Vamos salvar o Rio Cachoeira! É o nosso maior patrimônio. Não jogue lixo em seu leito. Povo limpo, cidade civilizada... Vamos preservar a nossa história.

segunda-feira, 9 de novembro de 2009

EDITORIAL


  
CONFUSÃO EM BUERAREMA

O pequeno município de Buerarema, no sul da Bahia, não tem dado sorte com os seus prefeitos. Desde que foi fundado, o município tem sofrido devido à luta pelo poder, entre facções rivais, começando com os “Graúdos” e “Miudinhos”.
Mas ultimamente a coisa piorou.
O ex-Prefeito Orlando Filho governou sete anos e meio ameaçado de perder o mando, coisa que aconteceu por seis meses.
Durante esses oito anos, boa parte dos recursos do município foram dirigidos para pagamento de advogados.
Com a eleição de Mardes Monteiro, que infernizou a vida de Orlando, esperava-se a revanche, o que realmente aconteceu.
Seis meses depois de assumir a Prefeitura, Mardes foi defenestrado por malversação do dinheiro público.
Mas ele, segundo consta, não desistiu.
Tanto que passados mais de noventa dias de seu impedimento, o Tribunal Regional Eleitoral ainda não conseguiu proceder nova eleição.
Quem está no comando do município e o vereador Eudes Bonfim, que a época da cassação era o Presidente da Câmara.
E agora, fala-se nas ruas da “velha Macuco”, que os vereadores ligados a Mardes pretendem entrar com representação contra o Prefeito Interino, pedindo a sua interdição e conseqüente substituição, segundo se comenta, devido a malversação do dinheiro público.
Como se vê, Buerarema vai continuar, por um bom tempo, jogada às traças, enquanto os juizes e advogados se degladiam nos tribunais....
Triste destino......