Vamos salvar o Rio Cachoeira! É o nosso maior patrimônio. Não jogue lixo em seu leito. Povo limpo, cidade civilizada... Vamos preservar a nossa história.

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

DE QUEM É A CULPA?


Estamos cansados de ouvir falar mal de políticos.
Mas de quem é a culpa pela existência desses trastes?
A culpa é da desinformação do povo brasileiro. Povo que não tem acesso à internet, a jornais e revistas. E quando tem, não sabe se utilizar das informações corretamente.

A maioria do povo brasileiro sabe das coisas apenas através da TV, que trata apenas de dar a notícia suscinta, sem analisar os fatos que a compõe.

Daí que ninguém liga para a eleição de Deputados e Senadores, que só aparecem na TV, na maioria das vezes, como ladrões e aproveitadores. Dificilmente eles são mostrados em uma matéria positiva.
E a maioria termina votando em qualquer um, “apenas por votar”, para cumprir uma obrigação. Alguns, no dia seguinte a eleição, nem se recordam em quem votou...
Mas são esses Deputados e Senadores, as pessoas que vão criar as leis sob as quais viveremos todos nós.

Quantos fichas sujas foram eleitos?
Os analfabetos políticos brasileiros não enxergam a real importância do Legislativo Brasileiro e se preocupam (?) apenas com o Executivo.

Passada a eleição, começamos a ver a besteira que foi feita. Vejam a guerra por cargos e benesses que grassa entre os partidos que elegeram a terrorista, e prestem atenção ao que estão aprovando os atuais deputados e senadores, no afogadilho de final de mandato.

Na verdade, o grande problema do Brasil é o analfabetismo, primo irmão da desinformação.
O IBGE relata que o Brasil tem 14 a 15 milhões de analfabetos absolutos (não sabem ler e escrever, embora alguns consigam ler números familiares) e quase um em cada quatro brasileiros sai do Ensino Fundamental sem saber ler e escrever bem. É o analfabetismo funcional.

O analfabeto funcional, mal sabendo ler e escrever, têm dificuldade para compreender textos curtos e localizar informações, inclusive as que estão explícitas.

Quanto à Matemática, lida com os números que são familiares, como os de telefones e os preços, ou realiza cálculos simples.
Essa triste condição é parte da vida de 39 milhões de brasileiros, entre os quais estão inclusos Lulla, Tiririca e outros menos votados.

E como nossos políticos sobrevivem graças a falta de cultura e informação do povo, não tem o menor interesse que as coisas mudem.
E mesmo quando dizem querer mudar, terminam dando com os burros n’água, pela total incapacidade intelectual. Vejam a miséria em que transformaram o ENEM.

Os dados de analfabetismo funcional por região brasileira mostram que, o nordeste concentra o maior número de analfabetos absolutos e funcionais. A Bahia concentra 30,6% dos analfabetos funcionais e 16,7% dos analfabetos absolutos brasileiros. Está apenas um pouco melhor que o Piauí e Alagoas.
A verdade é que Legislativo e Executivo refletem a cultura de um povo. 

Presidente, Governadores, Senadores, Deputados Federais e Estaduais, Prefeitos e Vereadores são representantes de um povo, conjunto de pessoas que normalmente elege alguém baseado nos seus princípios éticos, morais, religiosos e culturais.

Nenhum comentário: