Vamos salvar o Rio Cachoeira! É o nosso maior patrimônio natural. Não jogue lixo em seu leito.

sábado, 11 de dezembro de 2010

GRUPOS CRIMINOSOS SE AUTO DENOMINAM 'PARTIDOS'


Os colares usados são de folhas de coca
Graça Salgueiro luta pela democracia. Através de seu blog - Notalatina -vem alertando para o avanço do comunismo na América Latina. Lendo seu blog, tomamos conhecimento de um panfleto distribuído pela bandidagem do Rio de Janeiro, que se auto intitula Partido. 

O panfleto foi escrito em conjunto pelos bandos narco-traficantes do Rio: CV (Comando Vermelho), ADA (Amigo dos Amigos) e TCP (este eu desconheço o significado), onde eles se auto-denominam “Partidos”, conclamando a população habitante das favelas a pegar em armas contra os policiais que estão reprimindo o tráfico, e a atacar os “ricos”. Esses grupos criminosos são abastecidos de drogas e armas, pelas FARC, um grupo narco-terrorista colombiano, que é apoiado pelo PT.

Em fins de abril do ano passado LuLLa declarou à imprensa em Rio Branco (AC), que as FARC deveriam se transformar em partido político se quisessem chegar ao poder, citando como exemplo ele mesmo e o índio cocalero Evo Morales, (na foto acima), seguindo ditames do Foro de São Paulo. 

Em maio deste ano, foi preso em Manaus um terrorista das FARC de cognome “Tatareto” que vivia no Brasil há mais de 4 anos e que, muito provavelmente, substituiu o “Negro Acacio”, abatido em dezembro de 2008 e que era o elo desta organização narco-terrorista com “Fernandinho Beira-Mar”. A Colômbia pediu a extradição de “Tatareto” que não só não foi concedida como o destino dele permanece no mais absoluto sigilo. 

Pesquisando no “Google”, tudo que se encontra sobre este elemento é a notícia de sua detenção e o pedido de extradição, tudo datado de maio deste ano. De lá para cá, “Tatareto” permanece como a Conceição da música de Cauby Peixoto: “ninguém sabe, ninguém viu”. 

A presidente eleita, a ex-terrorista DiLLma Rousseff, tem também notórias ligações com o grupo narco-terrorista, tanto que, quando estava na Casa Civil, deu guarida a mulher do narco-terrorista colombiano Francisco Antonio Cadenas Collazzo, o “Padre Olivério Medina”, representante oficial das FARC no Brasil e a quem o governo petista concedeu asilo político. 

Transcrevo literalmente (com todos os erros gramaticais) o que diz o tal panfleto, para que vocês vejam a que grau de ousadia e certeza de impunidade chegaram esses comparsas das FARC:


                                                                 ATENÇÃO

“Foi decretada pela união dos partidos CV, ADA e TCP todos os partidos que tenha respeito e lealdade, força, humildade e amor no coração e muita dignidade a favor de todas as comunidades, por favor se unam a nós.
Foi decretado pela união dos partidos, que quando tiver repressão da polícia em qualquer favela fazendo covardia, derramando o sangue, todas as comunidades pegarão seus fuzis e atiraram em prédios, em carros importados e no que tem de mais rico e próximo a sua favela, saqueando empresas, lojas, mercados!
Foi decretado pela união dos partidos, que cada morador inocente pobre que a polícia matar, morrerá duas pessoas ricas.
Foi decretado pela união dos partidos, que cada integrante do partido que a polícia matar morrerá dois policiais e seus familiares, pela união das comunidades que se cansou da covardia dos policiais e do sistema, porque são eles que trazem as drogas e as armas, o empresário financia e a polícia facilita, ficam os políticos roubando bilhões, matando muita gente só com uma caneta, depois quer mandar quem trás as drogas e as armas para o partido vir aqui na comunidade e matar inocente pobre não dá lucro para a boca de fumo, quem compra todas drogas são as classes médias e os ricos.
Irmão, pode piar em qualquer favela olhando na bola dos olhos, mostrar que esse modo de agir é retrólogo, a revolução verbal é aterrorizadora, junta seus pedaços e vem pra arena, nosso irmão do PCC falou que o inimigo está de terno e gravata em nome da paz e a favor de todas as favelas, que é a hora da união, da revolução. Definitivamente, sem união não dá, então vamos todos juntos”.

Perceberam no texto, o ranço do jurássico marxismo, do incentivo a luta de classes escancarado no texto? Não lembra a fala de LuLLa quando prega a luta contra "as elites"? 

Esse também é o mesmo “argumento” que as FARC usam quando querem praticar algum atentado terrorista, mesmo que as vítimas sejam pobres camponeses sem eira nem beira ou mesmo pequenos agricultores. 

Agora, se o presidente do Brasil afirma que as FARC não são terroristas e que devem se tornar “partidos políticos” para chegar ao poder, por que os grupos criminosos tupiniquins também não podem? Se LuLLa apoia os criminosos das FARC, quem sabe não teriam o aval deLLe para tal empreendimento? Não duvido muito, até porque, nas eleições presidenciais a terrorista teve 65% dos votos válidos dos presidiários! E eles bem que poderiam reinvindicar uma aliança com o PT. Afinal, o PT apoia as FARC.

A verdade é que há muito tempo estamos todos nas mãos dos bandidos. Com a proibição da posse e porte de armas para as pessoas decentes, desarmou-se os brasileiros, que ficaram totalmente indefessos, enquanto os bandidos continuam comprando armas das FARC. 

Hoje a grande imprensa tece loas a ação nos morros cariocas, mas ela é co-responsável pela situação ter chegado a este ponto, quando sonegou informações sobre o Foro de São Paulo e suas alianças com as FARC, que abastecem o mercado do tráfico com drogas e armas.

Se a grande imprensa tivesse feito a lição de casa, o resultado da eleição presidencial, com certeza teria sido outro. 

Mas a verdade é que o grosso da população brasileira não sabia, nem sabe nada disso, porque se soubesse, não teria elegido a terrorista nem nenhum de seus camaradas.


Nenhum comentário: