Vamos salvar o Rio Cachoeira! É o nosso maior patrimônio. Não jogue lixo em seu leito. Povo limpo, cidade civilizada... Vamos preservar a nossa história.

sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Cultura:

Empossado novo Conselho Deliberativo da FICC

O novo Conselho Deliberativo da Fundação Itabunense de Cidadania e Cultura (FICC) foi empossada na quinta-feira (27), na sede da Fundação. O Conselho que passou a ser paritário e democrático é composto por 14 membros, sendo 7 representantes de órgãos públicos municipais, estaduais e federais e os outros 7 representantes de entidades civis, segmentos sociais, entidades religiosas culturais, sociedades artísticas culturais e entidades do setor empresarial.
Na solenidade de posse ficou deliberado o para o cargo de presidente do Conselho Antônio Noberto Xavier (Uesc); vice-presidente Eliomar Carlos Silva (Secretaria de Planejamento e Tecnologia); 1ª secretária Maria Conceição Lagariça (Secretaria da Educação); 2° secretário Welligton Santos (Sociedade Monte Pio dos Artistas).
A nova composição corrige uma antiga falha do Conselho, que era composto por 10 titulares: 8 membros de órgãos públicos e somente dois de entidades civis. O presidente da Fundação, Cyro de Mattos, explica que não existia paridade, já que havia uma predominância no número de representações. Ele ainda ressaltou que o presidente do Conselho era o próprio presidente da FICC, inclusive ele tinha direito a voto de qualidade, ou seja, deliberava sobre seus próprios atos.
“Consultamos o prefeito, Capitão Azevedo, para que autorizasse a Procuradoria a apresentar os trâmites legais para a regularização dessa situação. Entendendo a necessidade de transparência e democracia na relação da Fundação com o Conselho Deliberativo, o prefeito logo atendeu nosso pedido”, afirma Cyro de Mattos.
O presidente da FICC lembra que o Conselho é responsável pela deliberação e fiscalização de projetos, orçamentos e outros atos da diretoria executiva da instituição. “Precisamos de um órgão soberano, que represente o povo e contribua para a valorização da cultura itabunense” frisa o presidente Cyro de Mattos.
Foram empossados também conselheiros titulares e suplentes das instituições: Fundação Marimbeta, Secretaria de Planejamento e Tecnologia, Secretaria da Educação; Secretaria da Indústria, Comércio e Turismo; Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc); Fundação Cultural do Estado da Bahia – Centro de Cultura Adonias Filho; Fundação Biblioteca Nacional – Proler; Conselho Municipal de Cultura de Itabuna, Entidades Culturais de Itabuna; Escola Curumin; Entidades Religiosas Culturais – Ilê Axé Ijexá Orixá Olofum; Sociedade Monte Pio dos Artistas; Sociedade do Artesãos, Associação Comercial de Itabuna (ACI).
Os membros do Conselho se reuniram nesta sexta-feira (28), na FICC, para analisar o orçamento executivo da Fundação para 2010, apresentado pelo diretor presidente da Fundação, Cyro de Mattos. Foi escolhido para emitir parecer sobre o assunto o representante da Fundação Marimbeta, Geraldo Pedrassoli.
Texto: Natália Tavares Fotos: Pedro Augusto