Vamos salvar o Rio Cachoeira! É o nosso maior patrimônio. Não jogue lixo em seu leito. Povo limpo, cidade civilizada... Vamos preservar a nossa história.

sexta-feira, 6 de março de 2009

Um racado!

Os tempos vão passando, as atitudes da humanidade vão ser tornando banais em todos os sentidos, a sensibilidade vai dando o lugar a razão. O homem se torna ambicioso e egoísta, esquece-se que ele é produto do meio, e se tranca dentro de si, dentro de um mundo de escravidão. Essas atitudes, está deixando o ser mais inteligente, cada vez mais burro... Está destruindo a sua casa, o seu universo, o seu habitat chamado Planeta Terra. As doenças o crime se proliferam... Os outros, os verdadeiros homens, choram à destruição. O verso do poeta, dos poetas perde a emoção, pois o poeta não sabe viver só com a razão! È como o pássaro que não canta se não tiver uma árvore. Pense reflicta! O destino do mundo está entregue ao próprio homem, ainda há tempo...