Vamos salvar o Rio Cachoeira! É o nosso maior patrimônio. Não jogue lixo em seu leito. Povo limpo, cidade civilizada... Vamos preservar a nossa história.

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Itabuna inicia programação da Semana Nacional do Trânsito

Pronunciamento do prefeito Azevedo
A participação de alunos da Escola Ação e Cidadania foi um dos momentos marcantes na solenidade de abertura da Semana Nacional do Trânsito em Itabuna, nesta segunda-feira (20). Cantando e coreografando, as crianças da Escola, mantida pela Fundação Chaves, mostraram a importância do respeito aos sinais de trânsito como uma demonstração de educação e cidadania.

Este ano as atividades da Semana Nacional do Trânsito, cujo tema é “Cinto de Segurança e Cadeirinha: presos pela vida”, estão sendo desenvolvidas em stands na Praça Otávio Mangabeira, com a participação de diversos parceiros, oferecendo ações educativas e serviços. O evento é uma iniciativa do Departamento Nacional do Trânsito (Denatran) e, em Itabuna, é promovida pela Secretaria Municipal de Transporte e Trânsito (Settran).

Durante a solenidade de abertura, o prefeito Capitão Azevedo destacou a Semana Nacional do Trânsito como um despertar para a conscientização quanto à importância do respeito às regras do trânsito. Ele lamentou o fato de que no Brasil a Educação para o Trânsito ainda não é uma realidade no currículo das escolas.

“O Código de Trânsito Brasileiro, aprovado há 12 anos, prevê a inclusão da Legislação de Trânsito como disciplina nas redes de ensino. Porém, existe uma incoerência entre o que está na Lei e a realidade. Neste sentido, é necessário que a sociedade se mobilize para que a Lei seja cumprida”, frisou Azevedo. O prefeito disse também que o trabalho educativo deve ser uma constância não somente nas ações do Settran mais de todos aqueles que defendem o direito à vida.

O secretário municipal de Transporte e Trânsito, Welsy Melo disse que o evento é um momento importante para enfatizar as ações educativas implementadas pela Settran. “A partir da conscientização de motoristas, pedestres, ciclistas e motociclistas, num futuro breve, teremos cidadãos mais conscientes, que adotaram comportamentos mais seguros e respeitosos no trânsito de nossa cidade”, argumentou.

Wesley acrescentou que este ano a Settran está implantando mais um importante recurso para fortalecer as ações de educação para o trânsito. “Trata-se da Minicidade Itinerante do Trânsito que com a ajuda de diversos parceiros estamos colocando à disposição da comunidade. É uma iniciativa pioneira e inovadora no interior do Estado, através da qual queremos mostrar, na prática, as normas de segurança no trânsito”, justifica Melo. Também falou na solenidade o diretor geral da FTC Itabuna, professor Cristiano Lôbo; a presidente do Lions Clube Itabuna Centro, Ivone Montenegro, bem como o Major Serpa, da Companhia Independente da Polícia Rodoviária Estadual, e o Inspetor Jeferson, da Polícia Rodoviária Federal.

Além da exposição da Minicidade do Trânsito, a programação da Semana Nacional do Trânsito em Itabuna, conta ainda com a realização do 1º seminário de Educação no Trânsito, que acontece na terça e quinta-feira, dias 21 e 22, e a Caminha pela Paz no Trânsito, marcada para sexta-feira (24), saindo do Jardim do Ó.

Por - Erivaldo Bomfim - Foto: Pedro Augusto – 20/09/2010

BB Educar alfabetizou 15 mil pessoas em Itabuna


Secretário da saúde, Antonio Vieira
Cerca de uma centena de educadores, representantes do Banco do Brasil e das Secretarias da Educação, de Assuntos Governamentais e Comunicação Social e da Saúde, participaram no auditório da FTC, da abertura da 6ª etapa do programa de alfabetização de jovens, adultos e idosos BB Educar Eu Cidadão. Na versão 2010 o curso tem 2.044 alunos matriculados e reúne 126 alfabetizadores.

Nos últimos cinco anos o programa já mobilizou mais de 15 mil alunos em Itabuna, que hoje é uma referência na Bahia e no país, inclusive contribuindo com propostas e ações para a formação de alfabetizadores de outros municípios do estado.

Como representante do prefeito Capitão Azevedo, o vice Antônio Vieira destacou a importância do trabalho de alfabetização realizado através de uma parceria entre o governo municipal, Fundo Nacional do Desenvolvimento da Educação (FNDE) e o Banco do Brasil, “contribuindo assim para a valorização da cidadania”.

Ele também elogiou o trabalho desenvolvido pela SEC, para acelerar o processo de alfabetização de jovens e adultos, atuando para a erradicação do analfabetismo, bem como para o desenvolvimento de Itabuna, que é um pólo de comércio e de serviços, funcionando como um centro de ensino superior.

Plenária atenta
O secretário da Educação, Gustavo Lisboa destacou que o BB Educar Eu Cidadão começa o seu sexto ano de forma madura, com uma experiência acumulada ao longo do tempo, registrando a alfabetização de milhares de jovens e adultos, um deles com 103 anos. Acredita que a parceria e os resultados alcançados indicam que Itabuna encontrou o rumo certo para a alfabetização.

Lisboa alertou ainda para a responsabilidade social dos educadores uma vez que o processo de alfabetização implica em mudanças positivas na vida de cada um dos alunos e tem reflexos no conjunto da sociedade: “A sua característica marcante é o fortalecimento da autoestima dos alunos e a valorização da cidadania”, argumentou.

Com a finalidade de compatibilizar os cursos de alfabetização com o calendário regular da SEC, o secretário defendeu que o BB Educar comece suas atividades letivas em março, o que poderia contribuir para eliminar os índices de evasão escolar dos jovens, adultos e idosos matriculados, que em muitos casos deixam de freqüentar aulas no período de dezembro a fevereiro.

O programa foi apresentado pela coordenadora do BB Educar, Lucineide Santos Silva, ao ressaltar a proposta de inserção dos alfabetizados na rede regular de ensino através de um trabalho focado no eixo da identidade do EJA e com uma ênfase para as questões do dia a dia dos alunos, ou seja, o espaço territorial, a cultura, a diversidade e a própria história.

O programa de atividades do BB Educar inclui palestras dos professores Allan Salomão Moreira, da Uesc e Cristiane Fernandes, uma da coordenadoras do BB Educar Eu Cidadão, abordando a questão da alfabetização como instrumento de inclusão social. A programação continua durante toda esta semana, com uma série de oficinas pedagógicas direcionadas para o aperfeiçoamento dos novos alfabetizadores.

Por -  Kleber Torres Fotos: 20-09-2010

Nenhum comentário: