Vamos salvar o Rio Cachoeira! É o nosso maior patrimônio natural. Não jogue lixo em seu leito.

quinta-feira, 5 de novembro de 2009

Telmo Padilha, Nilson Andrade, Ricardino Batista e Ariston Caldas merecem ser nomes de ruas

Itabuna não pode fugir da linha de seu passado.




Jornalistas Nilson Andrade, Ricardino Batista, Telmo Padilha e Ariston Caldas são nomes que devem ser imortalizados diante da história cultural e social de Itabuna. Merecem pelo menos ser reconhecidos como nomes de ruas.

Por que a Câmara Municipal de Itabuna, não segue o exemplo do Legislativo Ilheense, que deu o nome da Rua dos Cometas, no Malhado, ao jornalista Paulo Pinheiro. Daqui aproveitamos a oportunidade para saudar todos os vereadores de Ilhéus.


A exemplo de Telmo Padilha, Nilson Andrade e Ariston Caldas que prestaram grandes serviços para o desenvolvimento e progresso de Itabuna, o jornalista Paulo Pinheiro que faleceu recentemente, teve logo seus feitos reconhecidos. Em Itabuna, está faltando sensibilidade cultural e cívica aos vereadores. Por falar em cultura, hoje é o Dia Internacional da Cultura! Quem lembrou?

Essa solicitação de mudança de nomes de ruas, para Telmo Padilha e Nilson Andrade, o Clube do Poeta Sul da Bahia encaminhou há muito tempo um documento reivindicatório da sociedade itabunense com mais de 150 assinaturas. Na época, o documento com várias assinaturas, inclusive, de autoridades do nosso município, foi entregue aos vereadores Luis Sena e Carlito do Sarinha.


O documento dava a sugestão, para que a Praça Alta dos Eucaliptos, Bairro da Conceição, passasse a se chamar “Praça Telmo Padilha” e a Praça, João Pessoa, no centro da cidade, “Praça Nilson Andrade”.

Agora essa dica está com os novos vereadores que ai estão. “Um povo sem história de seu passado, é um povo sem cultura, é um povo esquecido, e um povo morto de espírito”. Itabuna tem muitas ruas com seus nomes duplicados; São José, Senhor do Bonfim, São Sebastião, São João, São Pedro e outros que digam...

Nenhum comentário: