Vamos salvar o Rio Cachoeira! É o nosso maior patrimônio natural. Não jogue lixo em seu leito.

domingo, 6 de junho de 2010

QUEREM ACABAR COM A FARINHA DE BUERAREMA


                                                                                                                      Carlos Malluta*
Positivamente os políticos de Buerarema estão se revelando o oposto, o avesso, o contrário da farinha de mandioca que leva o nome da cidade, famosa por sua torração e sabor, considerada pelos especialistas como a melhor da Bahia e do Brasil.
A disputa  pelo poder em Buerarema – com um troca-troca constante de prefeitos – resulta num produto da pior qualidade, agregando valores nada desejados como insegurança e insatisfação junto à população que exerceu dentro dos princípios de cidadania o direito de escolher seus representantes na última eleição.

Homens que incorporam o verdadeiro espírito público jamais fariam o que está se fazendo nesta cidade que fica às margens da BR-101, 20 km ao sul de Itabuna. Tratariam com respeito este município que já foi um dos melhores entrepostos comerciais do sul da Bahia, com uma feira de domingo que fez história.

Buerarema hoje virou habitáculo de oportunistas que querem mais tirar proveito do que restou dela a todo custo, numa mostra extrema de usura.

- Como assim, usura não é pecado?

Seria, mas parece que os homens do circuito executivo/legislativo/judiciário que transitam entre a prefeitura e a câmara não querem ser fichas-limpas nem pro homem lá em cima.

- Então o que é que preocupa os dirigentes “públicos” de Buerarema?

A resposta é rápida como tem sido a troca de prefeitos na cidade:

- Apenas e tão somente os interesses pessoais de cada um.

- E o povo?

- Só se for para ser usado como massa de manobra, como a que fizeram pra depredar os prédios públicos da cidade.

Por isso que é importante aproveitarmos bem a oportunidade que vem aí em 3 de outubro votando em candidatos que sejam radicalmente diferentes desses que estão aí, todos farinha do mesmo saco, se engalfinhando em Buerarema. Precisamos é de políticos de ficha limpa de fato, com projetos de inclusão social que não fiquem apenas no papel e que, de preferência, nunca tenham ocupado cargos eletivos antes. É melhor ter gente inexperiente em política, mas com bons ideais e boas idéias, do que velhas raposas querendo fazer e traçar galinhas dos ovos de ouro a qualquer preço. Tem que mudar primeiro os políticos para, aí sim, mudar a política. Antes que acabem com cidades como Buerarema e, a reboque, com suas tradições, para tristeza de muitos:

- E agora, “véi”, bóra buscá minha farinha boa aonde?

*Assessor de Comunicação e Marketing

Nenhum comentário: