PL) de sua autoria e atividades em plenário.

Notícias da política que pautam os principais veículos de comunicação do país, também vão fazer parte da lista de notícias encontradas em http://www.deputadorobertobritto.blogspot.com/.

O Blog vai funcionar como mais um canal de informação e comunicação entre o deputado e você, cidadão. No seu site (www.deputadorobertobritto.com.br), que já encontra-se no ar, você pode ter acesso a informações como: entrevistas na TV Câmara e Rádio Câmara, além de todos os PL e pronunciamentos feitos em plenário. Os canais vão estar sempre à disposição da sua sujestão. Aguardamos a sua visita!
Produtores de cacau vão propor a Lula
anulação dos contratos do PRLCB

Um documento assinado pela Associação dos Produtores de Cacau (APC), Amurc, Federação da Agricultura e Pecuária do Estado da Bahia (Faeb), Comissão Nacional do Cacau e sindicatos rurais de vários municípios do sul da Bahia será entregue ao presidente Lula nesta sexta-feira, 26, durante sua visita oficial a Itabuna e Ilhéus. Segundo o presidente da APC, Henrique Almeida, está sendo articulado um encontro dos produtores com Lula, que aguarda confirmação do cerimonial do presidente.

O texto, conforme adianta Almeida, relata o histórico do endividamento dos produtores baianos, demonstrando os equívocos do PAC do Cacau em relação à renegociação das dívidas. Eles querem o apoio de Lula para a anulação de todos os contratos do Programa de Recuperação da Lavoura Cacaueira Baiana (PRLCB), entendendo que merecem atenção especial do governo federal nesse item, por terem sido prejudicados com o que consideram “malfadadas etapas” e “recomendações equivocadas” do referido plano.

O documento que será entregue ao presidente Lula lembra que o tema já é amplamente conhecido pelo governo federal. Todos os dados relativos ao endividamento dos produtores baianos constam de relatório entregue ao ministro da Agricultura, Reinhold Stephanes, e já foram debatidos em audiências públicas no Senado Federal e Câmara dos Deputados.

O débito dos produtores de cacau do sul da Bahia gira em torno de R$ 1 bilhão. O principal entrave para a renegociação das dívidas é a securitização e sua inclusão no Programa de Saneamento de Ativos da Agricultura (Pesa). Os signatários da carta que será entregue ao presidente Lula querem que o governo federal estabeleça novas regras para o PAC do Cacau, criando condições para que todos os produtores da região possam aderir ao programa, corrigindo assim o que eles chamam de “distorções históricas”.

O presidente da APC, Henrique Almeida, embora concorde com tudo isso, reconhece também que houve avanços nas renegociações da dívida dos produtores que aderiram ao plano, principalmente com o apoio do Governo do Estado, que propôs uma nova tabela de rebate da dívida, inclusão de novos contratos e alongamento dos prazos para adesão ao programa. “Mas o Ministério da Fazenda, infelizmente, não acatou essas propostas, deixando cerca de 3 mil produtores sem acesso à renegociação das dívidas”, ressalva.


Por - Erivaldo Bomfim


Alfredo Melo não se negou ir à Câmara Municipal de Itabuna


O Presidente da Emasa, Alfredo Melo contesta o que está sendo divulgado pelas emissoras de rádios de Itabuna de que ele adiou a sua ida à Câmara Municipal. A transferência da data de hoje (24) para o próximo dia 30 (quarta-feira) foi uma decisão da própria Câmara.

O presidente adiantou a esse blog que está apto a responder a qualquer questionamento, pois sua administração na Emasa é transparente como deve se portar todo órgão público.

Os vereadores querem sabatinar o presidente da Emasa sobre a quatão do aumento, e a falta de água, uma questão que todos já sabem; a falta da construção de um resevatório.

Jques Wagner e Geraldo

O Governador Jaques Wagner assinou a ordem de serviço da construção da barragem no município de Itapé, em deaembro/2009, como o presente do centenário de Itabuna, mas até o momento não chegou ainda um saco de cimento!
.
O deputado Geraldo Simões, que tudo indica embargou a obra da Avenida Amélia Amado, através do Instituto Nacional de Gestão de Água (INGÀ) deve saber o motivo! Por que, em Salvador todos os canais estão sendo encobertos, e Itabuna não pode? Eis a questão!  Ai tem coisa! Fique esperto itabunense, pois quem ama Itabuna, não pode esquecer e prejudicar o seu centenário.

Por que, os deputados: Raimundo Veloso, Roberto Brito e Luis Argolo conseguem recursos para Itabuna e Geraldo Simões, não? 

Foto - Waldir Gomes
Família pode obter guia de sepultamento no cartório


Joana Lopo
A Tarde

Foto arquivo
Em caso de falecimento de um familiar ou dependente, a solicitação da declaração de óbito (DO) e da guia de sepultamento não é de exclusividade de funerárias, como as empresas divulgam. O responsável legal pelo falecido pode requerer do médico e da justiça os documentos devidamente preenchidos.  Os esclarecimentos são da promotora de justiça Itana Viana, do Grupo de Atuação Especial da Defesa da Saúde (Gesau), que alerta os familiares de falecidos para não serem vítimas de irregularidades das empresas.


“Algumas funerárias cobram valores altos para prestar o serviço de cartório”, informa. Para obter a guia de sepultamento, basta ao parente ou responsável, de posse da declaração, anexar documentos da vítima e sua identificação e se dirigir a um cartório de registro civil. A guia custa R$2,60 e é entregue exclusivamente para familiares ou responsáveis legais.


Mais usual - Geralmente, a família terceiriza os procedimentos para a despedida do ente querido. As funerárias prestam o serviço completo, desde a solicitação dos documentos até a cerimônia. “Nessa hora, ninguém quer ficar preocupado com burocracias”, diz o gerente da funerária A Decorativa, Francisco Bonadia.  Um caixão simples, mais os serviços de cartório e traslado do corpo custam, em média, R$300. Caixão mais requintado, com forro de seda, travesseiro, alça especial e visor de vidro, chega a R$5 mil.

Expressaounica

Com essa explicação da promotora Itana Viana, A Tarde Online,  o sofrimento e humilhação das pessoas piorará, pois os cartórios do Estado não têm nenhuma condição de servir ao público, do jeito que se encontram; Não tem material de trabalho e nem funcionário suficiente.

Em recente pesquisa, os cartórios públicos da Bahia se colocaram entre os piores desempenho do Brasil. Informou o Governo que os cartórios estão em processo de privatização. Enquanto não sai, daaqui até lá, a exemplo de Itabuna, muita gente vai morrer de tédio, enfretando  imensas filas! Um completo desrespeito ao cidadão, brasileiro, honrado e respeitado. 

terça-feira, 23 de março de 2010

Empresários discutem estratégias do Plano de Humanização da Cidade
O Plano de Humanização da Cidade, um projeto guarda-chuva, que contempla diversas ações, como requalificação da Avenida Cinquentenário, reurbanização da Amélia Amado, além de intervenções na Rua Paulino Vieira, Calçadão da Rui Barbosa, melhorias em ruas transversais e em praças públicas, foi discutido com empresários na Associação Comercial e Empresarial de Itabuna. O encontro, nesta segunda-feira (22), teve a participação dos secretários de Planejamento e Tecnologia, Maurício Athayde; de Desenvolvimento Urbano, Fernando Vita, e de Indústria, Comércio e Turismo, Carlos Leahy.

O projeto da Cinquentenário terá um custo de R$ 4,5 milhões e estará concluído ainda nos festejos do centenário de Itabuna. Segundo Maurício Athayde, este será um divisor de águas para Itabuna. “O projeto obedece a um cronograma específico e contempla piso, mobiliário urbano, passagens elevadas nas esquinas, melhorias no sistema de drenagem e um moderno sistema de iluminação, um projeto elaborado pela Phillips e que será divulgado nas publicações internacionais da empresa”, explicou.

Para o secretário, o projeto não apenas vai fortalecer o comércio, como também oferecer acessibilidade aos portadores de necessidades especiais, com piso táctil, além de proporcionar melhores condições de utilização dos espaços urbanos através da modernização do centro da cidade.

Fernando Vita, da Sedur, abordou a decisão do Instituto de Gestão das Águas e Clima (Ingá), que não concedeu a outorga para utilização das águas do canal do Lava Pés. Em função disso, o projeto de reurbanização da Avenida Amélia Amado, foi paralisado e teve que ser alterado.

O projeto executivo das obras da avenida e do envelopamento do canal foi elaborado pelos arquitetos Luiz Marques e Eduardo Lula, com cálculo estrutural de Chico França e consultoria de Cláudio Fontes, considerado um dos maiores especialistas em drenagem do pais. Previa cinco pistas de rolamento e espaços para ciclovias e equipamentos urbanos, o que facilitaria inclusive o ordenamento do trânsito na área central da cidade com a eliminação dos pontos de engarrafamento.

Vita explica que o novo projeto prevê a substituição de pontes e a implantação de um canal natural, com a retirada inclusive das paredes de contenção: “Como técnico, discordo do projeto proposto pelo Ingá, mas mesmo assim vamos executá-lo porque se trata de uma decisão de um organismo do estado”.

Calçadão

O secretário da Indústria, Comércio e Turismo, Carlos Leahy, anunciou estudos para intervenções no calçadão da Rui Barbosa, que será reurbanizado em parceria com uma empresa privada, e da Paulino Vieira. Também estão em fase de estudos, projetos para reubanização de praças, que vão integrar o Plano de Humanização da Cidade.

O presidente da ACI, Eduardo Fontes, anunciou que pretende convocar os dirigentes do Ingá para esclarecer a questão do veto ao projeto da reurbanização da Amélia Amado. Ele também colocou em discussão com empresários a questão de interdição do aeroporto de Itabuna e das condições para sua reabertura.


Texto:Kleber Torres Fotos:Vinícius Borges


Anísio Alves:

De magarefe a dono de jornal.

Filho de Manuel Alves Oliveira e Laurentina Alves Sacramento, já falecidos, de origem da cidade de Vitória da Conquista, Anísio Alves de Oliveira, nasceu em Itororó, Bahia, e chegou a Itabuna com apenas onze anos de idade.

Estudos

Estudou na Escola Aurora, no bairro da Conceição, onde concluiu o quarto ano primário, com a professora Lúcia. Essa escola mais tarde passou a se chamar Colégio General Osório, localizada na Praça dos Capuchinhos, na antiga “Biscínia”, como era chamado o bairro da Conceição na época.

Primeiro emprego

Com treze anos de idade conseguiu o seu primeiro emprego no Frigorífico Catalunha, bem no centro de Itabuna, que pertencia ao ex-deputado Paulo Nunes, ao lado de Raimundo Dalton de Azevedo, que mais tarde veio a ser presidente da CDL.

Magarefe

Anísio com orgulho diz que foi como magarefe, que conseguiu meios para constituir sua família e fazer a sua reserva financeira, construindo três casas, na rua Ana Francisca, bairro Santo Antonio, que na época se chamava Coréia de Baixo, que disputava o território com a Coréia de Cima, onde hoje se localiza o bairro São Lourenço. “Eu fui um dos pioneiros da fundação do Santo Antonio” disse com orgulho. Anísio recorda que no local só tinha mato, e que o rádio naquela época era o serviço de Alto Falante “A voz da liberdade” na praça José Bastos, onde ouvia os jogos de futebol e a Voz do Brasil.

Anísio Alves está com 66 anos, completados no dia 03 de Março, deste ano 2010 e, é casado com a mulher que foi sua primeira namorada Zélia Pereira dos Santos Oliveira, com quem tem 04 filhos: Aloísio Alves, Danilo Alves, que estão vivos, e Paulo Roberto e Eleusa Alves, já falecidos.

Outro emprego

Ele saiu deste emprego, indo trabalhar como porteiro no Príncipe Hotel, do empresário Leonardo Nunes. Quando o hotel foi vendido ao empresário Paulo Queiroz, Anísio ainda permaneceu por cinco anos.

Ingresso na comunicação

Através do radialista “Genário” ingressou na comunicação e foi trabalhar na Radio Jornal de Itabuna, como cobrador. O veiculo, na época, tinha como diretores, Marilene Santos, hoje em Salvador e Waldeny Andrade aposentado e residindo na cidade de Ilhéus.

Este foi o ultimo emprego de Anísio Alves antes de se aposentar. Na Rádio Jornal de Itabuna, Anísio prestou serviços por 25 anos.

Dono de Jornal

Com a experiência que adquiriu na comunicação e sentindo a necessidade, fundou e montou juntamente com os jornalistas João de Paula e Joselito dos Reis, o veiculo de informação mensal “Jornal dos Bairros” que circulou por muito tempo.

Na roça do povo

Incansável Anisio Alves já residindo na Roça do Povo criou o jornal “O Produtor”, que tem como editor João Batista de Paula, com dicas para a área rural. O jornal hoje, bem aceito, é distribuído gratuitamente na Roça do Povo e nos bairros Nova Ferradas, Ferradas, Itamaracá, Nova Itabuna, Lomanto, Bananeira, Urbis e adjacências

Anísio Alves se tornou uma grande liderança comunitária, trabalho que ele gosta de executar com muita dedicação e boa vontade nas horas que não está a serviço de seu jornal.  Anísio faz questão de deixar um conselho para a juventude: “leiam, leiam muito, pois quem lê sabe mais”.




História dos comunicadores de Itabuna, visite o link!

segunda-feira, 22 de março de 2010

EMASA DEBATE PLANO SOBRE SANEAMENTO BÁSICO


O Presidente da Emasa, Alfredo Melo aponta no mapa os canais de Itabuna 
O Plano Estadual de Manejo de Águas Pluviais e Esgotamento Sanitário – PEMARES está sendo elaborado pela Secretaria Estadual de Desenvolvimento Urbano, alinhando a política pública estadual a Lei 11.172/08, que trata sobre saneamento.


Uma das equipes do Pemares, formada pelos engenheiros Francisco Chagas e Paulo Correia, além da Socióloga Lívia Bastos debateu o assunto hoje com a área técnica da Emasa, que estava representada pelo presidente Alfredo Melo, o engenheiro Daniel Gonçalves Neto, o Diretor de Expansão Jorge Neves e os técnicos Anderson Alves e Ângelo Marcos. O encontro que contou também com o engenheiro Marcos Alan, da Sedur/Itabuna, foi realizado em uma das salas cedida pela direção da FTC e teve também as presenças de várias pessoas da comunidade, preocupadas com a questão.


De acordo com o Governo do Estado, o plano tem como objetivo conhecer a situação dos serviços de esgotamento sanitário de 406 municípios na primeira etapa e na segunda a cidade de Salvador e a região metropolitana. O levantamento possivelmente estará pronto no inicio do mês de Julho, quando será elaborado um relatório de cada município, conforme informou o técnico Paulo Correia, da equipe da PEMARES. 

(A equeipe do Estado, ladeada por Alfredo Melo, o engenheiro Jorge Ribeiro Carrilho e Daniel Gonçalves, equeipe técnica da Emasa)

Todas as demais áreas serão visitadas, pelos técnicos da SEDUR/Bahia, para a realização dos diagnósticos e estudos, oportunidade em que os gestores públicos e representações sociais serão visitados, para avaliação das condições associadas aos serviços de esgotamento sanitário e manejo das águas pluviais urbanas.



Fotos: Alex de Souza

domingo, 21 de março de 2010

Nova diretoria do Clube do Poeta Sul da Bahia toma posse no dia 20 de Abril

Na ultima reunião realizada no Centro de Cultura Adonias Filho (Dia de São José), ficou estabelecida a data de 20 de Abril, véspera do Dia de Tiradentes para a posse da nova diretoria do Clube do Poeta Sul da Bahia. O evento será realizado no Grapiúna Tênis Clube, programado para as 19:30.



Devido ao seu grande trabalho desenvolvido na entidade o poeta Adeildo Marques Santos foi reeleito por unanimidade. O presidente reeleito desta vez tem como vice-presidente, o poeta Divaldo Melo.


Adeildo que é uma pessoa incansável em defesa da poesia da região cacaueira neste biênio 2010/2012, tem como principal projeto construir a sede própria da entidade, além de lançamento da antologia centenária em homenagem aos cem anos de Itabuna, poesia na praça e desenvolver um trabalho em defesa do Rio Cachoeira.





Foto arquivo, solenidade dos 18 anos do Clube do Poeta Sul da Bahia
O Mundo comemora o Dia da Água


Da Folha Online

Nesta segunda-feira (22), o planeta comemora seu bem mais precioso: a água. Porém, no ano em que a mudança climática é o principal assunto no mundo, o tom do Dia Mundial da Água está mais para alerta do que para festa. Fundamental para a manutenção da biodiversidade e de todos os ciclos naturais, para a produção de alimentos e para a preservação da própria vida, a água vem se tornando cada vez mais um recurso estratégico para a humanidade. E, claro, também um dos temas de maior preocupação.


Das águas da Terra, menos de 3% são doces e, destas, mais de dois terços estão inacessíveis para consumo humano. O Brasil detém cerca de 12% da água doce disponível no mundo, mas mais da metade (54%) desse total localiza-se na Amazônia e na bacia do rio Tocantins, onde está a menor população por quilômetro quadrado do país. Segundo relatório divulgado nesta semana pelo IPCC (Painel Intergovernamental da ONU sobre Mudanças Climáticas), por exemplo, os desequilíbrios provocados pelo aquecimento da Terra podem levar entre 1 e 3,2 bilhões de pessoas a sofrerem com a falta de água.


Na última terça, em outra ação, um grupo de países europeus e outro de países latino-americanos divulgaram que estudam criar uma comissão internacional para pedir que a ONU (Organização das Nações Unidas) reconheça o acesso à água como um direito fundamental.


Na verdade, a divulgação de relatórios, estudos, balanços, campanhas e ações já é uma rotina nessa época do ano desde 22 de fevereiro de 1993, quando a Assembléia Geral da ONU decretou o dia 22 de março como o Dia Mundial da Água. A cada "comemoração", uma agência diferente da ONU produz um kit sobre o tema e distribui nas redes de agências contatadas ao redor do planeta.


O trabalho tem como objetivos abordar variados assuntos relacionados à água: problemas de abastecimento de água potável; aumentar a consciência pública sobre a importância de conservação, preservação e proteção da água; aumentar a consciência de governos, agências internacionais, organizações não-governamentais e setor privado; estimular a participação e cooperação da população civil, etc.

Da Folha Online

No Brasil pobres têm pior acesso à água de que a população do Vietnã

CAROLINA FARIAS
da Folha Online

O Brasil tem poucos motivos para comemorar o Dia Mundial da Água, nesta segunda-feira. Apesar de concentrar cerca de 12% da água doce do mundo, 20% da população mais pobre do país tem o pior acesso à água e ao esgoto que os habitantes do Vietnã, de acordo com relatório do PNUD (Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento) de 2006.
Outro característica da má distribuição do recurso, apontado no relatório, é que a parcela de 20% da população mais rica tem o nível de acesso à água comparável ao de países desenvolvidos.

Para tentar reverter essa situação e aproveitar o tema do Dia Mundial da Água deste ano --a escassez--, a ANA (Agência Nacional de Águas) lança nesta quinta o movimento em defesa das águas brasileiras. Representantes de diversos setores públicos relacionados aos recursos hídricos, da indústria, da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) e da Câmara, assinarão um documento onde se comprometem a melhorar a gestão do uso das águas.


A iniciativa, chamada de "SOS H2O", pretende eliminar a poluição e os casos de doenças relacionadas à falta de saneamento, criar incentivos ao uso sustentável da água e adotar programas educacionais em torno do tema.

Discrepância

Mesmo concentrando cerca de 12% da água doce do planeta, o Brasil enfrenta problemas em relação à disponibilidade do recurso. De acordo com relatório de 2006 da ANA, há uma discrepância em relação à distribuição geográfica e populacional da água no país. Sozinha, a região amazônica abriga 74% da disponibilidade de água, no entanto, é habitada por menos de 5% da população.


Outro aspecto que colabora para a escassez em algumas regiões é a deficiência na coleta de esgoto --somente 54% domicílios brasileiros têm acesso ao serviço. No entanto, mesmo diante de tais indicadores, o Brasil conseguiu aumentar a proporção de habitantes com acesso à água potável de 83% em 1990 para 90% em 2004.


O avanço permite que o Brasil se aproxime da meta de elevar o indicador para 91,5% , estabelecida pelos "Objetivos de Desenvolvimento do Milênio" --uma série de metas socioeconômicas que os países-membros da ONU (Organização das Nações Unidades) se comprometeram a atingir até 2015.

Em Itabuna

Em Itabuna, onde sua população sofre constante falta d água, não por falta de iniciativa da empresa local  que trata o produto, mas pela inércia dos governos Estadual e Federal que ainda não deram a cidade um reservatório à altura, tudo indica, não agendou nenhuma solenidade especial para comemorar a data, do bem mais precioso da vida humana.

Consideramos a água, o Sangue de Deus, pois sem ela o seu sangue não jorraria em suas veias! Portanto, cuide bem dela, nosso corpo depende de 70% de água para sobreviver.

 Sangue de Deus


Às nossas águas
As nuvens escurecem...
O vento sopra forte
Vem com força

As árvores! Onde estão as árvores?
Para tirar sua força...
Vem casa, vem gente, vem terra
Tudo num momento infame
É a tragédia

Provocada pelo próprio homem!
O próprio homem? Sim o próprio homem...
Mas os pássaros ainda cantam no espaço
E no infinito, dentro do espaço agitado!

A água transborda... Cai do céu ganha os riachos, rios e mares!
Quer seu habitat natural!
Pra onde foram as florestas, nascentes, rios e vales?
Deixa a tristeza, vem o choro, vêm às lágrimas, vem o prejuízo, o sentimento contido!

Mas o homem ainda destrói
O que não construiu
Sem saber cuidar do maior bem do Planeta Terra; A água, o Sangue de Deus
Pois faz jorrar o sangue de suas veias
De sua vida...

Homem saiba cuidar da água!
Saiba cuidar do sangue de Deus!

                                                                Joselito dos Reis