Vamos salvar o Rio Cachoeira! É o nosso maior patrimônio natural. Não jogue lixo em seu leito.

terça-feira, 30 de novembro de 2010

Itajuípe discute fortalecimento do Controle Social

Com o objetivo de discutir como os munícipes devem acompanhar a aplicação dos recursos  públicos, foi realizado o I Fórum Municipal de Controle Social, em Itajuípe. O evento aconteceu entre os últimos dias 26 e 28, no Colégio Estadual Luiz Viana Filho. 
A iniciativa contou com apresentações culturais de estudantes, palestras e painéis a respeito das contas públicas, reunindo 126 inscritos entre membros do governo, sociedade civil organizada e população em geral.

O tema central do evento foi "Vamos fincar nosso pé e fazer nossa história". Para o Controlador Geral do Município de Itajuípe,  Alex Souza, o Fórum visou "auxiliar o controle externo e plantar uma sementinha a respeito do controle social". Entre os temas abordados estavam: Princípios Constitucionais e Controle Social; Orientações e procedimentos para análise de prestações de contas; Controle Social dos Gastos públicos; Mobilização e Capacitação para Controle Social. 

O evento contou com a participação dos Conselhos municipais de educação, tutelar, saúde, alimentação escolar, assistência social, meio ambiente e Direitos da Criança e do adolescente. Os representantes dos órgãos apresentaram dificuldades e desafios na fiscalização da gestão pública. Segundo a títular do Conselho Municipal de Assistência Social, Vírginia Maria Freitas, "o órgão tem por finalidade definir prioridades da Política de Assistência Social em que acompanha, fiscaliza e avalia os serviços prestados pelo mucípios".

A realização do I Fórum Municipal de Controle Social contou ainda com apoio da Controladoria Geral da União (CGU), representada por Josenildo Moreira, União dos Municípios da Bahia, Cáritas Brasileira, UNIME e FASE Bahia. De acordo com o professor do ensino médio, Eduardo Gonçalves, "o Fórum veio para amadurecer os conceitos de todos a respeito do conteúdo apresentado, capacitando a comunidade para acompanhar o gerenciamento do dinheiro público".  

Nenhum comentário: